COXAnautas - Coritiba Eternamente

9

14/02, 17h19 | Falando de Bola | Ricardo Honório Alves

Maior gasto, menor qualidade!

Alguns jogos disputados e fica perceptível a olhos nus que a grande dificuldade do Coritiba neste início de temporada é a falta de meias qualificados para armar a equipe.

Os meias disponíveis atualmente como Ruy, Tiago Real, Yan Sasse, Thiago Lopes e Kady não convenceram a torcida, muito menos o treinador que podem ser a solução para a grande carência Alviverde no momento.

Dos nomes citados acima apenas Kady ainda não recebeu uma chance, mas se com toda carência aparente em sua posição e mesmo assim não conseguiu ser escalado em algum jogo, é porque pouco tem mostrado nos treinamentos.

Para nós torcedores fica fácil cobrar a presença de um jogador no time titular apenas por ser formado dentro de casa, mas quem está no dia a dia com o atleta sabe quem está rendendo nos treinamentos ou não.

A falta de um meia qualificado tem feito o técnico Carpegiani mexer na estrutura tática da equipe. Em alguns jogos, o treinador opta por fazer substituições que fazem o time jogar com quatro atacantes, sendo dois abertos pelos lados, um mais dentro da área e um mais recuado, como é o caso de Kleber, que tem saído mais da área para que Henrique Almeida possa jogar mais dentro dela.

Mas quando Carpegiani faz isso, aparece o tão famoso "buraco" na meia cancha.

Enfrentar os times fracos do interior paranaense com esta forma de jogar é uma coisa, mas contra adversários mais fortes, a tendência é o Coritiba encontrar muitas dificuldades quando jogar assim.

E essa carência na meia-cancha tem sido difícil de ser sanada, principalmente pela dificuldade de se encontrar bons jogadores no mercado brasileiro atualmente para esta posição.

Em 2016, o Coritiba tinha Bernardo, Cesar Gonzalez e Juan que faziam a função de articulação no meio. O primeiro pouco mostrou, e o clube não se interessou em sua permanência. O venezuelano que chegou com status de grande jogador, passou mais tempo no Departamento Médico, mas nas vezes em que atuou, mostrou qualidades. Pela dificuldade em contratar um bom meia, o clube deveria ter feito um esforço maior para manter este atleta, que fazendo uma boa pré-temporada teria boas chances de fazer um grande ano. Em relação a Juan, várias divergências de opinião, mas ao que parece a sua forte personalidade e a dificuldade em aceitar a reserva, levaram o clube a não renovar com ele.

Dos três nomes acima, realmente Cesar Gonzalez poderia ter permanecido. Seria um jogador extremamente útil para esta temporada.

Agora, sem nenhum meia de qualidade, o Coritiba parte desesperado em busca de jogadores que possam chegar e vestir a camisa de titular.

Os mais dois novos nomes da vez são o do meia Anderson, do Internacional, e do colombiano Cárdenas, do Vitória.

O primeiro é uma incógnita. Tem qualidade técnica, tem arranque, bom controle de bola, mas pouco quis com o futebol nas últimas temporadas. Para um jogador que ainda não completou 30 anos, a impressão que se tem é que "largou o futebol". A sua última temporada no Inter mostra isso.

Se ainda tem interesse em mostrar alguma coisa, uma possível vinda para o Coritiba seria muito interessante para o atleta. Hoje, seria titular absoluto da equipe, jogando na posição em que gosta de atuar, como meia mais avançado.

Cárdenas é outro bom jogador e pode ser uma excelente opção. Teve grandes atuações pelo Atlético Nacional, passou sem brilho pelo Atlético Mineiro, voltou ao time colombiano e fez parte do grupo que foi campeão da Libertadores em 2016. No mesmo ano o jogador foi emprestado até o final de 2017 para o Vitória. Porém, com as contratações de Dátolo, Gabriel Xavier, Cleiton Xavier e Pisculichi, o meia perdeu espaço e não faz parte dos planos do técnico Argel.

Com características de armador e boa movimentação, o meia teria boas chances de recuperar o seu bom futebol na equipe Alviverde, assim como Anderson. O problema do meia que está atualmente no Internacional, não é mais só técnico, mas sim vontade de jogar futebol e se manter disciplinado.

Mas alheio a possível chegada destes dois jogadores, o mais difícil é entender como é feita uma avaliação de elenco, jogadores e posição no Coritiba, quando se abre mão de um atleta que poderia ser importante, sem ter uma reposição em seu lugar.

E aí isso gera uma corrida desenfreada ao mercado inflacionado de jogadores na busca por uma posição que se mostra carente no elenco. Com isso, gasta-se mais por menor qualidade.

Saudações Alviverdes
Ricardo Honório

Debate

  • "Esses dois jogam no coxa facil...obvio q o alto salario e comportamento e um complicador , no entanto tecnicamente sao jogadores na media dos melhores meias existentes atualmente no Brasil. Anderson nao teve regularidade no Inter mas em varias ocasioes teve grandes atuacoes. Contra o galo na copa do Brasil onde os gauchos levaram um time alternativo , ele foi dispardo o melhor em Campo. O Cardenas tambem ja mostrou que rem qualidade indiscutivel , sendo assim concordo com a vinda de ambos. Certamente o coxa vai ter acrescimo tecnico muito acima do que se apresenta hoje."

    Paulo J. | 15/02, 13h43 | Móvel

  • "A diretoria dispensou e/ou vendeu: Leandro, Juan, Rafael Veiga, Gonzales, Nery Bareiro, Lucas Claro, Benitez, Bernardo, e mais algum que esqueci. O Bareiro arrumou a defesa do Coritiba no segundo turno do Brasileirão do ano passado. Arrumou porque o meio da defesa era uma avenida. A administração liberou mais de meio time. Com o Kleber, era tudo que tínhamos. Ficou somente o Kleber e mais o Carpegiani. No segundo turno do brasileirão passado, este grupo, quando jogou a partida, conseguiu uma eficiência de quase cinquenta por cento no turno, em dissonância com o desastroso primeiro turno do brasileirão. E este é o ponto. O grupo, aos poucos, foi reunido diante da iminência da queda para a segunda divisão. E mesmo sendo reunido aos poucos, conseguiram reverter a vergonhosa campanha que estava projetada diante dos repetidos e continuados insucessos. Este grupo precisava reforços pontuais. Porém, a diretoria optou por vendê-los ou dispensá-los. O fato é um só. A administração liberou o time titular do Coritiba, desmontando totalmente a estrutura. Agora, os gestores começaram tudo de novo e estão tentando achar os jogadores para as posições. As perdas do Bareiro e da alternativa Lucas Claro estão sendo sentidas e o serão muito mais à medida que os adversários sejam cada vez mais qualificados. Os nossos meias foram vendidos ou liberados, e todos fazem falta. As nossas laterais continuam com deficiências. Enfim, o grupo perdeu muito de sua unidade. Agora, é reconstruir. Não consigo entender a administração diante de sua atual gestão. Afinal, desmontaram o grupo e, aparentemente, não tinham valores de reposição para manter a mesma média de eficiência, e muito menos, valores superiores para dar um upgrade na eficiência do elenco. Simplesmente, os gestores desmontaram sem quaisquer idéias dos novos nomes que assumiriam os lugares do grupo que atingiu quase cinquenta por cento de aproveitamento no segundo turno do brasileirão passado. E só ficaram no quase cinquenta por cento de eficiência, porque, nas duas últimas rodadas, o Coritiba não existiu, fato muito estranho, sendo derrotado de forma constrangedora em ambas as oportunidades. E, por último, os gestores de plantão referem tratativas com grandes estrelas do futebol. Sem dúvida, é impossível, como leigo e torcedor que sou, entender a lógica da administração. As contratações, todas de reposição pelo menos, são de urgência urgentíssima a partir de agora. Afinal, estamos em meados de fevereiro, e março já anuncia a sua presença. E o brasileirão já está aí. Mesmo assim, este torcedor está aqui atônito com tudo que lê ou escuta a respeito do Coritiba. Diretoria, diretoria, vai, com jeito vai, senão um dia a casa cai ..."

    João B. | 15/02, 10h57

  • "Acho que o Juan poderia ficar sim. Fez várias assistências ano passado e gols. Inclusive jogando de lateral, ele organizava o time melhor do que os que estão aqui. Gonzalez merecia ficar também. Quando o cara é bom de bola, a gente vê no domínio da bola, no passe. Desde o primeiro jogo, ele sempre demonstrou isso. Muita qualidade. Com relação ao Cardenas e o Anderson, são mais duas apostas. Como tudo que temos aqui."

    Eduardo T. | 15/02, 10h55

  • "Pois é. O Bernardo não vingou, paciência. O Juan de fato causava problemas de relacionamento. Já o Gonzalez, concordo plenamente. Valia uma nova tentativa. Jogador lúcido e que chamava a bronca na hora necessária. Aquele gol de falta contra o Atletico Nacional não é qualquer um que faria. Com uma boa pré temporada poderia ser um meia para revezamento de elenco, pois pela idade avançada não daria conta de jogar sempre.

    Porém Anderson e Cardenas não concordo, independente de salários. Até poderiam ser boas contratações em outros tempos, analisando uma qualificação de um elenco que já estivesse devidamente montado. Mesmo que o Ruy e o Tiago Real fossem craques de bola, ainda precisaríamos de mais uns dois meias, pelo menos. Com estes dois não rendendo o esperado, a carência se agrava. Simplesmente não temos UM meia armador em condições, como você bem descreveu. E num cenário desses não adianta trazer "meias versáteis", "volantes modernos". Tem que trazer um dono da posição. E o que vão fazer é jogar nas costas do Daniel. Aí o cara vem sozinho, não dá conta do recado e a torcida vai moer o cara antes da hora."

    Marco S. | 15/02, 09h24

  • "Penso que o Cardenas e o Daniel resolvem. O Anderson se vier é encrenca certa. Se emprestarem a dupla Rui&Real fica melhor ainda. Quanto ao Yan precisamos ter mais paciência. É um garoto e tem potencial. Quem é bom por aqui na posição dele? Sozinho nem o Messi."

    Admir | 15/02, 07h43

    • "Boa Admir!"

      A. dal P. M. | 15/02, 10h06

  • Ver todos os comentários (31)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

O Blog

O Blog "Falando de Bola" é comandado pelo estudioso do futebol Ricardo Honório, e visa abordar tudo que envolve o mundo da bola, focando, claro, no Coritiba. Adversários, tendências do futebol atual, táticas, mercado da bola, futebol internacional e tudo que estiver ligado ao tema você encontrará nesse espaço, que tem o objetivo de ser uma verdadeira "arquibancada virtual", onde o assunto é sempre ela: a bola.

O Autor

Ricardo Alexandre Honório Alves, mais conhecido como Ricardo Honório, 40 anos, funcionário público federal. Coxa-Branca desde 1975, tem como maior ídolo o craque Tostão, maior jogador que viu jogar com a camisa Coxa. Louco por futebol desde criança, tinha como hobby colecionar figurinhas e a Revista Placar, além da leitura diária de jornais esportivos. Com isso desenvolveu o gosto por acompanhar tudo que envolvia futebol e não apenas o Coritiba, o que o tornou Colunista do COXAnautas desde 2005, convidado pelo amigo Luiz Betenheuser, sendo o responsável pelas informações não só do Coritiba, como principalmente dos adversários do Verdão.

Bolão

Melhores Colocados

Mariana T. 47 pts.
Valdir T. 44 pts.
Leandro R. 41 pts.
Selma R. 40 pts.
Sergio Garcia dos Martires 39 pts.
P. Stonoga 39 pts.
Andre T. 38 pts.
Rubens J. 38 pts.
VALCIR CAMARGO 37 pts.
10º Luiz Alberto Bulgarelli Girão 36 pts.
11º vanessa n. 35 pts.
douglas n. 35 pts.
Maria N. 35 pts.
Simone N. 35 pts.
Suzana F. 35 pts.
Amos S. 35 pts.
Valdir 35 pts.
Diogo N. 35 pts.
Daniel N. 35 pts.
20º nancy m. 34 pts.
21º Rossano Kohut H. 34 pts.
Marcela S. 34 pts.
23º Vitor Guedes 33 pts.
24º Alysson Delalibera 33 pts.
25º Walter Carvalho 33 pts.
26º CARLOS B. 32 pts.
27º Edil Macedo dos Santos 32 pts.
28º Adailton S. 31 pts.
29º R. BAHR 31 pts.
30º Rui Valente 30 pts.
31º adonias rosa 28 pts.
32º v. j. cruchelski 28 pts.
33º neusa m. 27 pts.
34º Adriano B. 26 pts.
35º J. Gabardo 26 pts.
36º Paulo Silva 25 pts.
37º Persio F. 24 pts.
Neusa M. 24 pts.
39º Denilson M. 23 pts.
40º Renan Lourenço 23 pts.
41º cleverson k. 23 pts.
42º Gerson Lima 23 pts.
Maicon André Mariano 23 pts.
Maria Luiza K. 23 pts.
45º Ido M. F. 23 pts.
46º Luiz Rodriguez 22 pts.
Wagner Cancela 22 pts.
48º Cristian C. 22 pts.
Fábio Silva 22 pts.
ido n. 22 pts.
Vicente G. 22 pts.
52º Antonio Alvaredo Filho 21 pts.
Admir 21 pts.
54º L. Comeli 21 pts.
55º ANTONIO W. SILVA 19 pts.
56º J. Mario 19 pts.
Joilson S. 19 pts.
Sinevaldo 19 pts.
Vera M. 19 pts.
60º Bruno H. 17 pts.
61º guilherme panini 15 pts.
Luis Henrique R. 15 pts.
63º Andreo S. 14 pts.
64º Ademir Carlos p. 14 pts.
65º Silvio G. 12 pts.
Fabio F. 12 pts.
67º Marlon R. 12 pts.
Ricardo Moro 12 pts.
L. J. Pianaro 12 pts.
70º Jair F. 12 pts.
71º Wagner W. 11 pts.
72º Antonio B. 10 pts.
73º Marcelo Carneiro 10 pts.
74º Bruno Velasques 9 pts.
Alessandro K. 9 pts.
76º Carlos A. B. G. 8 pts.
77º Thiago G. 8 pts.
Marlon Souza 8 pts.
79º R. Lucas 7 pts.
80º Sandro F. 7 pts.
antonio marcos 7 pts.
O. Yossafat 7 pts.
Carlos H. Pereira 7 pts.
84º Marcelo S. 7 pts.
85º everton o. 6 pts.
86º Ricardo Guiraud 6 pts.
B. Barbosa 6 pts.
88º Adriano S. 5 pts.
Leonardo S. 5 pts.
Willian Stival 5 pts.
Marcelo Vrena 5 pts.
92º Cicero G. 5 pts.
Jackson Nogueira 5 pts.
94º Joao F. 4 pts.
Luiz K. 4 pts.
96º Antonio B. 4 pts.
andre junior 4 pts.
Rômulo S. 4 pts.
99º R. L. Zanetti 3 pts.
valdeci s. 3 pts.
Eduardo Discher 3 pts.
Luiz Franco 3 pts.
103º Marco s. 3 pts.
José S. 3 pts.
Marlon Marlon 3 pts.
Daniel G. 3 pts.
Sanderson S. 3 pts.
Nelson P. 3 pts.
Alexander M. 3 pts.
Jackson Haverroth 3 pts.
111º Rafael B. M. 2 pts.
Antonio W. Silva 2 pts.
113º Carlos M. 1 pts.
Sandro S. 1 pts.
rafael rafael 1 pts.
Rosi S. 1 pts.
Allana O. 1 pts.
119º Gilberto J. 0 pts.

Ver classificação completa

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2017 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet