COXAnautas - Coritiba Eternamente

+6 Concordou:
Cristian N.
Carlos Maia J.
Adriano F.
Jorge Ihon J.
Evaldo Maciel
Daniel G.

16/09, 17h02 | Fala COXAnautas! | Itamar S.

Sem Identidade

Faz muito tempo, por motivos outros, que deixei de assinar colunas em sites coritibanos.

Torcedor de cativa desde os meus 18 anos, mas já na a tenra idade me fazia presente ao Alto de tantas Glórias, para ser preciso, desde os tempos da social de madeira e do alambrado de tela que contornava o campo. Fui apresentado ao Coxa pelo meu pai, torcedor fervoroso e tive a minha primeira associação de meados de 1970 (carteirinha que guardo como uma relíquia). Vivi a fase de Evangelino Neves, onde ser Coxa era um motivo de satisfação e júbilo. O esquadrão verde e branco era um terror, ganhava tudo e de todos, tendo feito resultados históricos contra seleções e grandes equipes do cenário mundial. Jogar no Belford Duarte (hoje Couto Pereira) ou em qualquer campo era indiferente, o Coxa se mostrava altivo, e suas excursões à Europa, África e Ásia, o levaram a conquista da fita azul, sendo reconhecido além mares, como um dos grandes do futebol brasileiro.

Em 1960 perdemos o título nacional para o Grêmio de Foot-Ball Porto-Alegrense, num sorteio ganho no grito e de lá até 1984 nos mantivemos no topo das expressões futebolísticas do Sul. 1985 sem grande investimentos, o chinês como era conhecido Evangelino, mesclou o esquadrão Coxa com jogadores do futebol paranaense, e o resultado é a nossa maior conquista até hoje – Campeão Brasileiro. Evangelino se foi, as raposas felpudas tomaram conta das hostes alviverdes, e nesta senda perdemos o elã de clube vencedor para sermos coadjuvantes.

Hoje vejo o Coritiba jogando mais uma vez a segunda divisão, e o pior, sendo mais um, fruto da filosofia tosca de formar para vender para o mercado brasileiro, de renegar o negócio institucional em prol do pagar dívidas, fato que me leva a concluir que a máxima do senhor todo poderoso das terras baixas, está ganhando forma e realidade. Enquanto não tivermos um grande esquadrão, não teremos renda, associações e patrocínio. Pelo noviciado ou teimosia, jogamos os milhões auferidos no ano de 2018 pela janela, no pagar as tais dívidas, amargando o honrado 10ª colocação entre times coadjuvantes.

Hoje, apequenados e desprovidos da alma guerreira, somos derrotados pelo Londrina, com um jogador a mais, fruto da falta de identidade da equipe com a nossa centenária e gloriosa tradição. O reflexo de tudo isso, fica demonstrado na falta de comprometimento dos meninos da base, responsáveis, talvez, pelo maior revés da nossa história no século 21. Para pasmo geral, nenhuma atitude foi tomada, tudo continua como dantes no quartel de Abrantes, e todos passivos esperam que o tempo, o senhor da razão, opere milagre, tornando e incutindo aos que decidem o resultado de campo, o espírito vencedor do Flecha Loira (Dirceu Kruger). Ao Coritiba só resta vencer ou vencer!

Autor: Itamar S.

Debate

  • "#foraPastana"

    Leandro R. | 23/09, 14h39

  • "Sou torcedor do Coritiba desde os meus 18 anos e desde essa idade até hoje, já com setenta anos, acompanho as partidas do Coxa.
    Apesar de estar morando em Portugal, assisto todas as partidas do meu time e vou me ater principalmente aos 2 últimos jogos. Tive a decepção de ver o jogo onde o Coritiba ganhando de 1 X 0 do Londrina, teve 2 falhas infantis da defesa e perdeu o jogo por 2 X 1. No jogo contra o CRB neste sábado, mais uma vez fiquei estarrecido com o time, pois com mais uma falha (descuido) da defesa, levamos um gol e o segundo gol, mais uma vez se deveu a uma falha clamorosa da defesa.
    Converso sempre com meus irmãos, todos Coxa Branca e que residem em Curitiba e noto a decepção dos mesmos que é maior ainda que a minha.
    Meu irmão me falou que há alguns anos comentou com Dirigentes e Conselheiros do Coritiba a seguinte observação: 52 dias antes do dia 12 de outubro de cada ano, o Coritiba entra em um inferno Astral e para tal haveria a necessidade de um fortalecimento espiritual para todos os jogadores, além do treinamento técnico e tático do time.
    Tudo o que ele apresentou ao Coritiba e que nada foi feito, algum espião dentro dos quadros do Coxa, deve ter passado para alguém do Atlético e esse deve ter feito alguma coisa nesse sentido, inclusive colocando a letra “h” no nome do Clube, supostamente por sugestão de algum Numerólogo Cabalista, pois hoje o Atlético é um time forte, tem postura em campo e foi campeão da Copa do Brasil frente ao Internacional, lá em Porto Alegre.
    Hoje li aqui no Coxanautas que o treinador foi demitido e coloco a culpa no mesmo por vários motivos que cito a seguir:
    1) O Treinador “tem” que ter liberdade para escalar o time, tem que ter o COMANDO, caso contrário vira uma vaquinha de presépio e é isso que notamos no time;
    2) Eu fui Diretor no Governo do Estado de SC e somente aceitei o cargo na condição de poder MANDAR na minha área, caso contrário dispensaria o cargo;
    3) Fui Gerente Financeiro aqui em SC em uma empresa que faturava um valor próximo de 1 Bilhão de reais ao ano, também nessa condição de poder MANDAR na minha área e assim sempre o fiz;
    4) Está na hora do Coritiba dispensar alguns jogadores que estão lá somente pelo salário mensal, sem dar a contribuição que o torcedor merece receber. Entre outros eu cito o Thiago Lopes, que só faz falta e em nada contribui ao time, tendo sido expulso no jogo contra o CRB pelo segundo Cartão Amarelo e continua jogando;
    5) Um bom treinador deve treinar tiros a gol, cobrança de escanteio, cobrança de faltas, cabeceamento dentro da área, etc. etc. etc., coisa básicas que o time vai enfrentar em campo, senão vejamos:
    a) As cobranças de falta, com raras exceções são bem executadas;
    b) Os cabeceamento dentro da área são horríveis;
    c) As cobranças de escanteios são somente para jogar a bola na área adversária, sem criatividade nenhuma;
    d) Os arremates a gol, vide o Anderson na última partida, sempre vão lá em cima do alambrado, passando muito longe do gol adversário;
    e) Aquela postura, nada agressiva, de ficar brincando com a bola no meio do campo, sem uma ação de lançamentos rápidos e, ou em profundidade, que irritam o torcedor, também exigem uma necessidade urgente de correção;
    f) Cadê o aproveitamento da garotada da base, possivelmente Coxas Brancas por natureza?
    Eu passaria muito tempo apontando todas as falhas que o time comete e por isso que há uma necessidade urgente de reestruturação do Clube na área técnica
    Hoje vejo o Coritiba jogando mais uma vez a Segunda Divisão, fruto da filosofia de formar jogadores para vender para o mercado e se continuar nesse ritmo, vai amargar no ano que vem novamente a Segunda Divisão, enquanto o Atlético deita e rola em cima de nós.
    Hoje, apequenados e desprovidos da alma guerreira, somos derrotados por times de nível teoricamente inferiores ao nosso pela falta de identidade da equipe com a nossa centenária e gloriosa tradição.
    Não observamos nenhuma atitude sendo tomada pela Diretoria e tudo continua, dia a dia como sempre, no aguardo de algum milagre que possa ocorrer e não é esse o Coritiba que vislumbramos.
    Saudações Coxa Branca"

    Elio Santos | 22/09, 18h31

  • "a primeira atitude a ser mudada: time alternativo para o campeonato paranaense, jamais colocar os principais atletas pra se quebrar em campinho de varzea (nada contra os times do interior), pq pelo valor de cotas ficamos sem reposição de jogadores e com isso sofrendo no brasileiro que e longo e sem banco a altura dos titulares"

    Eduardo Gadotti N. | 19/09, 16h28

  • "Realmente esse sentimento de IDENTIDADE deve ser resgatado.

    Temos que ter um planejamento inovador e responsável para com a instituição e seu maior patrimônio: a torcida Coxa Branca."

    Leandro R. | 19/09, 13h21

  • Ver todos os comentários (4)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 59
Sport 53
Atlético-GO 49
Coritiba 47
América-MG 47
Botafogo-SP 44
Paraná 44
CRB 43
Operário 43
10º Ponte Preta 41
11º Cuiabá 39
12º Brasil de Pelotas 38
13º Guarani 35
14º Londrina 35
15º Oeste 35
16º Vitória 33
17º Figueirense 31
18º Vila Nova 31
19º Criciúma 29
20º São Bento 27

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Rupson F. 263 pts.
andre a. 256 pts.
CARLOS AUGUSTO B. 251 pts.
Leandro R. 246 pts.
Waldir Laska 241 pts.
Rui Valente 237 pts.
Leonel S. 234 pts.
Ricardo Honorio 229 pts.
Marcelo luczyszyn 228 pts.
10º Jose R. 224 pts.
11º Marcelo G. 222 pts.
12º Rodrigo P. 221 pts.
13º Hedy G. 219 pts.
14º Juarez Mocelin 218 pts.
15º Marcio Cardozo 218 pts.
16º Marcelo Carneiro 218 pts.
17º Ido M. F. 217 pts.
18º Julio C. R. 216 pts.
19º João L. 213 pts.
20º Gelson Roberto M. 213 pts.
21º Bruno P. 211 pts.
22º Job Grassi 211 pts.
23º Tiago L. 211 pts.
24º Luiz C. 209 pts.
25º Antonio Alvaredo Filho 207 pts.
26º Johnny Pietrobelli 207 pts.
Ézio Ricardo 207 pts.
28º Valdir T. 207 pts.
29º Robson R. 205 pts.
30º Alysson Delalibera 205 pts.

Ver classificação completa

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet