COXAnautas - Coritiba Eternamente

27/02, 15h41 | Arquibancada | Sergio Brandão

Agora a coisa vai...

Umberto Louzer não é o primeiro a chegar por aqui com a mesma conversa de que "precisamos ser proragonistas". Disso sabemos e é aí onde mora o nosso principal problema : precisamos ser, um dia fomos mas não conseguimos mais alcancar este protagonismo.

A mesma conversa de Eduardo Batista e de Argel. A conversa de se sentir honrado em trabalhar no Coritiba, servia quando nos dávamos ao luxo de escolher TREINADOR, agora não. Vem os de segunda ou até terceira linha e mesmo assim chegam laçados, em alguns casos até sabendo que seus dias por aqui serão curtos.

Macaco velho, assina contrato longo, pelo menos até o final da temporada. Sem ambiente, o namoro se desfaz e será mais um a se somar aos demais, brigando pelos seus direitos milionários na justiça do trabalho, fechando mais um ciclo vicioso que no Coritiba nao tem fim. Os erros se repetem e o clube já não suporta mais tamanha incompetência.

Hoje depende de uma série de circunstâncias. Como tudo no Coritiba, nos últimos anos, tudo vira aposta. Porque não há mais nada a fazer a não ser contar com a sorte. Foi o que nos restou. Prevalece a máxima "o corpo paga quando a cabeça não pensa".

De jogadores encostados a treinadores desprestigiados, procuram no Coritiba uma vida nova e nós sem opções aceitamos e até oferecemos espaço a esta gente. Não é o caso de Louzer que até estava empregado, mas viu no Coritiba o que aqui nao existe mais: projeção, prestigio e glamour.

É de apostas, até absurdas que temos vivido, como trazer Pablo, por exemplo, o artilheiro sem gols. Como foi com a renovação com Argel, e outros absurdos injustificáveis. E deve ser assim com todos estes novos recém contratados, com exceção de Rodrigão, Sávio mais um ou outro.

Nosso nível de exigência tá tão baixo, que os atletas que seriam banco em outros tempos, hoje ostentam o status de titular absokuto e até de craque.

Um dia após a bomba colocada no ar pela editoria do site COXANAUTAS, quando se esperava uma retratação ou contestação ou explicações, Samir convoca a imprensa para sutilmente anunciar o " fim do clube". Sim, foi pelo menos o que entendi na matéria publicada na edição de hoje da Tribuna do Paraná.

A proposta, segundo ele próprio, que seria de ajuste financeiro, naufragou. Hoje o clube deve mais do que quando este G5 assumiu. No entanto, seguem com as mesmas decisõe, sem mudança, sem uma postura de choque, a não ser contratar um profissional da área de marqueting, que já trabalha para vender a marca Coritiba Foot Ball Club.

Me digam senhores, que grande investidor, que tenha a necessidade de anunciar a sua marca, usará o nome Coritiba como caminho? Quem sabe a Loja do Pedro, o mercadinho do seu Orlando, ali do Sítio Cercado? Dinheiro que não paga a tia do cafezinho. Mesmo que pipoquem com logos de anunciantes pelo uniforme todo, como fazem os clubes pequenos, não pagam a folha administrativa do clube. Grande investidor não colocará a sua marca no iniforme do Coritiba.

Venho responsabilizando todos os últimos presidentes, mas Samir é o cara da tampa do caixão.

Debate

  • "Se vai dar certo eu não sei. Mas ele é o primeiro treinador não retranqueiro do Coritiba nesses últimos anos."

    Thiago C. | 28/02, 20h14 | Móvel

  • "Na assinatura do contrato já tem um texto do treinador para a imprensa, tipo operador de Call center."

    Amilton Cesar | 28/02, 20h06 | Móvel

  • "Quem lê meus comentários sabe que tenho dito isto desde o início do ano passado, que essa diretoria seu planejamento de austeridade só nos levaria ao abismo, contratações baratas e sem critério técnico de REFUGOS encostados em algum clube que precisava de algum trouxa para pagar o salário, eis que acharam o trouxa, SAMIR NAMUR, o nosso presidente, aquele que só fala das administrações anteriores, contratações pontuais, pagamento de dívidas, ( que por sinal está AUMENTANDO), o mesmo que que despachou a ADIDAS e trouxe uma confecçãozinha de fundo de quintal lá no CEARÁ, com qualidade duvidosa e que teve até que contar com a VAQUINHA DA IMPÉRIO para pagar o funcionários da loja, aquele presidente que perdeu um titulo para o time C do maio rival, aquele que NÃO SUBIU, aquele que foi ELIMINADO PELO URT que não ganhava desde AGOSTO DE 2018 e que acumulou PREJUÍZO FINANCEIRO CATASTRÓFICO aos cofres do clube, aquele que perdeu uma taça para o TOLEDO.

    Eu com meus 44 anos estava acostumado a ver times como Corinthians e Flamengo virem aqui na retranca para perder de pouco e agora nem o TOLEDO nos respeita mais.

    SENHOR PRESIDENTE SAMIR NAMUR, TENHA VERGONHA NA CARA E RENUNCIE, SE VOCÊ FOR COXA COMO DIZ QUE É, SEJA HUMILDE E ENTREGUE PARA QUEM CONHECE DA ARTE!!!!!!!

    SAV"

    WELINGTON G. | 28/02, 16h16

  • "A situação do nosso coxa se resume em uma só palavra: DESANIMADORA!!!!!"

    Antonio I. | 28/02, 15h00

  • ""O que levou VRA a tomar aquela atitude no final do ano????

    Qual foi o "fator motivador" ????""

    Marcos B. | 28/02, 12h51

  • Ver todos os comentários (44)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Sergio Brandão

O Blog

Sou jornalista há mais de 30 anos. A profissão e a condição de torcedor, me fizeram aprender a policiar posições quando escrevo para tv ou rádio. Isso me desenvolveu muito o lado crítico. Costumo dizer que futebol é uma coisa e esporte é outra, bem diferente. Basicamente porque o futebol se transformou num produto da mídia e envolve muito dinheiro. O esporte amador, não. Sem dinheiro ele apenas sobrevive. É o caminho que o vôlei começou a tomar, por exemplo, mas ainda passa longe de ser o sucesso que é o futebol. Gosto de escrever sobre os dois: esporte e futebol. Jornalismo é minha profissão, o Coritiba minha paixão. Será um prazer estar aqui com vocês falando sobre tudo isso.

O Autor

O Coritiba está na minha alma, muito mais até que no coração. Aprendi a gostar de futebol assim, de alma e também de coração. Sou do tempo do Belfort Duarte, hoje Couto Pereira. Isso foi no início dos anos 60. De lá nunca mais saí. Na década de 70, o Coritiba me conquista definitivamente, quando montou times inesquecíveis, várias vezes campeão. Período que passei a frequentar programas de rádio para tentar ficar o mais próximo que podia do futebol. Foi a época de Dirceu Graeser, no famoso"Viva o Futebol", na Rádio Clube, depois Rádio Cruzeiro. Foi o meu começo nos meios de comunicação. Vivo do jornalismo há mais de 30 anos, dedicados ao Rádio e principalmente televisão. Hoje sou muito mais da arquibancada. Sou mais torcedor e menos jornalista, principalmente quando o assunto é Coritiba.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 19
Botafogo-SP 16
Londrina 16
Ponte Preta 15
Sport 15
Atlético-GO 14
Paraná 13
Figueirense 13
Coritiba 12
10º Oeste 11
11º CRB 10
12º Vila Nova 10
13º Brasil de Pelotas 9
14º Criciúma 9
15º Cuiabá 8
16º São Bento 7
17º Operário 7
18º América-MG 5
19º Guarani 5
20º Vitória 4

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Hedy G. 80 pts.
Ido M. F. 78 pts.
Antonio Alvaredo Filho 76 pts.
Marcelo Carneiro 74 pts.
Leandro R. 73 pts.
Leonel S. 72 pts.
Dorvalino J. 72 pts.
Alysson Delalibera 70 pts.
Sanderson 70 pts.
Jose R. 70 pts.
Luis Henrique R. 70 pts.
12º Valdir T. 69 pts.
13º João L. 68 pts.
14º Vinicios A. 67 pts.
Aramis Vieira 67 pts.
Wellingtton Wellingtton 67 pts.
L. Comeli 67 pts.
18º Walber Gonçalves de Queiroz 66 pts.
19º Jobson Emanoel 65 pts.
20º Andre T. 65 pts.
Johney S. 65 pts.
22º Valdir 64 pts.
23º Juarez Mocelin 64 pts.
24º Johnny F. 63 pts.
25º Jose Carlos R. 63 pts.
26º Daniel G. 63 pts.
27º Ricardo Honorio 63 pts.
28º C. Nunes 62 pts.
29º andre a. 62 pts.
30º Ézio Ricardo 61 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Hedy G.
2º Ido M. F.
3º Antonio Alvaredo Filho
4º Marcelo Carneiro
5º Leandro R.

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet