Fazer Login | Cadastrar-se | Entre em Contato

COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba

Por trás da Notícia

A verdade é que a FPF tem que acabar


08/03/2013 14h42
Leonardo Lovo


Uma das cenas mais marcantes do filme Tropa de Elite 2, na minha opinião, é aquela em que o Tenente Coronel Nascimento vai ao plenário da Assembleia Legislativa do RJ e, mesmo sendo membro da Polícia Militar, declara que "a verdade é que a PM do Rio tem que acabar" (aos 39' acima).

Sempre que eu penso no futebol local lembro-me dessa cena, só que com o Wagner Moura falando a verdade é que a FPF tem que acabar. Aliás, talvez todas as federações tenham (só no Brasil elas existem) mas a do Paraná, em especial, certamente se encontra entre as mais medíocres e inaptas associações do futebol mundial.

O estadual do Paraná é uma piada pronta. Tão mal organizado e fraco tecnicamente que um de seus principais disputantes o abandonou por completo, enquanto seu maior vencedor se dá ao luxo de usá-lo para experiências. E mesmo assim perdeu apenas dois dos últimos 77 jogos.

Recentemente a Pluri Consultoria divulgou que nos últimos três anos 80 clubes pequenos encerraram suas atividades, destino quase certo de Arapongas e Cianorte no âmbito local. Que atrativo existe para a torcida e o time Coxa-Branca em uma competição repleta de clubes amadores prestes a fecharem? Ou jogando contra o Sub-23 do rival?

Há ainda a ilusão (e risco) de o time vencer o estadual com facilidade e achar que está preparado para o Brasileiro, porém chegar nas últimas rodadas dele precisando de resultados para não cair, como foi em 2012.

Por esses e muitos outros fatores não há mais sentido em manter essa estrutura coronelista, que sustenta uma federação corrupta e falida, cuja estrutura física, organizacional e institucional parou no tempo e se afunda em dívidas (financeiras e morais). Aliás, nem os pequenos estão satisfeitos e também reclamam da FPF.

Gostei do posicionamento recente do presidente do Coritiba, que defende a volta da Copa Sul. Afinal, um elenco cujo custo mensal beira os R$ 2 milhões não pode se permitir jogar um campeonato amador como o estadual do Paraná, com gramados esburacados, pouco público e campos com meia-dúzia de arquibancadas de madeira que sequer podem ser chamados de estádios.

Na verdade, o "mundo ideal" pro futebol brasileiro seria finalmente adotar o sistema europeu, sem estaduais ou regionais, com início da temporada no meio do ano, o que ajudaria os clubes inclusive a não perderem talentos no meio da competição nacional, graças às "janelas europeias". Entretanto, como este é um sonho distante, lutemos ao menos pela Copa Sul.

40 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

A Caixa Preta do DM


06/03/2013 11h10
Leonardo Lovo

 / Foto: COXAnautas


Volta e meia eu volto ao assunto, pois confesso que me preocupa e incomoda o alto índice e longo tempo de recuperação de lesões no Coritiba.

Desta vez, porém, a iniciativa não foi minha, mas do torcedor André Kirchner, que entrou em contato comigo por e-mail indagando quais as situações e previsões de retornos de alguns jogadores, alguns deles já há tempos no DM.*

Infelizmente, assim como André, eu tenho a mesma curiosidade e não posso responder ao questionamento, pois nem sempre existem informações atuais a respeito de retornos de jogadores. Após um longo tempo sem notícias a respeito de Emerson e Vitor Ferraz, ainda hoje a imprensa deu que ambos retomaram trabalhos com bola. Já Bonfim, Botinelli e Keirrison seguem no ostracismo.

Não é de hoje, aliás, a falta de informações (concretas) por parte do clube quando o assunto é departamento médico. Volta e meia o site oficial solta os tais "boletins do CEECOR", mas diversas vezes o que se publica ali dificilmente se vê na prática e a memória curta deixa passar a imprecisão das informações.

Assim como apontei neste post, muitas vezes o que se escreve nas notas oficiais não se lê, basta lembrar o emblemático caso de Emerson: uma sequência surreal de informações inverídicas/imprecisas/inconclusivas e no fim das contas ele já soma quase meio ano parado.

Minha opinião é que desses que o André questionou, ao menos um penso que será difícil ver em campo. E eu já falava isso antes de ele ser contratado. Quem paga a conta de tanto jogador lesionado? E por que ninguém cobra explicações, informações, transparência? Será que ninguém vai abrir a caixa preta do DM Coxa?



* o contato se deu antes do jogo contra o Londrina.

56 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

Mediocridade total


04/03/2013 09h26
Leonardo Lovo

Define o dicionário online de português a palavra "mediocridade" como "pequenez espiritual" e "medíocre" como "algo ou alguém que não tem grande valor intelectual ou capacidade para realizar algo, sem talento e que está abaixo da média".



Choro injustificado

Medíocre e lamentável o choro londrinense por três lances que nenhum árbitro sério e que conheça a regra consideraria pênalti: Robinho tira o braço (que está colado ao corpo) quando a bola o toca; Rafinha desliza no chão quando a bola resvala-lhe quadril e braço; e Pereira tem claramente o peito atingido.

Em todas as situações - curiosa e coincidentemente todas num mesmo jogo já repleto de pressão pelo choro passado - a regra de futebol não foi ignorada. Já há algum tempo se considera que para que haja falta é necessário que o toque de mão seja intencional, o que, se alegado por alguém nos lances acima, demonstarará no mínimo malícia.



Uma mentira repetida mil vezes se torna verdade?

Malícia esta que o senhor Gil Rocha, do alto de sua mediocridade enquanto comentarista de futebol, demonstrou. Declarado torcedor do Londrina, a paixão afetou-lhe sua visão, razão e, sobretudo, imparcialidade. Pior que ele foi Luiz Augusto Xavier, que nem a desculpa de ser londrinense tem.

Como qualquer torcedor passional, Gil Rocha abandonou o profissionalismo e se permitiu formar opinião baseada em um engodo, influenciando até o texto de Tadeu Schmidt no Fantástico, lamentavelmente.



Descontrole em campo...

Mais mediocridade se viu também em campo, com jogadores de azul tentando agredir o árbitro. Aliás, o medíocre Dirceu, que tem a maior parte de seu polpudo salário pago pelo coritiba, era um dos mais exaltados.

Demonstrando a mediocridade do certame e da arbitragem, apenas um dos londrinenses foi expulso. Num campeonato sério o time todo seria mandado pro chuveiro e o jogo seria encerrado por falta de jogadores do Londrina. Aliás, de um campeonato sério um time formado por jogadores tão despreparados sequer participaria. A propósito, e o pênalti no Arthur?



... e fora dele

Vale lembrar que a televisão mostrou um sinalizador - objeto que causou morte de um torcedor boliviano recentemente - no gramado do Estádio do Café, possivelmente atirado pela irada torcida da casa. Não espero menos do que uma punição exemplar ao Londrina EC e seus jogadores.

Acabei de ler ainda que a entrega da taça chegou a ser adiada por conta do descontrole da frenética torcida azul, então agora se tornou oficial: o Londrina É o irmão gêmeo interiorano do time da Baixada.



E no Coritiba?

Medíocre durante todo o jogo, o Coritiba mesmo assim sobrou tanto neste domingo quanto no primeiro turno todo. Mesmo com desfalques, poupando jogadores, sem correr, demonstrar brio ou vontade, foi campeão e se aproxima do tetracampeonato.

Quanto a atuações individuais, limito-me a apontar a mediocridade de Júnior Urso, um pseudo-jogador de futebol que perdeu o gol mais fácil dos últimos anos. Pereira e Julio Cesar merecem menção "honrosa".



Santos, Sport, São Paulo, Atlético Goianiense e... até o Londrina?

Tudo bem que a BMG graças a Deus não patrocina mais o Coritiba. Porém, se já causava indignação ver o banco mineiro "abrindo as pernas" para Santos, Sport, São Paulo e Atlético Goianianse (para citar apenas alguns), agora até o Londrina EC pode pôr a horrorosa logomarca em um bonito azul claro, em vez do laranjão?

Espero que nunca mais eu precise ver aquela marca medíocre na camisa do Coritiba.

146 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

O maior rival


28/02/2013 09h53
Leonardo Lovo


Assistindo ao vídeo acima cheguei à conclusão de que existem dois times - ou no mínimo duas torcidas - gêmeos no Estado do Paraná. Um na capital, outro no norte, mais especificamente na cidade de Londrina.

Muito afeita à prática do "mimimi", a torcida desse segundo time da capital fez escola e "exportou" sua experiência em choradeira para o interior, que agora tem na torcida londrinense seu mais fiel espelho.

No começo do vídeo a prova da obsessão dos nortistas pelo 9º colocado do estadual fica clara quando uma bandeira vermelha e preta surge em contraste com o azul e branco espalhado pela imagem.

O que acaba por confirmar essa adoração é a exibição de supostos erros de arbitragem em jogos entre Coritiba e Londrina, somados a palavras de ordem insinuando favorecimento ao Alviverde e, para minha surpresa, a afirmação de que no domingo eles enfrentarão "o maior rival".

Confesso que essa é nova pra mim, mas me lembrou a ocasião em que o time da Baixada chegou à final da Libertadores - num ano em que perdeu de cinco em casa e se classificou na primeira fase mais graças à incompetência dos adversários do que por seus méritos - contra o São Paulo.

Na ocasião os deslumbrados torcedores do time do meio-estádio diziam que seu maior rival passara a ser o São Paulo, que, por sua vez, mal sabia da existência daquela pequena agremiação que por um acaso chegara àquela decisão.

Assim é a pretensa rivalidade do Londrina em relação ao Coritiba. O pequeno querendo contrapor o grande, assoberbado pelo raro momento de "decisão" (que é apenas de um turno de estadual, diga-se).

Que o jogo vai ser difícil e que no futebol tudo pode acontecer eu não tenho dúvida. O Coxa tem que respeitar - e muito - o adversário, jogando com seriedade e humildade, mas daí a quererem que aceitemos clima de "rivalidade" já é demais.

50 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

Comparações


11/02/2013 12h33
Leonardo Lovo

Até o jogo contra o Arapongas, o Coritiba sobrou e, mesmo sem empolgar e mostrando diversas falhas, conseguia liderar o fraquíssimo Campeonato Paranaense (em muito beneficiado pela falta de adversários inclusive na capital).

Somente este empate e a perda da liderança, porém, não me preocupariam, afinal é apenas o início, mas em comparação com vários outros jogos que vi no fim de semana, inclusive de equipes com o mesmo ou menor tempo de preparação que o Coxa, fiquei preocupado com a diferença no nível de qualidade.

Conceitos como "time misto", "pré-temporada", "falta de entrosamento" e "jogadores poupados" até poderiam tentar mostrar uma justificativa para a letargia alviverde nos jogos disputados até então, mas o que dizer quando, mesmo com a tão falada alternância de escalações, o resultado é um terço do elenco profissional no estaleiro?

Apesar de possuir uma das maiores comissões técnicas do país, usar equipamentos de ponta como bubble air, aparelho isocinético, Suunto, além de diversas ações alardeadas pelo bom marketing promovido pelo CEECOR, os resultados apresentados ficam muito abaixo em comparação até com equipes semiamadoras, inclusive aquelas que o Coxa não conseguiu vencer - como Arapongas, Paraná Clube e Operário de Ponta Grossa (ou alguém ouviu que eles tenham poupado atletas e ainda assim tenham um terço do elenco no DM?).

Não adianta reclamar de falta de dinheiro se renova com Chico e Urso por quatro anos enquanto compra Everton Ribeiro assinando por três, como bem lembrou o amigo Marcelo Algauer em troca de e-mails.

De que adianta reclamar das críticas e fechar os olhos pra realidade, achando que tem um time de ponta, se ao ver equipes como Ituano, Paulista e Ponte Preta jogando, vemos mais futebol do que o que o Coritiba tem mostrado?

De nada adianta reclamar do calendário, revezar jogadores e chorar lesões, se há três anos faz a mesma preparação e há três anos tem o time mais lesionado do Brasil (talvez do mundo).

Torço pra engrenar, mas as comparações até agora preocupam.

94 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

Só acredito vendo


07/02/2013 10h34
Leonardo Lovo

Uma das notícias de ontem foi a assinatura de um contrato entre a Pro Tork e o Coritiba visando viabilizar financeiramente o fechamento da reta da Mauá.

A nota divulgada no site oficial dá mostras de que o projeto trará diversos benefícios, gerando capitalização - com as 5000 cadeiras podendo ser comercializadas - e "novas propriedades comerciais", que não foram detalhadas.

Lendo tudo que se divulgou, e já calejado de tanto ver e ouvir sobre o tal "fechamento da Mauá" desde que me conheço por gente (e antes de mim muita gente já ouvia), eu agora só acredito vendo.

Não estou dizendo que duvido. Apenas não quero mais criar expectativas, já vi tanto projeto e maquete, já vi tanto presidente prometendo essa obra, que agora vou dar uma de São Tomé.



Aspectos a serem observados

1) Data de entrega: se no jantar de "apresentação do elenco" o presidente alviverde disse: “O prazo de execução é de nove meses e vamos trabalhar para inaugurar no aniversário de 104 anos”, agora a previsão já seria março de 2014.

2) Data de início das obras:: o contrato assinado não trata de execução de obra, mas sim de parceria. Para realmente tirar do papel, como chegou a afirmar o presidente, ainda será necessária uma licitação. A data de início, portanto, está indefinida e o site oficial destacou que "a previsão é de que as obras (...) comecem o mais breve possível". Posso estar errado, mas não vejo "mais breve possível" como uma previsão.

3) Couto fechado?: a reforma abrangeria a construção de três aneis; conforme divulgado na Gazeta do Povo, o clube diz não prever o fechamento do estádio durante as obras, "mas isso vai depender da empresa de engenharia que vencer a licitação que será lançada nas próximas semanas, assim como o cronograma da obra".



Concluindo, só mencionei tudo isso para embasar a minha opinião. Talvez desta vez até saia o fechamento do Couto (justo agora, que o presidente disse que o estádio tem menos de 10 anos de vida útil), mas com base no que foi divulgado, tudo continua tão vago e incerto quanto todos os outros projetos que já vi. É aguardar e torcer para que desta vez seja diferente.

105 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

Pro gasto


04/02/2013 10h01
Leonardo Lovo

Assim como falei no post passado, o Coxa segue produzindo "pro gasto", o que acaba mostrando que lidera o estadual "com sobras", já que mescla jogadores, não apresenta futebol convincente, mas ainda assim é o primeiro colocado na tabela.

É claro que na pontuação ainda não reflete essa "sobra", pois o Paraná Clube possui a mesma campanha, perdendo nos cartões, mas a diferença está no que o Coritiba ainda pode apresentar, já que vem jogando bem abaixo do seu potencial máximo.

A conclusão a que novamente chego é a de que o Campeonato Paranaense é tão fraco, mas tão fraco, com equipes tão medíocres - incluindo aí os rivais da capital - que o Coxa pode se dar ao luxo de jogar mal, testar jogadores, poupar-se, e ainda assim poder ser campeão.

Provavelmente daí veio a decisão do clube de não usar força total neste início de ano, e eu concordo. Enquanto o estilo "pro gasto" estiver dando certo, temos que entender e aplaudir. Sendo campeão, pode até ser aos "trancos e barrancos".



Lamentável

Falando em aplaudir e apoiar, lembrei-me do jogo contra o Jota. Fiquei impressionado com a atitude de muitos torcedores. O time realmente estava jogando mal, mas vaiar durante o jogo? Maciçamente? A que isso leva?

Uma coisa é, ao final do jogo, vir cobrar falta de empenho, maus resultados, más atuações, seja o que for, mas ir ao estádio e vaiar durante o jogo, ou numa substituição, eu não consigo entender. E o pior é que se alguém questiona aquele que vaia, pode acabar arrumando briga.



Decepção

A lesão de Eltinho e Dênis, além da decepcionante atuação de Escudero ontem, me provaram errado. Ao contrário do que eu falei, talvez nem pro Estadual temos laterais-esquerdos "pro gasto". Aguardemos para quando serão os retornos de Dênis e Eltinho, mas é certo que sem reforços nesta posição o resto do ano estará comprometido.

31 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

Com sobras


01/02/2013 14h58
Leonardo Lovo

O placar foi magro.
O time produziu pouco.
O adversário não era nenhum primor.
E o campeonato então... realmente não é parâmetro para nada.

Quem afirmar tudo isso sobre a vitória diante do J. Malucelli não estará mentindo, mas o fato é que, alternando escalações diversas, com jogadores claramente sem ritmo e desentrosados, o Coritiba sobrou até agora no estadual.

Afinal, com tudo isso, e jogando sem convencer, o time é líder e pega o Paraná Clube na próxima rodada buscando se isolar na primeira colocação.

O fato é que durante esse primeiro semestre o time tem mais é que jogar "pro gasto", nem que seja campeão só ganhando por 1x0. Quando o "bicho pegar" realmente (no Brasileirão) aí sim é hora de estar no auge e usar força máxima.



Calando os críticos (inclusive eu)

Quanto ao jogo em si, destaco as belas atuações de Vanderlei e Escudero. Dois jogadores que vinham sendo criticados por muitos torcedores e fecharam a defesa Coxa na dura partida de domingo.

Quem também merece uma menção positiva é Eltinho, que depois de passar por meio time do Jota, em boa jogada ofensiva, parece ter ganho confiança para arriscar outras jogadas e bons cruzamentos logo em seguida, mas infelizmente acabou se machucando.

Se Eltinho e Escudero continuarem jogando como ontem, pelo menos para o Paranense não teremos de nos preocupar com laterais-esquerdos. O gringo deu um show de categoria por ali.

51 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

Vamos 'fazer uma forcinha'?


30/01/2013 16h12
Leonardo Lovo

Plena quinta-feira, 18 horas da tarde. Hora do rush, movimento intenso nas ruas, muita gente ainda saindo do trabalho, outros sequer com previsão de sair tão cedo, fazendo hora extra e tudo mais.

Este é o panorama que representa como amanhã provavelmente estaria o torcedor do Coritiba em geral, aquele que trabalha duro, encarando a batalha do dia-a-dia e, quando pode, vai ao Couto Pereira para curtir e apoiar o Verdão.

Sei que o pedido, principalmente para estes, soará como impossível, mas não custa tentar, então o farei:

Vamos "fazer uma forcinha", galera Coxa-Branca. Amanhã é o dia em que Alex efetivamente estreia, em jogo que vale três pontos na caminhada rumo ao esperado Tetracampeonato Paranaense.

Eu mesmo vou dar um jeito por aqui e farei uma forcinha para sair do trabalho mais cedo e ir ao Couto (recomendo sair no máximo até 17h, pois o trânsito perto do estádio tende a estar intenso já nesse horário).

Implore pro chefe, mate aula, "dê um migué", peça alvará, faça o possível e o impossível, mas esteja amanhã no Alto da Glória. É dia de dar uma amostra do potencial da torcida ao time que efetivamente deve nos representar este ano.

Aguardo-os lá, então: 18h no Couto Pereira amanhã. Está marcado!

48 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

A palavra do fim de semana


29/01/2013 09h50
Leonardo Lovo

Como não poderia deixar de ser, "estreia" foi a palavra mais popular do fim de semana em que o profissional do Coritiba jogou duas partidas em dois dias seguidos.

Não é pra menos. No sábado o craque internacional Alex fez sua primeira partida no retorno ao clube, mostrando parte do seu repertório - e o quanto os adversários deste ano terão de se preocupar - mas várias outras estreias aconteceram, algumas com muito destaque.

No próprio amistoso festivo que apresentou o meia, Igor Leandro, Filipe Ramon, Guaraci e João Victor fizeram suas primeiras partidas no time de cima, todos mostrando qualidades e potencial para crescerem, sobretudo pelo fato de serem jovens valores e de terem estreado já contra um catimbeiro time argentino.

Já pelo Paranaense, no domingo, outros atletas garantiram a vitória fora de casa com gols também de estreantes, os atacantes Julio César e Arthur. O primeiro me pareceu ter predicados que o farão disputar lugar no time principal, já o segundo - apesar do curto contrato - necessita de lapidação (até por ter apenas 20 anos).

Também diante do Cianorte o goleiro Vaná estreou bem e provou que o Coritiba provavelmente não precisará contratar goleiros num futuro próximo. O outro estreante do dia foi Patric, que apesar de alguns erros bobos, fechou bem o lado direito e deu pelo menos um cruzamento certeiro para Júnior Urso.

Urso, aliás, merece um destaque à parte. Na sua função mostrou muita raça e, se continuar assim, pode conquistar a torcida Coxa após um primeiro ano irregular. Com a bola nos pés, porém, penso que ele ainda necessita de aprimoramento técnico.

No lance do pênalti, por exemplo, deu sorte de o juiz cair na dele, pois estava prestes a perder o gol, além de ter desperdiçado boa chance no cruzamento que citei. Finalização, é claro, não é a dele, mas seus (também) comuns erros de passe não combinarão com o provável esquema de toque de bola do time principal.



Pro gasto

No que se refere aos próprios jogos, em ambos o Alviverde fez apenas o suficiente, e já está bom. Um empate no amistoso para não ficar feio perder em dia de festa, com justificável atuação de razoável para fraca; e uma vitória contra um time frágil no interior mostrando atuação apenas razoável. Considerando que o Coxa levou a campo dois times diferentes, juntando-os e formando a equipe principal a tendência é crescer ao longo do ano.



Preocupante

A lateral-esquerda, que já estava fragilizada por ter apenas o prata-da-casa Dênis Neves com algum potencial de lutar por titularidade, fica ainda mais prejudicada com a lesão desse jogador. Eltinho segue falhando em mostrar a que veio, por isso a posição deve ser prioridade na busca de reforços. Mas isso todo mundo já sabe, e não é de hoje.

41 Comentários. Comente sobre esse post.

Ou entre em contato com este blog através do e-mail portrasdanoticia@blog.coxanautas.com.br.

Mostrando de 1 a 10. Mostrar posts por página.

Página anterior | Página 1 | Próxima página

COXAnautas

1996-2014 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Race Internet