COXAnautas - Coritiba Eternamente

5

22/10, 21h56 | Coração Verde e Branco | João Luiz Albuquerque

O Coritiba e o Videogame (Tem Coxa Branca no e-Brasileirão)

Hoje peço licença ao amigo leitor que acompanha meu espaço aqui no COXAnautas para tratarmos de um assunto um pouquinho diferente, o mundo dos games.

Antigamente tido apenas como brincadeira de criança, virou diversão de adultos e hoje tem se tornado coisa séria, pagando altos prêmios e atraindo milhares de expectadores. Somente como exemplo, a última final do Campeonato Brasileiro de LoL (League of Legends) levou 10 mil expectadores ao Ginásio do Ibirapuera, tendo sido ainda transmitida para 22 salas de cinema espalhadas no Brasil e atingido mais de 1 milhão expectadores via canais de youtube e transmissões ao vivo.

Os games de futebol sempre estiveram entre os preferidos dos adeptos dos consoles, e de olho nesta tendência, a CBF (CBFDV – Confederação Brasileira de Futebol Virtual e Digital) organizará em 2017 o primeiro Campeonato Brasileiro de Futebol Virtual. Neste campeonato será jogado o Pro Evolutiion Soccer 2017 e serão os competidores poderão escolher apenas os times do Campeonato Brasileiro, sendo admitidos 1000 inscrições por equipe.

O Coritiba no E-Brasileirão 2017
Para definir qual competidor defenderá nosso amado Coxa contra as outras equipes, serão realizadas etapas eliminatórias on-line onde se definirão os 8 finalistas de cada equipe, estes disputarão um lugar entre os 20 finalistas em um evento a ser realizado no Couto Pereira em um dia de jogo. Quem vencer defenderá nossa bandeira na sede da CBF, onde será disputada a grande final contra os outros 19 times.

Um dos competidores que jogará de controle Verde e Branco se chama Bruno Santos.
Campeão do Campeonato Capixaba por equipes, representando o estado de São Paulo em 2016;
Terceiro colocado no Campeonato paranaense 2016;
Campeão da seletiva para o campeonato brasileiro 2016;
Campeão do Evento Internacional da PES League, valido para o mundo inteiro e valendo uma camiseta autografada pelo Neymar
Campeão da Seletiva para o evento UEFA EURO 2016 PES League, onde foram para o evento final os 8 melhores da América do Sul.

Bruno Santos, tirou um pouquinho do seu tempo de treino para conversar conosco, falar sobre o momento do futebol digital e sobre a responsabilidade de defender o Coritiba na competição.

Bruno, como você entrou no mundo do futebol virtual?
Na verdade sempre gostei de jogar, jogo desde pequeno, na época do console Playstation 2. Joguei mais durante a minha infância, mas fiquei um bom tempo sem jogar devido aos estudos e após isso comecei a trabalhar, então não tive muito tempo para este tipo de diversão.
Voltei a jogar devido ao desemprego, como sempre gostei de jogar e acabei tendo um pouco mais de tempo, comecei a brincar e a jogar on-line. Com isso alguns jogadores que eu enfrentava me chamaram para participar de campeonatos, e assim fui conhecendo a galera que atuava mais profissionalmente, comecei a treinar com eles e fui evoluindo aos poucos para disputar campeonatos de maiores dimensões. Inclusive através do PES fiz muitos amigos pelo Brasil inteiro que até hoje tenho contato, então estou muito feliz de ter conhecido e ter entrado nesse meio do futebol virtual.

A quanto tempo você compete?
Estou competindo desde 2015. Comecei em campeonatos on-line e hoje em dia participo mais de campeonatos presenciais.

Como funciona a rotina de treinos?
Como citei anteriormente tenho diversos amigos que também jogam profissionalmente. Alguns são considerados os melhores do Brasil e até do mundo. Então jogo bastante com eles, disputo rachões e campeonatos para treino sempre que possível. Jogo aproximadamente 4 horas por dia, as vezes jogo um pouco mais, em outras ocasiões nem consigo jogar, depende do dia, mas na média é de 4 horas por dia.

Você vai jogar com o Coritiba e se tudo der certo vai ser o Coxa na final, como isso fica na tua cabeça, existe uma pressão diferente?
Sim, existe uma pressão muito grande. A partir o momento que surgiu a possibilidade de representar um time no e-brasileirão fiquei muito empolgado e ao mesmo tempo nervoso, porque seria um sonho representar o Coritiba que é e sempre será meu time de coração em qualquer que seja a ocasião. Comecei já a intensificar os treinamentos, apesar de ser uma grande responsabilidade estou bastante focado, e espero sim poder representar o Coxa não só nesse campeonato, mas quem sabe futuramente em outras oportunidades.

Como você enxerga o atual momento dos games, esse crescimento e perspectiva de profissionalização?
Estou bastante confiante no crescimento do mundo dos games no momento, creio que as portas estão se abrindo cada vez mais e como já está acontecendo com alguns jogos espero que venha a profissionalização para o futebol virtual também. Se a realização do e-brasileirão realmente se funcionar creio que será um grande passo para todos nós que amamos jogar o PES. Poder representar profissionalmente um time de futebol realmente seria um sonho e é o que nós jogadores sempre buscamos e sonhamos que um dia isso seria possível.

Qual a maior dificuldade neste meio?
Nós jogadores temos bastante dificuldade devido a falta de patrocínio. Muitas vezes existem diversos campeonatos dentro ou até fora do nosso estado, mas muitas vezes nem todos podem ir competir. Temos que tirar do nosso bolso ou até mesmo pedir ajuda para nossos amigos ou familiares. Foi o que aconteceu recentemente comigo para a disputa do Campeonato Brasileiro 2016, mas graças a Deus diversas pessoas me ajudaram e consegui ir para Brasília para a disputa do campeonato. E com isso também acabam, diminuindo as premiações dos campeonatos devido a falta de participantes, pois como disse muitos não conseguem ir disputar. Mas creio que com o e-brasileirão as portas vão se abrir, para esse ano já existem diversos projetos e campeonatos com grandes premiações e acredito que daqui pra frente as coisas só tendem a melhorar.

Você tem alguma curiosidade para dividir com o pessoal?
Uma experiência muito especial que tive foi participar do Campeonato Brasileiro de Futebol Digital 2016, onde participam os melhores jogadores de todos os estados do Brasil. A atmosfera do campeonato foi incrível, reencontrei e conheci diversos jogadores pessoalmente. O torneio foi bem disputado, realmente um clima bem amigável onde todos os jogadores se respeitaram, mas claro que na hora da torcida todos torceram por jogadores do seu estado ou se aliavam a outro estado conforme outros jogadores iam sendo eliminados. Então foi muito bacana e espero participar dos próximos campeonatos brasileiros representando o Coritiba.

Pergunta inevitável: e com a bola nos pés, você também manda bem ou teu negócio é só vídeo-game?
Sempre joguei futebol , inclusive quando tinha 13 anos e morava em Curitiba tive a oportunidade de fazer alguns testes para a disputa do Campeonato Paranaense Sub-15, mas acabei me mudando para Mogi das Cruzes e não participei mais de nenhum teste, mas sempre jogo com os amigos.

Última pergunta: no videogame Fluminense, Flamengo e Corinthians também usam o esquema tático de dois bandeiras abertos e um árbitro pelo meio?
(Risos), não, pelo menos no videogame a arbitragem é justa.

Agradecemos ao Bruno pelo tempo e deixamos abaixo os contatos dele caso alguém queira entrar em contato e quem sabe patrocinar esse Coxa Branca que está detonando no futebol virtual.
e-mail: brunobruno1703@hotmail.com
Fone: 11 99660-2455
PSN ID: Brunochurras

O Coração Verde e Branco deseja muita sorte ao Coxa Branca Bruno Santos e irá informar tão logo seja possível, quanto aos meios para assistir as partidas do e-brasileirão, fiquem ligados.

Saudações Sempre Alviverdes

Debate

  • "Uau!"

    João B. | 23/10, 10h53

  • "Bom dia
    Parabéns pela coluna e entrevista
    Realmente um assunto um pouquinho diferente mas q está atualmente sendo muito falado ..... sorte a todos q representarão nosso Verdao"

    Felipe C. Martinez | 23/10, 08h29 | Móvel

  • "Nunca fui muito fã de video game, mas onde tiver um Coxa Branca representando nosso Verdão, estarei torcendo.. Afinal, somos Coxas até em partida de bolinha de gude.."

    Fábio F. | 22/10, 23h47

  • Ver todos os comentários (3)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

O Blog

O foco deste blog será o de oferecer ao leitor um espaço para discussão de temas, alegres, saudosistas e polêmicos. Uma conversa entre amigos, um papo por vezes descontraido e em outras incisivo, mas sempre apaixonado e com o mesmo tema, o amado Coritiba Foot Ball Club.

O Autor

Curitibano radicado em Santos, João Luiz é também conhecido por seus amigos como Johnny Coxa ou simplesmente Coxa. Começou a frequentar o Couto Pereira aos 6 anos de idade, na época levado pelo pai, e não parou mais, atualmente procura sempre carregar a família e amigos para o Alto da Glória.

Bolão

Melhores Sócios COXAnautas

21º Jackson M. Jeranoski 269 pts.
30º Disney U. 254 pts.
40º J. Mario 245 pts.
51º Rui Valente 232 pts.
200º VALCIR C. 21 pts.
222º Leopoldo J. 13 pts.
262º Antenor A. 7 pts.

Ver classificação completa

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2017 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet