COXAnautas - Coritiba Eternamente

4

27/12, 21h15 | Arquibancada | Sergio Brandão

Sheik no Coxa?

O ex-atacante do Flamengo, Emerson Sheik, me deu hoje a dimensão exata do nosso tamanho. Nenhuma surpresa, apenas digamos que Sheik me confirmou o que já sei há muito tempo.

Num programa de tv, depois de uma partida destas de fim de ano, de confraternização, colocaram no ar uma entrevista gravada com o jogador. Sheik conversava com um repórter do Sportv, se lamentando da falta de sorte e de oportunidade, que segundo ele não teve no Flamengo este ano. Não foi um bom ano, mas garantiu na entrevista que está trabalhando para ter um 2017 bem melhor.

Em tom de despedida agradeceu ao Flamengo, à torcida pela acolhida, pediu desculpas por não ter correspondido à altura, e que estava indo embora para um time também grande. Foi a única informação que deu, apesar da insistência do repórter.

Dia 31 vence seu contrato com o Flamengo, sem chance de renovação, segundo o jogador. Principalmente porque já estava negociando com este outro clube grande, segundo ele, a sua nova casa em 2017.

Tudo bem, Sheik hoje já não é assim um sonho de consumo, mas convenhamos, para nós seria uma mão na roda.

Ato falho, me peguei - e sempre me pego – deixando escapar que bem que poderia ser o Coritiba o clube a ousar a trazer Sheik para vestir o manto sagrado. Meus olhos cresceram diante desta possibilidade, mesmo Sheik não sendo a grande estrela que já foi.

Imediatamente acordei do sonho quando ele disse que está indo para um clube que estava montando um time para papar títulos. Logo vi que nem de longe seria o Coritiba. Afinal, há anos nossos objetivos são outros. Sheik não atenderia um convite de Bacellar, para ajudar o time a ficar entre os 4 primeiros do Ruralzão, a não cair no brasileiro e na Copa do Brasil, vamos ver no que vai dar. Não seriam os belos olhos de Bacellar ou seu cartório qeu trariam Sheik para brigar pelo Coritiba.

Mais adiante, ainda ouvindo a entrevista, confesso que até me deu uma coisa ruim, porque a ficha caiu. é que ainda sonho sonhos que acabam virando pesadelo. Ainda me iludo que um dia terei um clube grande. Mas é o que me resta: sonhar.

O Coritiba não pode perder o DNA de time que sonha grande. Quando isso já não existir mais, aí a vaca terá ido para o brejo. Esta conversa de bi-brasileiro, com estes times, me lembra o ano passado quando um dos nossos dirigentes largou esta perola, “que o Coritiba tinha montado um time para brigar pelo título do brasileiro". Piada quando é coma gente, dói. Rir da própria desgraça não é assim tão divertido. Rimos para não chorar.

Outro dia encontrei um amigo que há algum tempo não via. Ele vestia a camisa número um do uniforme oficial. Elogiei e ele prontamente me respondeu: “estou usando para não esquecer para que time torço, porque no campo já faz muito tempo que não vou”. Estamos assim, já desmemoriados, fazendo força para não esquecer as cores, o estádio, o nome do time...

Emerson Sheik não vem, não. Nem ele nem ninguém. Bom seria, não é? Uns três ou quatro jogadores, quem sabe daqueles de fazer a gente achar que com estes caras sim, dá pra sonhar com algo mais ousado.

Sheik me alimentou por alguns segundos este sonho. Quando ele ainda falava que estava saindo do Flamengo e não podia revelar o nome do clube novo. Por alguns instantes, sonhei com um Coritiba de qualidade, daqueles de deixar a gente pensando em algo grande, daquele Coritiba que deixa a gente orgulhoso. Sonho daqueles de gente grande mesmo.

Pior que isso é a gente reclamar há muito tempo, das mesmas coisas e não ser sequer levado em conta. Ver as prateleiras dos melhores produtos sumir do mercado. O estoque vai acabando, e como em anos anteriores, ficaremos com a rapa do tacho. Com os desprezados, os recusados, os que ninguém quer. Estamos igual a prateleira de mercado de bairro, com produtos de quinta categoria: baratos, custa pouco, mas só enche a barriga e se ainda der um pouco de azar, arruma uma infecção intestinal.

Viver de sonhos não faz muito bem, não. Assim andamos nós, a cada começo de temporada ouvindo a mesma ladainha: o tal pagamento das dívidas, feitas pelas administrações anteriores que nunca terminam e impedem de comprar uma agulha.

O culpado é sempre do outro.

Debate

  • "O Coritiba NUNCA será o time do nosso imaginário; pelo menos enquanto durar este modelo gestor. Mauad, Malucelli, Jacob, Prosdócimo, Chico Araújo, GG, Vilson, Cirino e Bacellar mostraram que não tem nível e competência para ir além das fronteiras do estado. Alguns são empresários de sucesso, outros burocratas ou herdeiros; mas NENHUM deles dirigiu o Clube com pensamento grande. Faço um adendo a GG e Vilson; o primeiro por vender nossos jogadores direto para a Europa e não fazer escambo com o Palmeiras e o segundo pelo time razoável que montou. Convenhamos que mesmo assim é muito pouco. Se administrassem suas empresas assim como administraram o Clube estariam falidos."

    Luso J. | 30/12, 23h53

  • "Sérgio Sheik é uma piada.
    Iria estragar todo ambiente aqui no Couto Pereira.
    Para mim ex jogador.Já foi seu tempo."

    luiz p. | 30/12, 23h04 | Móvel

    • "Muito pessimismo aqui.
      O mercado não esta fácil pra nem um time Brasileiro.
      Quem o Vitória e o Sport Contrataram?
      Acho que mais 2 meias e mais im lateral estaremos bem servidos dentro da nossa realidade."

      luiz p. | 30/12, 23h07 | Móvel

    • "entre tantas piadas que temos visto nos últimos anos, acho que Sheik seria apenas uma pequena piada."

      Sérgio Brandão | 31/12, 09h15

    • "Bom é o Rildo e o Filiagrana! Kkkk"

      André K. | 31/12, 11h26 | Móvel

  • "Mais pobre que o nosso time só o site CXNs. Uma lástima!
    jcesar.coxa"

    Julio J. | 30/12, 19h13

    • "Não entendi a crítica, Jcesar???"

      Sérgio Brandão | 30/12, 21h05 | Móvel

    • "Estou lendo os mesmos artigos e noticias a muito tempo caro Sérgio e com isto nem as opiniões dos habitues aparecem. Ou é mesmo porque por parte do nosso Coritiba nada acontece? O que é mais provável. Desculpe-me se o atingi mas temos que reconhecer que assinou esta sua última coluna a apenas 3 dias. Desejo-lhe um muito feliz Ano Novo assim como aos colegas Coxas Brancas.
      jcesar.coxa"

      Julio J. | 30/12, 22h06

    • "Minha bronca mesmo é com o nosso amado CORITIBA que esta devagar quase parando. E acabamos extravagando nossas mágoas com quem não merece.
      jcesar.coxa"

      Julio J. | 30/12, 22h09

    • "Entendi... abraço. Um ano melhor para nós, meu caro! Eco meu desejo sincero."

      Sérgio Brandão | 31/12, 08h15 | Móvel

    • "Duro mesmo é ver o maior crítico dos "profetas do apolacalipse ",com todo esse pessimismo.
      É Júlio Cesar já vi vc nos piores momentos e vergonhas alvi-verdes criticar os críticos.
      O que aconteceu?
      Realmente Bacelar não é o presidente dos sonhos do coritiba,porém a responsabilidade financeira tem sido o seu forte e não vai abrir mão disso em troca de riscos que podem afundar mais a tão combalida finança coxa branca."

      luiz p. | 31/12, 13h28 | Móvel

    • "Estes críticos continuam os mesmos de sempre luiz p. e de fato, para mim criticar o CORITIBA e sua diretoria é porque a coisa enfeiou mesmo. O que me dá um alento é que todos os times brasileiros estão uma lástima, que com assessão da Chape que recebe ajuda do mundo inteiro "muitos irão se arrepender" não estão muito melhor que nós A diferenciação é feita pela mídia que teima em nos considerar clube pequeno. Os "profetas do apocalipse" continuam os mesmos e estão agora com tudo.
      jcesar.coxa"

      Julio J. | 31/12, 19h11

    • "É por aí Júlio.
      Os outros tines estão uma lástima e alguns carregados pela mídia parcial."

      luiz p. | 31/12, 19h22 | Móvel

  • "Esta diretoria arrecadou pouco nesta temporada encerrada. O rival fez o dobro. Alô, diretoria, acorda. Para de lamúrias por falta de dinheiro, e faça por merecer o dobro ou o triplo do que arrecadou neste ano de tanto decepção para a nossa torcida. Acorda, diretoria. Brandão e torcida, com a diretoria causando prejuízos financeiros a cada ano, e sem ousadia por melhoras, pouco podemos esperar. 2017 vai ser difícil, muito difícil. Enfrentemos, mas, é duro para esta torcida emocionada e dedicada."

    João B. | 30/12, 13h19

    • "quando a gente pensa que chegamos No fim do poço, eles arrumam novidades e mais incompetência para nos mostrar quero buraco é mais embaixo."

      Sérgio Brandão | 30/12, 21h07 | Móvel

  • "Hoje li a notícia que o meia Dátolo não vai acertar com o Atlético, seri ama boa para a meia cancha do nosso coxa."

    Eli P. | 28/12, 22h33

    • "Caro para os padrões "prateleira de mercado de bairro", imposto por nossos dirigentes."

      Sérgio Brandão | 28/12, 22h39 | Móvel

    • "Bom para compor o DM. Vive machucado! Melhor não embora ótimo jogador."

      Admir | 29/12, 06h27

    • "Sérgio, caro. Sheik, Dátolo, Messi, etc somam apena um nome. Nós temos que formar um elenco. Contratações como a do Iago deveriam ser a regra. Pagar R$250.0000,00 para Kazim é idiotice ou má fé. O Turco ganhou R$3.000.000,00 em um ano e agora vai para o Corinthians pela metade deste valor. Eu pergunto: O ano do Kazin valeu 1.500.000,00? No meu ponto de vista nem chegou perto. Vejamos a soma do que receberam Guilherme Parede, Kazim, Leandro, Ortega, Vinícius, Neto Berola, Bernardo, Edinho, Fábio Braga, Felipe Amorim, Gonzales, Ícaro, Kady, Ruy, Thiago Lopes, Carlinhos e Emerson Conceição. Quanto dinheiro jogado fora? 17 jogadores, a maioria ganhando mais do que Iago. Não tem como administrar uma empresa assim, só resta a ladainha de dívidas antigas como se a dívida que os atuais mandatários estão fazendo não entrasse no balanço."

      Luso J. | 31/12, 00h09

    • "A pixotada com o Veiga (que queria um contrato mais longo, mas os "olheiros" preferiram contrato curto demonstra que contratam sem a mínima noção (e aqui entra a tal sorte de que você falou) pois se o cara é craque já deveria ter sido contratado por um longo período. Ninguém no Departamento de Futebol viu que o moleque jogava muito? E se não achavam que jogava porque diabos contrataram?"

      Luso J. | 31/12, 00h16

  • Ver todos os comentários (68)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

O Blog

Sou jornalista há mais de 30 anos. A profissão e a condição de torcedor, me fizeram aprender a policiar posições quando escrevo para tv ou rádio. Isso me desenvolveu muito o lado crítico. Costumo dizer que futebol é uma coisa e esporte é outra, bem diferente. Basicamente porque o futebol se transformou num produto da mídia e envolve muito dinheiro. O esporte amador, não. Sem dinheiro ele apenas sobrevive. É o caminho que o vôlei começou a tomar, por exemplo, mas ainda passa longe de ser o sucesso que é o futebol. Gosto de escrever sobre os dois: esporte e futebol. Jornalismo é minha profissão, o Coritiba minha paixão. Será um prazer estar aqui com vocês falando sobre tudo isso.

O Autor

O Coritiba está na minha alma, muito mais até que no coração. Aprendi a gostar de futebol assim, de alma e também de coração. Sou do tempo do Belfort Duarte, hoje Couto Pereira. Isso foi no início dos anos 60. De lá nunca mais saí. Na década de 70, o Coritiba me conquista definitivamente, quando montou times inesquecíveis, várias vezes campeão. Período que passei a frequentar programas de rádio para tentar ficar o mais próximo que podia do futebol. Foi a época de Dirceu Graeser, no famoso"Viva o Futebol", na Rádio Clube, depois Rádio Cruzeiro. Foi o meu começo nos meios de comunicação. Vivo do jornalismo há mais de 30 anos, dedicados ao Rádio e principalmente televisão. Hoje sou muito mais da arquibancada. Sou mais torcedor e menos jornalista, principalmente quando o assunto é Coritiba.

Bolão

Melhores Sócios COXAnautas

21º Jackson M. Jeranoski 269 pts.
30º Disney U. 254 pts.
40º J. Mario 245 pts.
51º Rui Valente 232 pts.
200º VALCIR C. 21 pts.
222º Leopoldo J. 13 pts.
262º Antenor A. 7 pts.

Ver classificação completa

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2017 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet