COXAnautas - Coritiba Eternamente

5

14/12, 10h06 | Arquibancada | Sergio Brandão

Um novo time ou um novo estádio?

Diz um dos jornais da cidade, que a diretoria Coxa já protocolou na Prefeitura o pedido para “colocar abaixo o Couto Pereira”. Pelo menos esta é frase usada no jornal, como destaque da matéria.

Imagino eu que queira dizer : colocar o estádio abaixo para construir um novo?! Sim, só imagino porque não leio mais este jornal. Apenas passei o olho na manchete que me cai todos os dias na time line. É a diferença de um jornalismo preocupado com a informação e a imprensa marrom, dada a fofoca e criadora de polêmicas, com a única intenção de vender seu produto, aliás cada vez mais desprezível.

Mas não é sobre isso que quero falar. Prefiro me ater a questão que imaginei estava adormecida: a reconstrução do Couto Pereira, um problema mesmo criado pela atual administração, que achei tivesse caído em esquecimento ou deixado de lado momentaneamente por nossos dirigentes.

Se de fato seguem com esta história, acho que dois pontos cabem para análise: primeiro que sou a favor de uma reforma, mas contra um novo estádio. Não vejo necessidade de colocar abaixo o Couto. Uma boa reforma creio que resolve bem nossos problemas de acomodação.

Conheço bem as opiniões sobre um novo estádio e até entendo quase todas elas, mas não vejo esta necessidade. Acho que o Couto, bem pensado, por arquitetos sérios, pode ganhar um charme ainda maior e ficar bem atrativo a todos nós e render alguns trocados ao clube. Mas também não quero entrar neste mérito, já bastante discutido aqui. Conheço a opinião de quase todos e respeito suas posições.

Só acho que o momento não é oportuno, mais uma vez. Levantam esta questão porque se até agora não marcaram uma administração “MAIOR”, como prometeram, em ano de eleição precisam marcar com algo, como fez Vilsão com o setor Pro-Tork, em final de mandato.

Nesta conversa de novo estádio, vejo muito mais a mão de Alceni Guerra do que de Bacellar. Decisão política, de anos rodados em Brasília. Estratégia para ganhar destaque e tirar a atenção para o que de fato interessa.

Colocar em questão um novo estádio, justo agora, quando a prioridade é a montagem de um novo time para uma nova temporada, é decisão visivelmente política, mas extremamente equivocada, na minha opinião.


Entre os poucos sócios que restam, (logo teremos menos ainda), se fizerem uma pesquisa, sei que prevalecerá a ideia da montagem de um time vencedor, como prioridade. Uma pesquisa entre toda a torcida, acho que seria o mínimo que deveriam fazer. Um sinal de respeito que ainda não tiveram. Olham para sócios e torcedores, apenas com a única intenção de arrancar dinheiro, oferecendo planos mirabolantes de sócios, sem a contrapartida de um time respeitável.

Debate

  • "E as dispensas, a listona, nada ainda?"

    Admir | 20/12, 07h42

    • "Rapaz, isso tem me angustiado.Este Silêncio me indica um anos igual aos anteriores."

      Sérgio Brandão | 20/12, 08h03

    • "A falta de transparência me incomoda muito. No clube, fofocas vazam a toda hora e posições oficiais sempre são envoltas numa névoa de incerteza... Não temos lista de dispensa. Os jogadores em fim de contrato sequer foram procurados pela diretoria pra renovar/dispensar. Pra que adiar isso? É uma deslealdade com os atletas e com a torcida! Tudo bem o mistério sobre futuras contratações, me parece que os negócios são feitos assim mesmo pra não despertar a concorrência de outros clubes com mais "café no bule". Mas é de cansar este silêncio..."

      Thiago G. | 20/12, 09h15

  • "O dinheiro para montar um time não seria o mesmo para fazer um estádio. São situações diferentes, deptos diferentes. Para construção pode ser feita parceria com construtoras (a base de troca por exemplo) ou outros tipos de sócios/empreendedores conforme o que o projeto peça: área de entretenimento, shows, hotel ou shopping. Que tem que ser feito um novo estádio não há dúvidas."

    Paulo Henrique | 19/12, 12h33

    • "Sei disso, não há dúvidas quanto a origem de dinheiro, financiamento etc. Eu manteria o Couto assim, com algumas melhorias, mas quero time para torcer. Que mudem o foco, que montem um time que nos orgulhe. Com estádio novo ou velho, mas não dá pra esquecer que somos um clube de futebol."

      Sérgio Brandão | 19/12, 14h06 | Móvel

  • "Sou do tipo que desiste fácil. Se a maioria prefere continuar andando de fiat 147 então foda-se, me retiro."

    A. dal Pozzo | 18/12, 14h00

    • "Infelizmente o povo prefere viver na antiguidade , sem conforto e o kcte a 4 , mas "eu" digo e repito estádio novo pra ontem (60+ mil lugares de preferencia) e etc. Eu nos meus 30 anos já não quero saber de estádio velho e sem conforto ( nada contra o atual couto) mas o futuro é disso pra cima arenas modernas , confortaveis , nao pegar chuva e etc etc. SAV"

      Guilherme C. | 19/12, 13h24

    • "Prefiro um time de futebol pra torcer. Show assisto em outros lugares. Gosto do Couto, velho, cheirando naftalina... com alflgumas melhorias estará de bom tamanho."

      Sérgio Brandão | 19/12, 14h08 | Móvel

    • "Sérgio, para mim não se trata de conforto. Trata-se de sentir evolução no clube e isso aliado a bons times, angariam torcedores. Caso contrário passaremos o resto de nossas vidas torcendo pelo insucesso do rival, que em 15 anos deu a seta pra esquerda e passou de passagem."

      A. dal Pozzo | 19/12, 16h32

    • "Tirou as palavras da minha boca anderson , o coritiba não evoluiu nada em questao de marca nas ultimas 2 decadas + - , tá na hora de fazer um estádio novo , times melhores e etc"

      Guilherme C. | 19/12, 16h52

    • "É não vai evoluir. Nãos será um estádio novo que vai melhorar tudo. Se o problema é evolução, então precisamos discutir um problema bem maior: gestão, reforma estatutária, banir de lá um bando do encostados que estão no Coritiba só para sugar do clube."

      Sérgio Brandão | 19/12, 23h58 | Móvel

    • "Parte da evolução passa por ai Sergio... limpa geral nos sanguessugas que montaram residência no Alto da Glória. Talvez esse seja o passo principal pra evolução, mas é inegável que uma casa nova é uma fatia desse bolo. Temos inúmeros exemplos começando pelo vizinho (que melhorou muito seu desempenho após investimentos em infra estrutura) até a Juve que ganhou 5 títulos consecutivos após a reinauguração em 2011 do Juventus Stadium. São Paulo, Palmeiras, praticamente todos os grandes clubes ingleses tem estádios modernos... Olha o estádio do Leicester que estava na terceira divisão há 8 anos.

      Eu ainda acho que 20% dos dirigentes que estão lá tem competência, o problema é os outros 80%..."

      A. dal Pozzo | 20/12, 08h33

    • "E Guilherme, meu nome não é Anderson rsrsrs..."

      A. dal Pozzo | 20/12, 11h14

    • "sorry askeopeksopesa :D"

      Guilherme C. | 20/12, 14h05

  • "Vejo como exemplo o do Internacional com um estádio de primeira e flamengo sem estádio, tiveram destino extremamente opostos no campeonato 2016. Minha opinião: o Couto é show, futebol é bola na rede e estádio não ganha jogo, mas efeito casa sim e nossa casa é o Couto. Tem que ter time e boa administração. Com um novo estádio, por melhor que seja, e sem gestão cai, cai mesmo..."

    Homero J. | 17/12, 11h37

  • "Voltei porque acabei de ler e vale a pena copiar e colar!

    Guilherme Maniaudet escreveu:

    As atuações do volante João Paulo em 2016 deixaram alguns clubes brasileiros interessados em sua contratação - alguns já sondando inclusive. O Coritiba corre para assegurar a permanência do jogador.
    Ele se encaixaria bem no seu time?

    Deus meu nos ajude que os interessados apareçam antes do Natal!!!"

    Admir | 16/12, 18h37

    • "me lembra o Aquino que foi vendido ao Botafogo e quando chegou, devolveram"

      Tiago C. | 17/12, 00h12

  • Ver todos os comentários (137)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

O Blog

Sou jornalista há mais de 30 anos. A profissão e a condição de torcedor, me fizeram aprender a policiar posições quando escrevo para tv ou rádio. Isso me desenvolveu muito o lado crítico. Costumo dizer que futebol é uma coisa e esporte é outra, bem diferente. Basicamente porque o futebol se transformou num produto da mídia e envolve muito dinheiro. O esporte amador, não. Sem dinheiro ele apenas sobrevive. É o caminho que o vôlei começou a tomar, por exemplo, mas ainda passa longe de ser o sucesso que é o futebol. Gosto de escrever sobre os dois: esporte e futebol. Jornalismo é minha profissão, o Coritiba minha paixão. Será um prazer estar aqui com vocês falando sobre tudo isso.

O Autor

O Coritiba está na minha alma, muito mais até que no coração. Aprendi a gostar de futebol assim, de alma e também de coração. Sou do tempo do Belfort Duarte, hoje Couto Pereira. Isso foi no início dos anos 60. De lá nunca mais saí. Na década de 70, o Coritiba me conquista definitivamente, quando montou times inesquecíveis, várias vezes campeão. Período que passei a frequentar programas de rádio para tentar ficar o mais próximo que podia do futebol. Foi a época de Dirceu Graeser, no famoso"Viva o Futebol", na Rádio Clube, depois Rádio Cruzeiro. Foi o meu começo nos meios de comunicação. Vivo do jornalismo há mais de 30 anos, dedicados ao Rádio e principalmente televisão. Hoje sou muito mais da arquibancada. Sou mais torcedor e menos jornalista, principalmente quando o assunto é Coritiba.

Bolão

Melhores Sócios COXAnautas

21º Jackson M. Jeranoski 269 pts.
30º Disney U. 254 pts.
40º J. Mario 245 pts.
51º Rui Valente 232 pts.
200º VALCIR C. 21 pts.
222º Leopoldo J. 13 pts.
262º Antenor A. 7 pts.

Ver classificação completa

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2017 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet