COXAnautas - Coritiba Eternamente

28/12, 17h50 | Arquibancada | Sergio Brandão

Só sai... ninguém chega!

O empréstimo do Parede para o Internacional, pode dizer muito mais do que perder um atacante para um time igualmente endividado, mas em situação infinitamente melhor que a do Coritiba. Não só pelo calendário que tem pela frente, mas pelo nome e administração profissional que o clube gaúcho conquistou.

Tá certo que Guilherme Parede não é um fora de série e como ele existem muitos por aí. Também acho que apenas é mais uma daquelas crias da casa, que neste caso, chamou atenção porque o grupo a que pertenceu era muito fraco. Provavelmente é o que espera por Guilherme Parede no Internacional: um banco como muitos que deixaram o Coritiba em troca de outros clubes grandes, mas que não passaram da condição de reserva de luxo, mas com o bolso cheio, para começar a pensar no futuro. É o que imagino levarem em conta, como primeira prioridade.

Cansei de ver neste último brasileiro, bancos de fazer inveja, que aqui seriam titulares absolutos e que cairiam como solução, desfilando pela cidade como verdadeiros ídolos.

Muitos lamentam, outros não. Parede com seus poucos gols durante o ano, foi uma exceção em um grupo que fez história no clube, mas negativamente. Por ser um grupo fraco, Parede se sobressaiu.

Disse seu empresário em entrevista, que a proposta oferecida pelo Inter foi irrecusável. “Com tanto dinheiro assim, seria difícil segurar o jogador no Coritiba”, completou o empresário do jogador.

Fico aqui pensando: o que é muito dinheiro para os padrões de Parede e do Coritiba? Certamente não deve ser muito para a média nacional, aliás, deve ser bem abaixo. Mas para os padrões do Coritiba, com certeza é muito dinheiro. Qualquer duzentão tira jogador do Coxa. Até a Chapecoense anda de olho em Wilson e não duvido que seja o próximo a nos deixar.

Estas negociações que não alcançamos mais, que tratam de valores que nosso bolso não banca, apenas nos colocam na nossa real condição de vira-latas, expressão de Nelson Rodrigues e que tenho usado até com alguma frequência por aqui, para classificar a nossa pobreza franciscana, que nossos dirigentes nos meteram. Logo estaremos negociando atleta por cacho de bananas - leva quem quiser.

Guilherme Parede não vai fazer falta? Acho que sim. Salvou o Coritiba ao lado de Wilson, em partidas pobres tecnicamente, mas justamente pela pobreza técnica, tendo mais qualidade que os outros, fez a diferença que agora vai fazer falta. Principalmente neste começo de ano, quando novamente teremos adversários muito fracos, no Regional e na Copa do Brasil.

O receio pelo que vem por aí, cresce cada a cada dia. Sem noticias de contratações, o silêncio mais parece estratégia para não causar impacto negativo. Seja lá qual for a qualidade do que trarão para este começo de temporada, já começam errado. Porque já sabemos que a mesma formula usada no começo de 2018, que não funcionou, pode naufragar no começo de 2019, e que mais uma vez privilegia a aposta na sorte.

Quando as duas competições, Regional e Copa do Brasil já tiverem naufragado, (Deus queira que não), aí sairão atrás de reforços para as diversas posições, mas com o mercado fechado e sem movimento de onde ninguém mais sai de onde está. Porque não temos dinheiro para bancar como Inter, e mais uma vez Samir e sua turma devem apelar para o tapa-buraco que conhecemos bem, com Pablos, Brunos, Abners, Belussos e cia.

Por isso, Parede vai fazer falta, sim.

Debate

  • "Coritiba fez um bom negócio em vender o Parede. Se tivesse subido deveria vender do mesmo jeito, só que conseguiria um valor melhor. O futebol dele é isso aí e não muito mais.

    A saída do Wilson, por mais triste que possa parecer (se de fato acontecer), não é um caos total.

    A Nadja informou no blog que o lateral-direito Felipe Mattioni (avançado), os laterais Arnaldo (Botafogo) e Fabiano (Vitória), o zagueiro Eduardo Brock, os atacantes Rodrigão (Santos) e Wanderley (ex-Flamengo) são nomes que foram procurados pela diretoria. Tudo perfil de ação do PASTANA. Devem ter um SCORE dentro do perfil que o Pastana procura. É um cara inteligente. O ano passado, ele sofreu com o "teto máximo" do Paraná, que não chegava perto dos 46 milhões que o Coritiba dispõe.

    Não fará chover... mas Pastana e VRA são as melhores aquisições por enquanto."

    Gerson Lima | 30/12, 15h53

  • "Concordo Daniel C, mas só ele muito ruim? E essa diretoria do tal de Samir, que acabou apoiada para 2019 por votação majoritária do conselho deliberativo e pelo ex-presidente VRA?

    2019 promete mais sofrimento, infelizmente. Imagino as contratações que, se já fizeram e estão escondendo, serão anunciadas daqui a alguns dias."

    J. Mario | 29/12, 17h24

    • "Espero que aquela aura de herói do VRA tenha acabado após essa traição durante a votação do impeachment do Samir. Bacellar foi um engodo, utilizou do mesmo artifício de penalizar o futebol para salvar a parte financeira, e nos jogou na Segundona. Agora, o Samir conseguiu a proeza de piorar a situação, sendo que esse ano estava relativamente fácil subir, além de nos brindar com material esportivo de segunda categoria, digno de time de suburbana. Quero ver o que vai ser de 2019, sem dinheiro, com o prestígio na lama, com a mesma política de contratar com base no valor do salário, etc."

      Emerson Faria | 30/12, 12h16

  • "Eu vi a maioria dos jogos esse ano e acho o Parede muito ruim. Para estarmos tristes com saída dele, é porque o fim está próximo."

    Daniel C. | 29/12, 15h55 | Móvel

    • "Verdade, Daniel. Poucos foram os gols dele que não foram de canela ou desviados por adversários, morrinho artilheiro, etc. Mas é verdade que o Parede ganhou muita confiança se compararmos o primeiro é ultimo jogos do ano. Difícil de acreditar, mas foi o artilheiro da equipe."

      Thiago G. | 29/12, 23h12 | Móvel

  • Ver todos os comentários (23)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Sergio Brandão

O Blog

O Autor

Classificação Brasileiro 2018

Fortaleza 71
CSA 62
Avaí 61
Goiás 60
Ponte Preta 60
Atlético-GO 59
Vila Nova 57
Londrina 55
Guarani 54
10º Coritiba 52
11º Brasil de Pelotas 50
12º CRB 48
13º São Bento 47
14º Criciúma 47
15º Figueirense 46
16º Oeste 46
17º Paysandu 43
18º Sampaio Corrêa 38
19º Juventude 35
20º Boa Esporte 30

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Alysson Delalibera 269 pts.
Cristian C. 262 pts.
Ademir Carlos p. 260 pts.
Lucas G. 256 pts.
José A. Lima 253 pts.
Sanderson 252 pts.
Aramis Vieira 252 pts.
William Richard R. 251 pts.
Luiza O. 250 pts.
10º Rupson F. 249 pts.
11º E. DE S. L. 248 pts.
12º Luiz Rodriguez 246 pts.
13º Johney S. 244 pts.
Leandro R. 244 pts.
15º Ricardo T. 243 pts.
16º O. Yossafat 242 pts.
17º Claudio S. 239 pts.
18º Fernando Taschetto 237 pts.
19º André Abreu Dittrich 237 pts.
20º CARLOS AUGUSTO B. 236 pts.
21º Hedy G. 235 pts.
22º Marcos José Kuff 235 pts.
23º M. Castilho 235 pts.
24º André R. 233 pts.
25º Amilton Cesar 233 pts.
26º Bruno H. 232 pts.
27º Mauro S. 231 pts.
28º j. miranda 231 pts.
29º jorge luiz lopes 231 pts.
30º Luis Henrique R. 230 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet