COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

Brasileirão | 06/08, 18h22

Guia do Brasileirão 2020

A bola vai rolar no campeonato brasileiro a partir do dia 08 de agosto, e com ela teremos a volta do Coritiba a elite do futebol nacional.

Motivado pelo retorno do Coxa à primeira divisão, o COXAnautas preparou um Guia Especial do Campeonato Brasileiro de 2020, com dados dos vinte clubes que participarão do Brasileirão.

Neste material, o leitor ficará sabendo como está sendo a temporada 2020 de cada clube, qual o time base, quais as contratações feitas para o brasileirão até o momento, os principais destaques de cada equipe, e uma breve análise dos adversários que o Coritiba irá enfrentar.

Além disso, o COXAnautas não fica em cima do muro, e dá sua opinião em relação ao futuro de cada equipe no campeonato.

Confira abaixo a análise e os dados trazidos pelo COXAnautas para você poder acompanhar o campeonato brasileiro de 2020:





Coritiba


O Coritiba inicia mais um campeonato brasileiro sem causar muitas expectativas em seu torcedor. A única ambição antes do campeonato começar será a permanência na primeira divisão.

A temporada do clube até o momento tem sido muito fraca. Eliminado na primeira fase da Copa do Brasil pelo modesto Manaus, além da frustração pela precoce eliminação em um torneio nacional, o prejuízo financeiro causado pela impossibilidade de atingir as cotas ao passar de fase, deve impactar diretamente na saúde financeira do clube neste ano.

No Paranaense o clube vinha bem até a decisão, porém ao enfrentar um time mais forte, de nível de Série A, sucumbiu as duas vezes, ficando com o vice-campeonato, causando tristeza em sua torcida, que viu o rival conquistar o tricampeonato dentro do Couto Pereira.

O clube sofreu um grande baque antes do início do Brasileirão. Rafinha, seu principal jogador, sofreu uma fratura no tornozelo na segunda partida da decisão contra o Athletico e terá que passar por uma cirurgia, que provavelmente o tirará do campeonato.

Com o desfalque do melhor jogador do time, e apenas uma contratação até o momento, as expectativas são muito pequenas em relação a uma boa colocação do clube no campeonato. A grande esperança da torcida Alviverde é que Neilton, que chega com status de grande contratação, possa desenvolver um bom futebol com a camisa Alviverde e assumir o protagonismo do time.

Nas partidas decisivas contra o Athletico, ficou evidente que o Coritiba precisa ser reforçado. O elenco tem muitos jogadores esforçados, porém medianos, e nas horas decisivas a falta de qualidade, e até mesmo de mentalidade vencedora, fizeram e continuarão fazendo uma grande diferença em desfavor do time Alviverde.

A princípio, o Coritiba entra novamente como um dos candidatos ao rebaixamento, e isso deve ser a tônica nas análises da imprensa nacional, porém, devido a pandemia, o nível da competição deverá ser fraco, com os times sendo nivelados por baixo. Assim, o time de Eduardo Barroca pode lutar por uma vaga na Copa Sul-americana, desde que a diretoria traga alguns reforços para dar o mínimo de opções ao treinador, coisa que hoje ele não tem.

Sem novos reforços para o elenco, será difícil imaginar outra situação senão lutar mais uma vez para fugir do rebaixamento para a Série B.

Colocação em 2019: 3º colocado na Série B

Números em 2020:

18 jogos disputados
11 vitórias/ 3 empates/ 4 derrotas
33 gols marcados / 17 gols sofridos
66,6% de aproveitamento
Artilheiros: Robson e Rafinha com 4 gols cada.
Assistências: Patrick Vieira com 03 assistências.

Contratações para o Brasileiro: Jonathan (Lateral-direito), Neilton (Meia-atacante), Hugo Moura (Volante), Ramon Martinez (Volante), Sarrafiore (Meia), Ezequiel Cerutti (Atacante), Mattheus Oliveira (Meia)

Treinador: Jorginho

Elenco:

Goleiros: Alex Muralha, Diego e Wilson

Laterais Direitos: Patrick Vieira, Jonathan e Natanael

Zagueiros: Rhodolfo, Sabino, Rodolfo Filemon e Nathan Ribeiro

Laterais Esquerdos: William Matheus, Kazu e Angelo

Volantes: Matheus Salles, Nathan Silva, Matheus Galdezani, Matheus
Bueno, Henrique Vermudt e Hugo Moura

Meias: Giovanni Augusto, Yan Sasse, Luiz Henrique, Gabriel, Rafinha, Sarrafiore, Thiago Lopes e Mattheus Oliveira

Atacantes: Neilton, Róbson, Nathan Fogaça, Wanderley e Ezequiel Cerutti

Time base:
Wilson, Jonathan, Rhodolfo, Sabino e William Matheus; Hugo Moura, Matheus Salles, Matheus Bueno, Sarrafiore e Neilton; Róbson.

Destaques: Sabino, Matheus Salles, Neilton

Colocação em 2019: 3º colocado na Série B

Palpite COXAnautas: Vaga na Sulamericana

Confira abaixo o que esperam do Coritiba no Brasileirão os editores do COXAnautas:

Ricardo Honorio

Mesmo que tenhamos um elenco frágil de grandes carências, sempre começo o Brasileirão com muita esperança em ver o Coritiba fazer uma boa campanha. A perda do Rafinha foi um baque, até porque não temos no elenco um jogador com a sua caraterística. O time que já era frágil, ficou ainda carente de bons jogadores. Minha principal esperança hoje reside no Neilton. Deposito muita fé que ele possa fazer um bom campeonato com a camisa do Coritiba. Mas só ele é pouco. Ainda precisamos de no mínimo mais uns quatro ou cinco bons jogadores para iniciar o campeonato. Não tenho ilusão maior do que tentarmos uma vaga na Sul-americana, mas com os pés no chão vejo que o principal desafio será a permanência na primeira divisão.

Sérgio Brandão

Que fique claro! Estamos falando de futebol e do Coritiba. O que deixa qualquer previsão mais próxima do chute do que do bom senso. Nem como torcedor, explorando o meu lado mais fanático, consigo ver o Coritiba entre os grandes, mas creiam, a pandemia nos salvará. Assim como o Coritiba, estão muitos clubes que disputam a Séria A deste ano. Nos nivelamos com pelo menos uns dez clubes.
Assim como nos dois últimos tivemos a Série B como a mais fácil para subir, agora temos a Séria A mais fácil para nos mantermos nela.
Por isso, não acredito que teremos um ano sofrido como nos anteriores, quero crer que o Coritiba deve habitar uma distância um pouco maior da ZR.
Ainda deixo um alerta: as eleições no meio do Brasileiro podem ser um tiro no pé. Não só pela movimentação política, como a sensibilidade de quem assumir, que pegará o time disputando exatamente a metade do Brasileiro.


Marcelo Carneiro

Eu sempre entro com uma boa expectativa no Brasileiro da série A. Na minha memória desde pequeno, os jogos são bonitos, adversários expressivos, campeonato visível mundialmente, tudo isso empolga muito. Após o vexame no estadual, tento me esforçar para esquecer e pensar que estamos começando do zero. É um pouco difícil quando sabemos da grande falta de competência que ronda o alto da glória nestes anos. Eu espero, sinceramente, não cair esse ano, pelo histórico de contratações dessa diretoria. Mas torço, do fundo do coração, que os jogadores que vestirem essa linda camisa deem tudo de si para que a gente tenha alguma alegria nesse Brasileirão.

Felipe Rauen

Depois de dois sofridos anos, estamos retornando à série A do campeonato nacional, mais com dúvidas do que com certezas ou esperanças.
O atual time, ainda que seja aos poucos reforçado, estará à altura da disputa? Faremos papel de efetivos disputantes ou de meros coadjuvantes ou, pior ainda, dos que lutam para apenas não naufragar?
A julgar pelo fracasso no campeonato estadual as duas últimas hipóteses parecem ser as mais prováveis, mas nunca será demais torcer para algo aconteça e o time faça uma campanha pelo menos razoável.
Campeonatos por pontos corridos não permitem vacilos iniciais na esperança de recuperação. Os pontos do primeiro jogo valem tanto quanto os do último.
Tudo dependerá de ter conscientização disso e das limitações do elenco e do comando técnico e disputar todas as partidas com esse modo de ver, adicionando bravura para superar as limitações técnicas.


Rogério Scarione

Após o fracasso no Campeonato Paranaense, as expectativas infelizmente não são as melhores.
E não poderia ser diferente. O elenco inicia o Brasileirão com a moral baixa, desconfiança da torcida e sem seu principal jogador; Rafinha fraturou o tornozelo e não volta antes de dezembro.
O Coritiba brigará para não cair e qualquer coisa diferente disso, é lucro!


ATHLETICO/PR


Posição no Brasileirão 2019: 5º colocação

Principais Contratações: Felipe Aguilar (Zagueiro), Pedro Henrique (Zagueiro), Richard (Volante), Jaime Alvaredo (Meia), Walter (Atacante), Geuvânio (Atacante), Renato Kayzer (Atacante), Jorginho (Meia)

Treinador: Eduardo Barros

Time base: Santos, Erick, Thiago Heleno, Lucas Halter e Marcio Azevedo; Wellington, Léo Cittadini e Jorginho; Carlos Eduardo, Bissoli e Nikão.

Destaques do time: Santos, Léo Cittadini e Nikão

Temporada 2020 até o momento: O Athletico começou a temporada sendo derrotado pelo Flamengo por 3x0 na Supercopa, final disputada entre o campeão da Copa do Brasil e o campeão brasileiro. Na Libertadores o time jogou duas partidas, vencendo uma delas e perdendo a outra, estando atualmente na terceira colocação de seu grupo. Começou a disputar o campeonato paranaense com um time alternativo, classificando-se em terceiro lugar ao final da primeira fase. O ponto baixo da equipe foi a goleada de 4x0 sofrida para o Coritiba na última partida da primeira fase. Após o retorno do campeonato, o técnico Dorival Junior colocou os titulares para jogarem levando o time a conquista do tricampeonato paranaense, vencendo as duas partidas contra o Coritiba nas finais.

Breve análise: Campeão da Copa do Brasil em 2019 e quinto colocado no Brasileirão, o Athletico virá mais uma vez forte para essa temporada. Com poucas perdas em relação ao time que brilhou em 2019, o clube ainda contratou bons jogadores, dando opções ao técnico Dorival Junior montar sua equipe. O gramado sintético da Arena da Baixada é outro ponto favorável ao time rubro-negro. Se não perder suas principais peças na janela do meio do ano deve fazer mais um bom campeonato.

Palpite COXAnautas: Briga por Libertadores


ATLÉTICO/GO


Posição no Brasileirão 2019: 4º colocação na Série B

Principais Contratações: Jean (Goleiro), Edson (Volante), Gustavo Ferrareis (Meia), Everton Felipe (Meia), (atacante), Hyuri (Atacante), Janderson (Atacante), Zé Roberto (Atacante), Natanael (Lateral-esquerdo)

Treinador:

Time base/treinador: Jean, Reginaldo, Gilvan, Oliveira e Nicolas; Edson, Marlon Freitas, Gustavo Ferrareis e Everton Felipe; Janderson e Hyuri

Destaques do time: Jean, Edson e Gustavo Ferrareis

Temporada 2020 até o momento: O time goiano começou a temporada com o técnico Cristovão Borges, demitido após sete partidas. Em seu lugar, assumiu o experiente Vágner Mancini, que ainda não comandou a equipe em uma partida oficial. Devido à paralisação dos campeonatos, o Atlético não joga oficialmente desde o dia 14/03. Além do campeonato goiano, onde ocupava a 1º posição do Grupo A, o clube vinha jogando a Copa do Brasil, onde disputa a terceira fase. Na partida de ida venceu o São José/RS por 2x0, tendo boas possibilidades de passar à próxima fase.

Breve análise: De volta à Série A, a pretensão do Atlético/GO deverá ser apenas a permanência na primeira divisão. Sem jogar desde março, o time goiano deverá entrar totalmente sem ritmo no Brasileirão. A grande aposta do Dragão será no experiente técnico Vágner Mancini, que terá alguns bons valores a sua disposição, como o goleiro Jean e o meia Everton Felipe que foram seus comandados no São Paulo. Mas em um campeonato longo e difícil, o Atlético/GO precisará melhorar seu time para pelo menos se manter na primeira divisão. Talvez o principal desafio que o clube enfrentará neste início de campeonato brasileiro será a falta de ritmo, por estar desde o dia 14/03 sem disputar uma partida oficial.

Palpite COXAnautas: Luta contra o rebaixamento


Atlético/MG



Posição no Brasileirão 2019: 13º colocação

Principais Contratações: Rafael (Goleiro), Mariano (Lateral-Direito), Junior Alonso (Zagueiro), Léo Sena (volante), Allan Franco (Volante), Hyoran (Meia), Dylan Borrero (meia) Diego Tardelli (Atacante), Keno (Atacante), Eduardo Sasha (Atacante), Everson (Goleiro)

Treinador: Jorge Sampaoli

Time base: Everson, Mariano, Junior Alonso, Rever e Guilherme Arana; Jair, Allan, Nathan, e Savarino; Keno e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli

Destaques do time: Junior Alonso, Allan e Keno

Temporada 2020 até o momento: O time iniciou o ano comandado pelo técnico venezuelano Jorge Dudamel, que foi demitido após a vexatória eliminação na Copa do Brasil após perder nos pênaltis para o modesto Afogados da Ingazeira. Anteriormente o clube mineiro já tinha sido eliminado na primeira fase da Copa Sulamericana pelo Union Santa Fé. Buscando melhorar o rendimento na temporada, o Galo buscou o técnico Jorge Sampaoli, que classificou o time para a final da competição contra o Tombense.

Breve análise: Após fazer um brasileiro irregular em 2019, quando terminou apenas na 13º colocação, a diretoria atleticana apostou no técnico argentino Jorge Sampaoli para 2020. Para dar boas opções ao treinador a diretoria abriu o cofre e trouxe jogadores valorizados como o lateral-direito Mariano, o zagueiro paraguaio Junior Alonso, o volante Léo Sena e os atacantes Keno e Marrony, e ainda trouxe de volta o centroavante e ídolo da torcida, Diego Tardelli. A dúvida principal é em relação ao aproveitamento do meia Cazares, que ainda pode ser negociado.

Palpite COXAnautas: Briga por Libertadores


Bahia



Posição no Brasileirão 2019: 11º colocação

Principais Contratações: Zeca (Lateral-esquerdo), Juninho Capixaba (Lateral-esquerdo), Jadson (Volante), Daniel (Meia), Rodriguinho (Meia), Rossi (Atacante), Clayson (Atacante), Elias (Volante).

Treinador: Mano Menezes

Time base: Anderson, João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio, Rodriguinho, Elber e Clayson; Gilberto.

Destaques do time: Gregore, Rodriguinho e Gilberto

Temporada 2020 até o momento: A temporada do Bahia começou de forma irregular. O time de Roger Machado foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil para o River/PI, mas conseguiu avançar para a segunda fase da Copa Sulamericana vencendo as duas partidas contra o Nacional do Paraguai. No campeonato baiano, o Bahia terminou em primeiro lugar na primeira fase e disputa a final contra o Atletico de Alagoinhas. E na final da Copa do Nordeste, o time baiano foi derrotado pelo Ceará, perdendo as duas partidas e ficando na segunda colocação.

Breve análise: Vindo de um campeonato brasileiro regular em 2019, o Bahia tem todas as condições de fazer uma temporada melhor em 2020. O clube se reforçou com bons jogadores, com destaque para o meia Rodriguinho, que vem fazendo boas apresentações neste início de temporada. O jogo reativo do técnico Roger Machado deve dificultar a vida dos clubes grandes e as chances do Bahia conquistar pontos fora de casa são grandes. O ponto negativo é a irregularidade dos meias-atacantes Elber e Clayson, que são as válvulas de escape do time.

Palpite COXAnautas: Vaga na Sulamericana


Botafogo



Posição no Brasileirão 2019: 15º colocação

Principais Contratações: Barrandeguy (Lateral-direito), Danilo Barcelos (Lateral-esquerdo), Honda (Meia), Gabriel Cortez (Meia), Kalou (Atacante), Pedro Raul (Atacante)

Treinador: Bruno Lazaroni

Time base: Gatito Fernandez, Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Kanu e Danilo Barcelos; Caio Alexandre, Honda e Bruno Nazário; Kalou, Pedro Raul e Matheus Babi

Destaques do time: Gatito Fernandez, Honda e Bruno Nazário

Temporada 2020 até o momento: Comandado pelo experiente Paulo Autuori, que foi o técnico que levou o Botafogo ao título brasileiro em 1995, o time carioca ainda não engrenou nesta temporada. No campeonato carioca o time não chegou à final, porém na Copa do Brasil, o Botafogo está na terceira fase. No primeiro confronto venceu o Paraná por 1x0 e joga pelo empate para avançar.

Breve análise: O Botafogo deverá ser um dos times mais curiosos de se ver jogar neste campeonato brasileiro. A diretoria apostou forte na contratação de reforços estrangeiros, cinco no total, com destaque para o japonês Honda e para o marfinense Kalou, que chega como grande aposta da diretoria. A diretoria aposta ainda em Bruno Nazário e Pedro Raul, jogadores que se adaptaram rapidamente ao Botafogo e estão fazendo um bom início de ano. Apesar de ter bons valores ofensivos, pesa contra a fragilidade do miolo de zaga, que se não for reforçado poderá atrapalhar os planos de Paulo Autuori.

Palpite COXAnautas: Vaga na Sulamericana


Ceará



Posição no Brasileirão 2019: 16º colocação

Principais Contratações: Fernando Prass (Goleiro), Eduardo (Lateral-Direito), Klaus (Zagueiro), Bruno Pacheco (Lateral-Esquerdo), Charles (Volante), Vinicius (Meia), Rogério (Atacante), Rafael Sóbis (Atacante), Rodrigão (Atacante)

Treinador: Guto Ferreira

Time base: Fernando Prass, Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Pagnussat e Bruno Pacheco; Charles, Fabinho, Ricardinho, Vinicius e Felipe Baxola; Rafael Sóbis

Destaques do time: Fernando Prass, Ricardinho e Vinicius

Temporada 2020 até o momento: O Ceará começou a temporada com o técnico Enderson Moreira, que deixou o clube para acertar com o Cruzeiro. Em seu lugar o clube trouxe Guto Ferreira, que levou o Ceará a conquista da Copa do Nordeste eliminando na semifinal o arquirrival Fortaleza e vencendo as duas partidas da decisão contra o Bahia. Na Copa do Brasil o time está na terceira fase, disputando contra o Vitória uma vaga na próxima fase. Na primeira partida o Ceará venceu por 1x0. No campeonato cearense, o clube está nas semifinais.

Breve análise: Após quase ser rebaixado em 2019, o Ceará deve continuar apenas com a pretensão de se manter na primeira divisão. O time investiu pesado na contratação de jogadores experientes como Fernando Prass e Rafael Sóbis, mas se o goleiro vem sendo um dos destaques do time, o mesmo não se pode dizer de Rafael Sóbis, que ainda não mostrou o mesmo futebol dos tempos de Inter. O ponto forte do time continua sendo as escapadas do lateral-direito Samuel Xavier, mas o ataque que conta com opções como Sóbis e Rodrigão ainda não deslanchou e pode atrapalhar os planos do técnico Guto Ferreira. E por falar em Rodrigão, o mesmo que passou pelo Coritiba em 2019, o jogador está acima do peso e não vem sendo utilizado pelo treinador.

Palpite COXAnautas: Luta contra o rebaixamento


Corinthians



Posição no Brasileirão 2019: 8º colocação

Principais Contratações: Sidcley (Lateral-Esquerdo), Cantillo (Volante), Luan (Meia-Atacante), Matheus Davó (Atacante), Otero (Meia), Jô (Atacante), Cazares (meia)

Treinador: Vágner Mancini

Time base: Cássio, Fágner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Cantillo, Camacho, Ramiro, Luan e Everaldo; Jô.

Destaques do time: Cássio, Cantillo e Jô.

Temporada 2020 até o momento: O ano não começou fácil para o timão. A eliminação na fase preliminar na Libertadores para o modesto Guarani do Paraguai quase custou o emprego do técnico Tiago Nunes, que foi fortemente cobrado pela torcida e imprensa paulista. No campeonato estadual, o Corinthians conseguiu a classificação apenas na última rodada, passou pelo Bragantino nas quartas, pelo Mirassol na semi e enfrenta o Palmeiras na decisão.

Breve análise: Com a força de sua torcida, o Corinthians sempre entra forte nos campeonatos. Porém, em 2020, o time, pelo menos neste momento, não terá o torcedor ao seu lado. O técnico Tiago Nunes vem sendo fortemente questionado e trabalha em um elevado ritmo de pressão. Isso pode atrapalhar seus planos e abreviar sua passagem pelo Corinthians. O time aposta na solidez defensiva e nos gols de Jô, porém não se sabe quais sãos as condições físicas e técnicas do atacante, que volta ao clube depois de duas temporadas no Japão.

Palpite COXAnautas: Briga por Libertadores


Flamengo



Posição no Brasileirão 2019: Campeão

Principais Contratações: Leo Pereira (Zagueiro), Gustavo Henrique (Zagueiro), Thiago Maia (Volante), Pedro Rocha (Atacante), Michael (Atacante), Pedro (Atacante)

Treinador: Domenec Torrent

Time base/treinador: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luiz; William Arão, Gerson, Everton Ribeiro e De Arrascaeta; Gabriel e Bruno Henrique.

Destaques do time: Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel

Temporada 2020 até o momento: O Flamengo começou a temporada conquistando tudo o que disputou. Campeão da Supercopa em cima do Athletico com uma goleada inquestionável, campeão da Recopa Sulamericana batendo o Independiente Del Valle e venceu o campeonato carioca, ganhando do Fluminense sem mostrar o mesmo futebol de 2019. Na Libertadores lidera seu grupo com duas vitórias nos dois jogos que disputou. Apesar de ser hoje o melhor time do Brasil, o futebol jogado pelo Flamengo em 2020 ainda está distante do futebol que encantou o país em 2019.

Breve análise: Nem mesmo a perda do técnico Jorge Jesus, que voltou ao Benfica, tira o favoritismo do Flamengo. O trabalho do técnico Domenec Torrent, que já foi auxiliar de Pep Guardiola, é uma incógnita em terras brasileiras, mas o estrelado elenco do clube rubro-negro dará amplas opções para o técnico espanhol formatar seu esquema tático para que o clube busque mais um título brasileiro. O meio-campo e o ataque devem continuar sendo o ponto forte da equipe, e tanto Gabriel como Bruno Henrique devem lutar pela artilharia do campeonato. O ponto fraco é o miolo de zaga. Após a saída de Pablo Mari, os zagueiros Léo Pereira e Gustavo Henrique ainda não mostraram futebol para serem titulares absolutos do Flamengo.

Palpite COXAnautas: Favorito ao título



Fluminense



Posição no Brasileirão 2019: 14º colocação

Principais Contratações: Egídio (lateral-esquerdo), Hudson (Volante), Michel Araújo (Meia), Wellington Silva (Atacante), Fred (Atacante) e Fernando Pacheco (Atacante), Lucca (Atacante)

Treinador: Odair Helmann

Time base: Muriel, Calegari, Nino, Matheus Ferraz e Egídio; Hudson, Yago Felipe, Dodi, Nene e Marcos Paulo; Fred.

Destaques do time: Muriel, Nenê e Fred.

Temporada 2020 até o momento: O time de Odair Helmann foi eliminado na primeira fase da Copa Sulamericana pelo modesto clube chileno Union La Calera. Por outro lado, o time avançou a terceira fase da Copa do Brasil, onde enfrenta o Figueirense. Na primeira partida, em Florianópolis, foi derrotado por 1x0. No campeonato carioca, o Fluminense venceu o segundo turno, batendo o Flamengo nos pênaltis, resultado que o levou a fazer a decisão contra o próprio Flamengo. Porém, apesar de endurecer as partidas, saiu derrotado nos dois confrontos, ficando com o vice-campeonato.

Breve análise: Apesar de contar com jovens promissores como os atacantes Marcos Paulo e Evanilson e o meia uruguaio Michel Araújo, a base para o futebol do Fluminense ainda é firmada em atletas experientes como Nenê e Fred. É neles que o técnico Odair Helmann aposta para uma boa campanha no campeonato brasileiro. O jogo reativo do treinador deverá tornar o Fluminense uma equipe difícil de ser batida, como o Flamengo percebeu nas finais do campeonato carioca. A principal missão do treinador será acertar a cobertura de seus laterais, que costumam subir muito ao ataque. Como a dupla de zaga não é veloz, o treinador deverá escalar um trio de volantes no meio para dar mais liberdade aos laterais e corrigir o sistema defensivo. A grande incógnita será a forma física e técnica do atacante Fred, que caiu junto com o Cruzeiro em 2019, fazendo uma temporada muito ruim.

Palpite COXAnautas: Vaga na Sulamericana


Fortaleza



Posição no Brasileirão 2019: 9º colocação

Principais Contratações: Michel (volante), Luiz Henrique (Meia), Yuri Cesar (Meia-atacante), David (Atacante), Bergson (Atacante) e Edson Carius (Atacante).

Treinador: Rogério Ceni

Time base: Felipe Alves, Tinga, Juan Quintero, Paulão e Bruno Melo; Juninho, Felipe e Marlon; Osvaldo, Wellington Paulista e David.

Destaques do time: Juan Quintero, Juninho e Osvaldo

Temporada 2020 até o momento: A grande aposta da diretoria era uma boa participação na Copa Sulamericana, porém o time foi eliminado na primeira fase pelo forte Independiente, da Argentina, em dois confrontos muito equilibrados. Na Copa do Nordeste, o Fortaleza foi eliminado na semifinal pelo arquirrival Ceará, restando ao clube tentar o título do campeonato cearense, onde enfrenta o Guarany de Sobral para buscar uma vaga na final.

Breve análise: Após uma excelente participação em 2019, quando ficou na 9º colocação, a previsão para esta temporada não é tão otimista. O técnico Rogério Ceni, unanimidade no clube, vem pedindo reforços, em especial para a meia-cancha. O principal deles o meia Paulo Henrique Ganso, que não vem sendo aproveitado no Fluminense. A aposta do treinador é na velocidade dos atacantes Osvaldo e David, ponto forte do time.

Palpite COXAnautas: Luta contra o rebaixamento


Goiás



Posição no Brasileirão 2019: 10º colocação

Principais Contratações: Pintado (Lateral-Direito), Caju (Lateral-esquerdo), Sandro (Volante), Daniel Bessa (Meia), Keko Villalva (Meia), Inacio Jara (Meia), Mike (Atacante), Kevin Quevedo (Atacante).

Treinador: Enderson Moreira

Time base: Tadeu, Pintado, Fabio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Sandro, Gilberto Junior, Daniel Bessa, Keko Villalva e Victor Andrade; Rafael Moura

Destaques do time: Tadeu, Rafael Vaz e Rafael Moura

Temporada 2020 até o momento: O time de Ney Franco foi eliminado na primeira fase da Copa Sulamericana com duas derrotas para o Sol America, do Paraguai. Na Copa do Brasil, o Goiás enfrenta o Vasco, em confronto pela terceira fase. Na primeira partida o time goiano venceu por 1x0. No campeonato goiano, o time ocupava a 2º posição do Grupo B antes da paralisação.

Breve análise: Sem jogar desde março, o time goiano deverá entrar totalmente sem ritmo no Brasileirão. Em razão disso, dificilmente repetirá a campanha regular de 2019, quando ficou na 10º colocação. A aposta do técnico Ney Franco é nos meias Daniel Bessa, brasileiro naturalizado italiano, e no argentino Keko Villalva, que fazem do setor de meia-cancha o ponto forte do time. Por outro lado, o setor defensivo ainda carece de reforços para trazer maior estabilidade ao time. O goleiro Tadeu, um dos destaques do Brasileirão do ano passado, deve continuar sendo uma das principais peças da equipe.

Palpite COXAnautas: Luta contra o rebaixamento


Grêmio



Posição no Brasileirão 2019: 4º colocação

Principais Contratações: Vanderlei (Goleiro), Victor Ferraz (Lateral-direito), Orejuela (Lateral-direito), Lucas Silva (Volante), Robinho (Meia), Diego Souza (Atacante)

Treinador: Renato Gaúcho

Time base: Vanderlei, Victor Ferraz, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Jean Pyerre, Alisson e Pepê; Diego Souza.

Destaques do time: Pedro Geromel, Matheus Henrique e Diego Souza.

Temporada 2020 até o momento: Ainda sem apresentar o bom futebol de 2019, o time gremista vem fazendo um início de ano discreto. Líder do seu grupo na Libertadores ao lado do arquirrival Internacional, o time ainda disputa o campeonato gaúcho. No primeiro turno perdeu a decisão para o Caxias por 1x0, deixando de garantir sua vaga a final. No segundo turno venceu o Inter na final e classificou-se para a decisão do campeonato gaúcho contra o próprio Caxias.

Breve análise: Como vem sendo a tônica nos últimos anos, o Grêmio entra forte no campeonato brasileiro. Comandado por Renato Gaúcho, que entra em sua quinta temporada seguida no comando do time, o Grêmio aposta na solidez de seu sistema defensivo para fazer um bom papel no Brasileiro. O meia Jean Pyerre, outro talento revelado pelo Grêmio, voltou a jogar depois de grave lesão e é uma das apostas de Renato Gaúcho para fazer uma boa campanha no Brasileiro. Resta saber como o setor ofensivo do Grêmio se comportará após a saída de Everton para o Benfica.

Palpite COXAnautas: Briga por Libertadores


Internacional



Posição no Brasileirão 2019: 7º colocação

Principais Contratações: Rodinei (Lateral-direito), Saravia (Lateral-direito), Lucas Ribeiro (Zagueiro), Musto (Volante), Yuri Alberto (Atacante), Abel Hernandez (Atacante), Leandro Fernandes (Atacante)

Treinador: Eduardo Coudet

Time base: Marcelo Lomba, Saravia, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Moisés; Musto, Edenilson, Thiago Galhardo, Boschilla e Marcos Guilherme; Paolo Guerrero.

Destaques do time: Victor Cuesta, Thiago Galhardo e Paolo Guerrero.

Temporada 2020 até o momento: Líder do seu grupo na Libertadores ao lado do arquirrival Grêmio, o time não decidirá o campeonato gaúcho. Após ser derrotado pelo próprio Grêmio na semifinal do primeiro turno, perdeu novamente na final do segundo turno para o próprio rival e foi eliminado.

Breve análise: O Inter chega para o Brasileiro 2020 com uma expectativa maior do que em 2019 quando conquistou a 7º colocação. Comandado pelo ótimo técnico argentino Eduardo Coudet o time colorado vem muito forte para esta temporada. Confiando na grande fase do sistema defensivo e nos gols de Paolo Guerrero, o time gaúcho é um dos favoritos para chegar entre os primeiros colocados. Pesa contra a irregularidade dos meias atacantes Thiago Galhardo, Boschilla e Marcos Guilherme, responsáveis por fazer a bola chegar em Guerrero.

Palpite COXAnautas: Briga por Libertadores


Palmeiras



Posição no Brasileirão 2019: 3º colocação

Principais Contratações: Matias Vina (Lateral-esquerdo), Rony (Atacante)

Treinador:

Time base: Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gomez e Matias Vina; Patrick de Paula, Bruno Henrique e Ramires; William, Luiz Adriano e Rony.

Destaques do time: Gustavo Gomez, Bruno Henrique e Luiz Adriano.

Temporada 2020 até o momento: O Palmeiras vem fazendo um início de ano regular. Líder do seu grupo na Libertadores com duas vitórias em dois jogos, o time também se classificou para a final do campeonato paulista para enfrentar o Corinthians. Porém, apesar de estar bem nas duas competições que vem disputando, o técnico Vanderlei Luxemburgo ainda tenta achar a meia-cancha ideal para a sua equipe.

Breve análise: Terceiro colocado em 2019, o Palmeiras deverá ter um pouco mais de dificuldades em 2020, principalmente pela saída de Dudu, principal jogador e referência técnica do time. O seu espaço deve ser ocupado por Rony, mas o jogador vindo do Athletico Paranaense não tem a mesma qualidade de Dudu. A incógnita do time continua sendo o setor de meia-cancha. Apesar de Luxemburgo ter jogadores qualificados à sua disposição, como Ramires, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa, o único titular absoluto do setor continua sendo Bruno Henrique.

Palpite COXAnautas: Briga por Libertadores


Red Bull Bragantino



Posição no Brasileirão 2019: Campeão da Série B

Principais Contratações: Cleiton (Goleiro), Weverton (Lateral-direito), Fabrício Bruno (Zagueiro), Haydar (Zagueiro), Matheus Jesus (Volante), Thonny Anderson (Meia), Lucas Evangelista (Meia), Artur (Atacante), Alerrandro (Atacante), Leandrinho (Atacante), Jan Hurtado (atacante)

Treinador: Maurício Barbieri

Time base: Julio Cesar, Aderlan, Ligger, Léo Ortiz e Edmar; Barreto, Uilliam Correia, Morato, Claudinho e Artur; Alerrandro.

Destaques do time: Léo Ortiz, Claudinho e Artur.

Temporada 2020 até o momento: Disputando apenas o campeonato paulista até o momento, o time foi eliminado nas quartas de final pelo Corinthians.

Breve análise: Impulsionado pelo dinheiro da Red Bull o Bragantino tem como primeiro objetivo a permanência na primeira divisão. A equipe investiu em jovens valores de grande potencial para esta temporada, mas a tendência para o começo do Brasileirão é que a base da equipe que foi campeã da Série B inicie o campeonato. O setor ofensivo com muita velocidade e troca de posição entre o quarteto Claudinho, Morato, Ytalo e Artur é o destaque da equipe comandada pelo jovem promissor Felipe Conceição.

Palpite COXAnautas: Vaga na Sulamericana


Santos



Posição no Brasileirão 2019: 2º colocação

Principais Contratações: Madson (Lateral-direito)

Treinador: Cuca

Time base: Wladimir, Pará, Luan Peres, Lucas Veríssimo e Felipe Jonathan; Carlos Sanchez, Jean Mota e Diego Pituca; Marinho, Raniel e Soteldo.

Destaques do time: Marinho, Carlos Sanchez e Soteldo.

Temporada 2020 até o momento: O time santista vem fazendo um início de ano irregular dentro de campo e turbulento fora dele, enfrentando grave crise financeira. Na Libertadores o time ocupa a liderança de seu grupo com duas vitórias em dois jogos, e no campeonato paulista o Santos foi eliminado nas quartas-de-final pela Ponte Preta. A eliminação custou o emprego do técnico português Jesualdo Ferreira.

Breve análise: A expectativa é que o Santos faça um campeonato bem abaixo do vice-campeonato de 2019. Em grave crise financeira, o clube já perdeu o goleiro Everson e o atacante Eduardo Sasha, que entraram na justiça pedindo a rescisão contratual. E existe a possibilidade de mais jogadores, como o atacante Marinho e o lateral Pará tomarem o mesmo caminho. Sem dinheiro para a contratação de jogadores, o Santos apostará mais uma vez para os garotos revelados nas categorias de base, com destaque para os atacantes Kaio Jorge e Arthur Gomes.

Palpite COXAnautas: Vaga na Sulamericana


Sport/PE



Posição no Brasileirão 2019: 2º colocação na Série B

Principais Contratações: Patric (Lateral-Direito), Iago Maidana (Zagueiro), Bruninho (Meia), Lucas Mugni (Meia), Ewandro (Atacante), Leandro Barcia (Atacante), Thiago Neves (Meia), Ricardinho (Volante), Rogerio (Atacante).

Treinador: Jair Ventura

Time base: Mailson, Patric, Iago Maidana, Adryelson e Sander; Ricardinho , Ronaldo, Jonathan Gomez e Thiago Neves; Leandro Barcia e Hernane.

Destaques do time: Mailson, Adryelson e Hernane

Temporada 2020 até o momento: A temporada de 2020 tem sido muito ruim para o Sport até o momento. O técnico Guto Ferreira foi demitido do clube após a eliminação na primeira fase da Copa do Brasil para o Brusque. Na Copa do Nordeste o time foi eliminado nas quartas de final para o Fortaleza. Mas é no campeonato pernambucano que reside o maior vexame do Sport até o momento. Eliminado na primeira fase, o time garantiu a permanência na primeira divisão após disputar um quadrangular para evitar o rebaixamento para a segunda divisão estadual.

Breve análise: Com o péssimo retrospecto no ano até o momento, fica muito difícil acreditar que o Sport fará um bom campeonato. Porém, o time tem bons jogadores como o goleiro Mailson, o zagueiro Adryelson, o meia Jonathan Gomez e o atacante Hernane, que podem ajudar o time a evitar um rebaixamento para a Série B.

Palpite COXAnautas: Luta contra o rebaixamento


São Paulo



Posição no Brasileirão 2019: 6º colocação

Principais Contratações: Não fez contratações até o momento

Treinador: Fernando Diniz

Time base: Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Igor Gomes, Daniel Alves e Vitor Bueno; Pablo e Brenner.

Destaques do time: Tiago Volpi, Daniel Alves e Pablo.

Temporada 2020 até o momento: A torcida anda muito insatisfeita com o rendimento do São Paulo neste momento. Eliminado do Campeonato Paulista pelo modesto Mirassol, o São Paulo sobre com forte pressão da organizado do clube, que pede a saída do técnico Fernando Diniz, além de jogadores e diretores. Na Libertadores, o time tem uma vitória e uma derrota em dois jogos.

Breve análise: Apesar do momento ruim o São Paulo tem bons jogadores e condições de brigar novamente por uma vaga na Libertadores. A incógnita é a permanência do técnico Fernando Diniz, que sofre com a pressão dos torcedores. Como ainda não contratou em 2020, a tendência é que o São Paulo vá ao mercado e busque reforçar o time. A esperança também que o experiente Daniel Alves, agora adaptado ao futebol brasileiro, consiga jogar um futebol melhor do que mostrou o ano passado.

Palpite COXAnautas: Briga por Libertadores


Vasco



Posição no Brasileirão 2019: 12º colocação

Principais Contratações: Martin Benitez (Meia), German Cano (Atacante), Guilherme Parede (Atacante), Leonardo Gil (Volante)

Treinador:

Time base: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Ricardo Graça, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Felipe Bastos e Martin Benitez; Igor Catatau, Talles Magno e German Cano.

Destaques do time: Yago Pikachu, Talles Magno e German Cano

Temporada 2020 até o momento: Apesar de estar longe de mostrar um futebol que encante o seu torcedor, o Vasco vem até agora fazendo um bom início de ano. Tirando a eliminação no campeonato carioca, o Vasco passou para a segunda fase da Copa Sulamericana ao vencer o Oriente Petrolero, e para a terceira fase da Copa do Brasil, onde enfrenta o Goiás em busca de uma vaga na próxima fase.

Breve análise: Sem dinheiro para grandes contratações, o time vascaíno aposta na sua dupla de ataque, Talles Magno e German Cano, para fazer uma boa campanha no campeonato brasileiro. A dupla de zaga é outra ponte forte do time do técnico Ramon Menezes. Porém, o time tem algumas carências como na lateral esquerda e na meia-cancha. Se não perder Talles Magno na janela do meio do ano, o Vasco poderá fazer um campeonato sem sustos, buscando uma vaga na Sulamericana.

Palpite COXAnautas: Vaga na Sulamericana

Debate

  • "Só a Vitória interessa , nosso campeonato é contra : Bahia, Fortaleza , Poodles Go , Ceara , Bragantino , mais uns 2 ou 3 , portanto ainda da. Eu acredito.
    PS . Fora essa mula do Samir ."

    Sergio E. Guimaraes | 10/10, 15h42 | Móvel

  • "Tempos sombrios... nada de novo.

    Uma vergonha atras de outra. Até quando? Até termos uma diretoria competente, influente e atuante. E mais um tempo até montar um time...
    Espero que dê tempo de não cair.

    SAV."

    Erodes B. | 10/08, 09h38

  • "45 pontos é a meta! O que passar disso é lucro!"

    Rafael F. | 07/08, 19h58 | Móvel

  • "Vendo as contratações dos outros times, não temos a menor chance."

    Daniel C. | 07/08, 18h37 | Móvel

  • "Só espero não sermos o saco de pancada do campeonato."

    Tiago B. | 07/08, 18h31 | Móvel

  • Ver todos os comentários (65)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Classificação Brasileiro

Internacional 35
Flamengo 35
Atlético-MG 32
Fluminense 29
São Paulo 27
Santos 27
Palmeiras 25
Fortaleza 24
Grêmio 24
10º Ceará 22
11º Atlético-GO 22
12º Sport 21
13º Corinthians 21
14º Bahia 19
15º Bragantino 19
16º Botafogo 19
17º Vasco 18
18º A.Paranaense 16
19º Coritiba 16
20º Goiás 11

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Jayme G. 154 pts.
Bruno O. 140 pts.
CARLOS CARLOS 136 pts.
Luiza Emanuela Oliveira 136 pts.
Eden Leão 132 pts.
Rupson F. 132 pts.
Rafael Minoli 129 pts.
Anderson85 Anderson85 127 pts.
Selma R. 127 pts.
10º cleverson k. 124 pts.
11º Marcos Kuff 124 pts.
12º Ricardo Honorio 124 pts.
13º Persio F. 121 pts.
14º Walber Gonçalves de Queiroz 120 pts.
Valdir T. 120 pts.
16º Giovanne Smaniotto 119 pts.
j. miranda 119 pts.
18º Álvaro M. 119 pts.
19º Sanjiro J. 118 pts.
20º Adriano Leal 116 pts.
21º Marco Ferreira 116 pts.
22º Ezequiel B. 115 pts.
23º Tiago Z. 115 pts.
24º Evaldo Maciel 114 pts.
25º Waldir J. 113 pts.
Adilson P. 113 pts.
27º MARCELO ARAUJO 113 pts.
28º Johnny F. 112 pts.
Ailton Batista Vieira Filho 112 pts.
30º Dorvalino J. 112 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 



COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet