COXAnautas - Coritiba Eternamente

12/02, 20h36 | Arquibancada | Sergio Brandão

Foot Ball Club

Vai do ódio ao amor, da diversão à obrigação. Para muitos está acima de tudo e de todos. Para uma minoria é trabalho.

Está entre as coisas mais importante das menos importantes, como dizem por aí. E para outros é simplesmente a mais importante e ponto.

Dinheiro, milhões, vaidade, interesses, projeção, inveja, ciúmes, amor, paixão, alegria, tristeza... são alguns dos adjetivos que mexem com quem vive dele de alguma forma. Sentimentos que definem o que já foi a maior diversão do brasileiro. De uma época que era vergonhoso admitir que não gostava de futebol. Que ainda em Copa do Mundo, junta todos em torno dele. Que ainda faz parar o país inteiro.

Num Brasil de memoráveis domingos de futebol, tendo ele como o maior programa da família no fim de semana. De encontros marcados em algum estádio pelo país. Rituais que duraram anos e que ainda são seguidos por uma grande multidão. Futebol de domingos históricos.

Ainda que o futebol não seja mais o jogado como gostaríamos, daqueles clássicos memoráveis que foi para a história e a gente estava lá e viu.

Daquele futebol romântico, que se vestiu de terno e gravata na arquibancada, ornando com suas chuteiras discretas que pisavam na grama verde, palco do desejo de muitos.

Que agora se rende ao colorido dos uniformes na arquibancada e no gramado. Só para combinar com as chuteiras espalhafatosas, com os cabelos ousados, com gestos polêmicos na comemoração de gols, que andam cada vez mais raros. Na verdade, rara está a qualidade do pé que toca a bola para dentro do gol.


Mesmo assim, ainda é vida e morte numa semana que começa e termina com ele. Que apesar de tudo, ainda é a coisa mais importante de todas. Que emociona, mesmo que esteja cada vez mais pobre.

Nelson Rodrigues e Armando Nogueira e outros cronistas da bola, chegaram bem perto do que melhor se conseguiu dizer sobre ele. Definindo a paixão inexplicável.

Futebol não é esporte. É preciso encontrar uma definição diferente para melhor classificá-lo, se é que posso ajudar com alguma coisa.

Esporte é o primo pobre do futebol. Esporte são estas modalidades que encantam outras multidões, em Olimpíadas. Dos deuses do Olimpo, que também já se renderam ao futebol.

Futebol que ainda se mantém acima dos seus próprios deuses, porque é escrito com d minúsculo. Futebol ainda é festa e que apesar de tudo continua forte em nossos corações.

Que nós Coxas aprendemos a escrever Foot Ball Club, sempre em maiúsculo.

Debate

  • "vai coxa , vamos subir cooxxaaa e depois nunca mais cair ..."

    Giovani P. | 13/02, 20h50

  • "Tomara que o nosso Coritiba volte a ser o Coritiba de outrora."

    Tadeu A. | 13/02, 15h04

  • "Vemos a partir de nossa experiência. Não tenho estatísticas, mas em termos de NFL e NBA o retorno também é considerável, com interesse mundial."

    Mauro S. | 13/02, 10h22 | Móvel

  • "Uma curiosidade, no suposto arbitral da Primeira Liga, foi feito um esboço da competição com 16 clubes. Detalhe.....O Coritiba não está entre os 16. Qual o motivo? Não me parece que a atual direção que não quer perder nada , tenha se negado a participar. O clube foi excluído? É uma retaliação? Esqueceram de Mim?"

    Maurício M. | 13/02, 09h48

    • "Deve ser retaliação mas também respeito aos clubes que participaram na edição anterior. Entrou na lista dos que têm interesse participar e aguardam vaga."

      Mauro S. | 13/02, 10h19 | Móvel

    • "Se o clube desistiu de participar de uma edição, e como a liga é independente, sem regras de acesso ou descenso, é justo excluí-lo! Infelizmente para nós... consequências do período em que o MCP, através do Bacellar, comandou o Coritiba."

      Everton S. | 13/02, 10h33

    • "... aliás, para participar da Primeira Liga, seria necessário investir no elenco; qualificá-lo! Pode ser que o comandante atual, por isso, também desistisse."

      Everton S. | 13/02, 10h35

  • Ver todos os comentários (13)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Sergio Brandão

O Blog

O Autor

Classificação Brasileiro 2018

Fortaleza 19
CSA 15
Avaí 14
Coritiba 14
Vila Nova 13
Figueirense 12
Paysandu 12
Atlético-GO 11
São Bento 11
10º Guarani 10
11º Oeste 9
12º Brasil de Pelotas 8
13º Londrina 8
14º Sampaio Corrêa 7
15º Ponte Preta 7
16º Juventude 7
17º CRB 6
18º Boa Esporte 4
19º Goiás 2
20º Criciúma 1

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Lucas G. 61 pts.
Ademir Carlos p. 55 pts.
Jair Kluska 55 pts.
Arno Ombrellino 54 pts.
Cristian C. 54 pts.
Antonio Alvaredo Filho 54 pts.
Rosemeire V. 53 pts.
JORGE H. 53 pts.
Fernando Taschetto 53 pts.
10º Luiz Alberto Bulgarelli Girão 53 pts.
11º Marcelo G. 52 pts.
12º Luci M. 52 pts.
13º Ricardo L. 51 pts.
14º Raphael Kussumoto 51 pts.
15º Marcelo N. 50 pts.
Rupson F. 50 pts.
17º Aramis Vieira 50 pts.
Alysson Delalibera 50 pts.
19º Valmir Faria 49 pts.
20º Jackson M. Jeranoski 49 pts.
21º Tiago L. 49 pts.
22º CARLOS AUGUSTO B. 48 pts.
José Lima 48 pts.
Walter Carvalho 48 pts.
25º Clairton Cleto 48 pts.
26º Johney S. 48 pts.
27º Fabio C. 47 pts.
28º Edison S. C. 47 pts.
v. j. cruchelski 47 pts.
Marcos José Kuff 47 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

TV COXAnautas

Ainda não tá bom!

Com um "convidado" bem conhecido e especial, falamos da vitória de 1 x 0 contra o Brasil de Pelotas e o que precisa ainda acontecer no Coritiba.

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2018 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet