COXAnautas - Coritiba Eternamente

02/01, 09h56 | Arquibancada | Sergio Brandão

Acima de tudo... a democracia!

Socialistas, progressistas, comunistas ou tantos outros “ istas” que usam por aí, não me dizem absolutamente quase nada.

Fernando Henrique Cardoso foi exilado como Serra, Brizola e outros tantos inimigos de Lula que, por sua vez são adversários na história recente do país. Vai entender, não é? Mas é preciso entender, sim... para não sair por aí dizendo bobagens e ser visto como um desinformado.

Somos um país sem ideologia. Aliás, muitos nem sabem o que é ideologia.

Começa por Bolsonaro que diz que seu governo “começa a limpeza de um país socialista” - isso é uma grande idiotice. Uma conversa populista que confirma o que sempre pensei a respeito dele e que com isso faz a mesma política que diz combater.

Sou socialista, se preciso escolher um destes nomes que classificam nossas preferências. É no socialismo que julgo estar a justiça. Mas também foi nele onde aprendi que nunca fomos socialistas e nem seremos tão cedo. Como também sei que nunca seremos progressistas e nunca um país comunista. Somos um país refém de uma política sem partido, sem ideologia, feito de interesses pessoais, com raríssimas exceções.

Se te interessa saber, se me dessem dois lados, para escolher, seria antes um comunista do que um progressista bolsonariano. O comunismo é pelo menos mais humano. Mas a desinformação ainda é tanta que falam de comunismo como se fosse um xingamento, uma ofensa. Aqui é palavrão.

Fui filiado e fundador do PT no Paraná e ainda defendo as mesmas convicções que empunhei no final dos anos 70, começo dos anos 80. Pena, nada daquilo vingou. O PT errou, também roubou como todos os outros anteriores, propondo o mesmo jogo, só para chegar ao poder.

Não acredito na inocência de Lula, não gosto de Gleisi Hofmann, não votei em Dilma. Sou socialista, que também não é Serra, nem FHC, Aécio e todos estes “mitos” da política nacional.

Faço parte do grande grupo de 45% de brasileiros que não votou em Bolsonaro. Não faço da política uma arquibancada de futebol. Não tenho torcida na política, se é que preciso ser ainda mais claro.

Na política não há vencedores, há maioria. E como não me envolvo passionalmente, não tenho nenhum problema de lidar com as derrotas.

Continuo com minhas convicções, até que alguém me convença do contrário. Mas se vier, que venha com argumentos.

À torcida Coxa que ataca Samir misturando futebol com ideologia política, considero um grave erro. Ser contra Samir por conta de sua errada administração no comando do clube, concordo e também apoio. Chamar Samir de comunista é errado. Samir é socialista, se te interessa saber. Se na verdade ainda é filiado ao PSOL, como ele mesmo anunciou há um ano.

Por que tudo isso? Uma satisfação aos meus amigos aqui do site COXAnautas, que me cobram uma posição sobre o tema. Aos que não contentes em me cobrar por aqui, agora me escrevem longos e-mails cobrando uma posição política. Para não responder isoladamente, aqui está minha posição clara e limpa.

Aos que dizem que aqui não é lugar de debate político, acho que não é bem assim. É preciso discutir política partidária para nos tornarmos um país mais e melhor politizado, para não sair por aí dizendo bobagens.

Desde que o debate seja civilizado, não vejo porque não debater em momentos como o de agora , por exemplo.

Amigos Andre A , J. Mario e outros que agora não lembro o nome, aqui está a minha posição.

Saudações alviverdes, democraticamente falando!

Debate

  • ""Nem uma palavra sua vai fazer eu pensar como você. Nossas realidades são diferentes, a única coisa em comum entre nós é o time que torcemos. Não me interesso e para minha realidade não preciso saber o que é BRICs. Tenho outras inúmeras formas de saber se um governo é bom para min, mas digo formas reais e não esses termos que no final das contas não dizem nada.""

    Roberto A. | 03/01, 23h40

  • "E pensar que um dia eu elogiei o Sérgio, que fiasco. A cada dia que passa fica mais evidente que o site Coxanautas não desgrudou nem um segundo da aba do ARROMBADO do Samir, fiel escudeiro. Poucas pessoas entenderam desde o começo de 2018 o que estava por vir, uma delas foi o Andre A. que sempre manteve sua opinião e como poucos, conseguiu visualizar o futuro NEGRO do CORITIBA."

    Roberto A. | 03/01, 23h39

  • "Parabéns pela atitude, Sérgio. Acho que estamos vivendo um desconhecimento muito grande das possibilidades políticas e tua posição - ainda que não seja a minha - ajuda muito a refletirmos sobre isso.

    Afinal, tudo que a parcela que está hoje no poder não gosta ela taxa de Lulista ou comunista. Chegam a falar, paradoxalmente, em "estado comunista", sendo que o comunismo ortodoxo pressupõe a extinção do Estado: não pode haver um Estado comunista para o comunismo. Um dos argumentos típicos ilógicos é dizer que o comunismo não funcionou em país nenhum (o que é funcionar? nesse sentidos abrangentes o que funcionou foi o feudalismo - 1000 anos funcionando!), sendo que se é para entender comunismo em sentido abrangente e distorcido, como país com estatais relevantes e alta taxa de impostos, então os países nórdicos - tidos como melhores do mundo - seriam comunistas (o que é um absurdo e o exemplo é justamente para mostrar a que ponto essa visão ilógica pode chegar). Outro argumento ridículo é dizer que no comunismo não haveria propriedade privada - sendo que o comunismo ortodoxo é a ausência de propriedade dos meios de produção, mas apartamento, carro importado, roupa de grife, iphone(!!), cobertura na praia em Guarujá (kkkkk), tudo que é propriedade particular nunca foi alvo de comentários de Marx - propriedade privada nunca importou para ele, pode ter e fazer o que quiser com ela, o problema é a propriedade dos meios de produção.

    Essa parcela que assim argumenta ignora que em vários aspectos o Bolsonarismo está mais perto do Chavismo (ao qual já elogiou!) e do Lenismo (inclusive Lenin tem livros criticando os esquerdistas, pasmemos!) do que o desastroso Lulismo - que nada tem de comunista ortodoxo. Por exemplo, o que há de comunismo em sua primeira medida ser aumentar a taxa básica de juros e eleger uma política econômica de união - a custo de miolionários empréstimos subsidiados do BNDES no típico movimento de Robin Hood invertido - com os mais poderosos detentores dos meios de produção como JBS, Camargo Correga, Ambev, Oi, Vale, Odebrecht, Itaú, etc - só para sustentar os lucros escusos destes e o projeto de poder daqueles?

    Mas o ponto central que quero comentar é que essa polarização só serve aos propósitos do Lula e do Bolsonaro. Ao reduzir tudo a essas duas cores, ignoramos outras mil possibilidades políticas que ficam esquecidas, como o distributismo (corrente política a qual sou muito simpático - apesar do uso que integralistas fizeram dela), o orto-liberalismo, os anarquismos de dos diversos espectros (dos anarco-comunistas aos anarco-capitalistas), os libertários em correntes como a de John Rawls ou a de Robert Noviziack (outra corrente pela qual tenho apreço), a social-democracia, o ambientalismo, o laborismo, os socialismos não marxistas (que inclusive podem ter base meritocrática) e por aí vai. Todas essas possibilidades se reduzem somente a ser Lula ou Bolsonaro - triste de nós que transformamos a política em futebol de fanáticos. Dessa aproximação, vejo todo sentido a tua coluna tratar de temas políticas - ainda mais quando provocado a isso. Novamente, parabéns pela coragem."

    Alysson A. | 03/01, 16h47

  • "Grande Sérgio...sei de sua boa vontade politica embora discorde dela...kkkk.. mas o socialismo, primeiro passo pra um utópico comunismo, nunca foi humano e sim desumano, pois é ele causa de milhões de mortes ocorridas por motivação politica no mundo...abraços...."

    Sandro S. | 03/01, 15h35

  • "uma melancia ou um poste não iria roubar o país"

    G. do Carmo | 03/01, 10h41

  • Ver todos os comentários (101)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Sergio Brandão

O Blog

Sou jornalista há mais de 30 anos. A profissão e a condição de torcedor, me fizeram aprender a policiar posições quando escrevo para tv ou rádio. Isso me desenvolveu muito o lado crítico. Costumo dizer que futebol é uma coisa e esporte é outra, bem diferente. Basicamente porque o futebol se transformou num produto da mídia e envolve muito dinheiro. O esporte amador, não. Sem dinheiro ele apenas sobrevive. É o caminho que o vôlei começou a tomar, por exemplo, mas ainda passa longe de ser o sucesso que é o futebol. Gosto de escrever sobre os dois: esporte e futebol. Jornalismo é minha profissão, o Coritiba minha paixão. Será um prazer estar aqui com vocês falando sobre tudo isso.

O Autor

O Coritiba está na minha alma, muito mais até que no coração. Aprendi a gostar de futebol assim, de alma e também de coração. Sou do tempo do Belfort Duarte, hoje Couto Pereira. Isso foi no início dos anos 60. De lá nunca mais saí. Na década de 70, o Coritiba me conquista definitivamente, quando montou times inesquecíveis, várias vezes campeão. Período que passei a frequentar programas de rádio para tentar ficar o mais próximo que podia do futebol. Foi a época de Dirceu Graeser, no famoso"Viva o Futebol", na Rádio Clube, depois Rádio Cruzeiro. Foi o meu começo nos meios de comunicação. Vivo do jornalismo há mais de 30 anos, dedicados ao Rádio e principalmente televisão. Hoje sou muito mais da arquibancada. Sou mais torcedor e menos jornalista, principalmente quando o assunto é Coritiba.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 19
Botafogo-SP 16
Londrina 16
Ponte Preta 15
Sport 15
Atlético-GO 14
Paraná 13
Figueirense 13
Coritiba 12
10º Oeste 11
11º CRB 10
12º Vila Nova 10
13º Brasil de Pelotas 9
14º Criciúma 9
15º Cuiabá 8
16º São Bento 7
17º Operário 7
18º América-MG 5
19º Guarani 5
20º Vitória 4

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Hedy G. 80 pts.
Ido M. F. 78 pts.
Antonio Alvaredo Filho 76 pts.
Marcelo Carneiro 74 pts.
Leandro R. 73 pts.
Leonel S. 72 pts.
Dorvalino J. 72 pts.
Alysson Delalibera 70 pts.
Sanderson 70 pts.
Jose R. 70 pts.
Luis Henrique R. 70 pts.
12º Valdir T. 69 pts.
13º João L. 68 pts.
14º Vinicios A. 67 pts.
Aramis Vieira 67 pts.
Wellingtton Wellingtton 67 pts.
L. Comeli 67 pts.
18º Walber Gonçalves de Queiroz 66 pts.
19º Jobson Emanoel 65 pts.
20º Andre T. 65 pts.
Johney S. 65 pts.
22º Valdir 64 pts.
23º Juarez Mocelin 64 pts.
24º Johnny F. 63 pts.
25º Jose Carlos R. 63 pts.
26º Daniel G. 63 pts.
27º Ricardo Honorio 63 pts.
28º C. Nunes 62 pts.
29º andre a. 62 pts.
30º Ézio Ricardo 61 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Hedy G.
2º Ido M. F.
3º Antonio Alvaredo Filho
4º Marcelo Carneiro
5º Leandro R.

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet