COXAnautas - Coritiba Eternamente

04/07, 14h24 | Arquibancada | Sergio Brandão

E agora, vai?

Não há como pelo menos esperar por algo novo, mesmo que nada de novo tenha acontecido. Desta vez, fora de casa, em Criciúma, pela enésima vez, fica pelo menos a pontinha do “agora vai”.

Aqui ninguém é bobo. Pelo contrário, todos reunimos uma boa rodagem por estes caminhos pelo qual o Coritiba tem andado. Por tanto, não sobra ilusão para este recomeço. Sobra, isso, sim, a vontade de ver uma reação, mas por enquanto só vontade. Que seja inexplicável, mas que o Coritiba faça finalmente o caminho do G4, a partir de agora, nesta partida de terça, fora de casa, no interior catarinense.

Sentimento concedido ao torcedor, mas que não pode ser de dirigentes, como fizeram neste período, Pastana e Samir, numa somatória de bobagens que nem o mais fanático torcedor foi capaz de acreditar que viveremos novos tempos no Alto da Glória. Pior que isso será trazer um bom resultado de Criciúma e novamente ter que ouvir o ufanismo diretivo de Sanir e seus comandados.

No meu caso e de muitos daqui, será preciso um conjunto de combinações para que o sentimento positivo predomine. Além de um bom resultado em Criciúma, será importante ser convincente, com alguma qualidade técnica tática que justifique os 30 dias de treinos.

Também será preciso Louzer não errar em suas escalações e nas trocas, se necessárias. Sem querer entrar no mérito, e fugindo da situação de ter que colocar alguns atletas na cruz, mas o retorno de alguns, principalmente os provenientes do departamento médico, parece que é chegada a hora de dizer finalmente a que veio.

Mais que isso: gostaria de ver um time arrumado dentro de campo, jogando para Rafinha e Rodrigão -por enquanto os dois únicos nomes que podem acender esta luz de esperança na briga pelo G4.

Não é possível que em um mês não tenham treinado uma, duas ou até três jogadas que coloquem estes dois atletas em melhores condições de trabalhar com mais qualidade, ou pelo menos com a qualidade que sabemos que os dois possuem.

Rogo por peças de xadrez melhor ajeitadas dentro de campo. Como por exemplo, Giovanni definitivamente como volante um pouco mais adiantado, de Vitor Carvalho esquentando banco e outros mais até fora do grupo ou com muito boa vontade também no banco.

Definitivamente o Coritiba ainda anda tendo mais sorte que juízo. Anda abusando da sorte. Esta parada pode ter sido providencial para todos, mas ao Coritiba ainda mais porque é ou deveria ser o grande nome desta série B. Se alguém tem compromisso com o sucesso, entre os 20 participantes, o Coxa é o que deve ser cobrado.

A parada foi providencial sim, mas infelizmente as notícias vindas do CT, não são animadoras, a não ser que em treinos secretos, o treinador tenha achado o X da questão e Louzer nos dê finalmente um time para torcer, mesmo que a qualidade do conjunto não seja lá estas coisas.

Fica mesmo a esperança de acreditar no milagre da multiplicação ou da transformação de um cabeça de bagre, numa bela pescada.

Debate

  • "Os Sócios precisam aprender a votar. Quem votou no Bacelar e depois no Samir, por favor quando acabar a contagem regressiva fique em casa no dia da votação. Só isso."

    Marcelo Cesar | 08/07, 12h21 | Móvel

  • "Que pena que vai voltar a série B. Poderiamos ter uma folga desse time horroroso e só voltar a ter jogo em 2020."

    Adriano A. | 08/07, 08h53

  • "Oremos!!!"

    R. L. Zanetti | 08/07, 08h51

  • "Gostaria de sugerir ao site fazer um convite/convocação ao Senhor Vilson Ribeiro de Andrade para vir numa entrevista dar explicações e ser indagado pelos entrevistadores se ele está satisfeito com a cagada que fez no final do ano passado convencendo os 80 conselheiros omissos a permanecerem com o Samir. E também, quanto R$ rolou por baixo dos panos para manter este famigerado G5. Ainda, quanto cada empresário ganha para manter seus tiriças protegidos obrigando a serem escalados em detrimento de um clube centenário da grandeza do COXA. Quem estiver a favor desta ideia que dê o seu like, ali na mãozinha. Com a palavra os mantenedores do site."

    Carlos M. | 08/07, 08h27

    • "Vou propor, Carlos."

      Sérgio Brandão | 08/07, 08h40 | Móvel

    • "Lógico que eu também queria que essa gestão saísse, porém,
      eu fico pensando, se tivesse ocorrido o impeachment, quem entraria no lugar? Teria alguém disponível para aceitar?"

      Mario E. J. | 08/07, 09h33

    • "Muito Obrigado Sr. Sergio, a nação alvi verde espera ansiosa."

      Carlos M. | 08/07, 10h00

  • Ver todos os comentários (29)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Sergio Brandão

O Blog

Sou jornalista há mais de 30 anos. A profissão e a condição de torcedor, me fizeram aprender a policiar posições quando escrevo para tv ou rádio. Isso me desenvolveu muito o lado crítico. Costumo dizer que futebol é uma coisa e esporte é outra, bem diferente. Basicamente porque o futebol se transformou num produto da mídia e envolve muito dinheiro. O esporte amador, não. Sem dinheiro ele apenas sobrevive. É o caminho que o vôlei começou a tomar, por exemplo, mas ainda passa longe de ser o sucesso que é o futebol. Gosto de escrever sobre os dois: esporte e futebol. Jornalismo é minha profissão, o Coritiba minha paixão. Será um prazer estar aqui com vocês falando sobre tudo isso.

O Autor

O Coritiba está na minha alma, muito mais até que no coração. Aprendi a gostar de futebol assim, de alma e também de coração. Sou do tempo do Belfort Duarte, hoje Couto Pereira. Isso foi no início dos anos 60. De lá nunca mais saí. Na década de 70, o Coritiba me conquista definitivamente, quando montou times inesquecíveis, várias vezes campeão. Período que passei a frequentar programas de rádio para tentar ficar o mais próximo que podia do futebol. Foi a época de Dirceu Graeser, no famoso"Viva o Futebol", na Rádio Clube, depois Rádio Cruzeiro. Foi o meu começo nos meios de comunicação. Vivo do jornalismo há mais de 30 anos, dedicados ao Rádio e principalmente televisão. Hoje sou muito mais da arquibancada. Sou mais torcedor e menos jornalista, principalmente quando o assunto é Coritiba.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 42
Atlético-GO 38
Sport 38
Operário 35
Coritiba 34
CRB 33
Paraná 33
Botafogo-SP 32
Cuiabá 32
10º Ponte Preta 31
11º América-MG 29
12º Londrina 28
13º Brasil de Pelotas 28
14º Oeste 26
15º Vitória 24
16º Vila Nova 24
17º Criciúma 23
18º Guarani 22
19º Figueirense 22
20º São Bento 20

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

andre a. 180 pts.
Rupson F. 178 pts.
Leandro R. 173 pts.
Leonel S. 171 pts.
Marcelo Carneiro 171 pts.
Wellingtton Wellingtton 170 pts.
CARLOS AUGUSTO B. 166 pts.
Marcelo luczyszyn 165 pts.
Rui Valente 164 pts.
10º Ricardo Honorio 162 pts.
11º Ido M. F. 160 pts.
12º Hedy G. 159 pts.
13º Julio C. R. 158 pts.
14º Juarez Mocelin 157 pts.
15º Marcelo G. 156 pts.
Jose R. 156 pts.
17º Rodrigo P. 156 pts.
Alysson Delalibera 156 pts.
19º Job Grassi 155 pts.
20º L. Comeli 154 pts.
21º Robson R. 153 pts.
22º Gilmar Francisco das Chagas 153 pts.
23º Valdir T. 153 pts.
24º Antonio Alvaredo Filho 152 pts.
25º Admir Rosa 152 pts.
26º Aramis Vieira 150 pts.
27º L. G. Coltro 149 pts.
28º Vitor Guedes 149 pts.
29º Mauro S. 148 pts.
30º Walber Gonçalves de Queiroz 148 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º andre a.
2º Rupson F.
3º Leandro R.
4º Leonel S.
5º Marcelo Carneiro

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet