COXAnautas - Coritiba Eternamente

30/05, 09h55 | Arquibancada | Sergio Brandão

Doação

O volante João Vitor parece ter feito a leitura que muitos ainda não fizeram ou não entenderam: olhar para a Série B de forma diferente.

Olhos de muita doação, em muitos casos, em muitas rodadas, só doação. Uma mistura do que a torcida tem feito, embora ainda sem motivos reais que façam ela acreditar que agora a coisa vai, mesmo na porta do G4, depois de concluída a quinta rodada. É preciso muito mais que casa cheia para chegar lá.

Em entrevista dada por João Vitor, ao site de notícias Tribuna do Paraná, o jogador é claro e bem direto. Diz que o elenco ainda não comprou a ideia de ser protagonista da competição, mas que para isso precisa entender a Segunda Divisão de forma diferente.

Não só Joao Vítor, mas todos nós que acompanhamos futebol, já sabemos há tempos que a segundona tem suas peculiaridades, exigindo um comportamento diferente.

No caso do Coritiba, isso parece ser um problema com origem na direção do clube, precisamente no departamento de futebol que precisa saber vender esta ideia de “doação” aos seus atletas.

Na rodada do jogo em casa, contra o Londrina, o treinador Umberto Louzer já pedia doação, falando da necessidade de colocar a alma naquela partida e nas demais. Não foi o que aconteceu. Naquela rodada vimos um time morto, sem criação, se arrastando em campo.

Mas pelo menos fica a ideia que o tema ainda é debatido internamente. No mínimo ainda deve estar sendo o grito de guerra de Louzer, no dia a dia, na convivência com o grupo, alcançando pelo menos João Vitor.

Não temos um grupo capaz de se sobressair tecnicamente. No máximo, como admite João Vitor, temos time que pode habitar o G4. Precisa e tem condições de ficar entre Bragantino, Botafogo, Sport e Londrina, mas para isso, vai precisar de muito mais do que fez até aqui.

De nada vai adiantar o treinador pedir doação e ser ouvido apenas por João Vitor.

Se até agora só um atleta conseguiu assimilar o que é “doar a alma” numa partida de futebol, vamos precisar de um psicólogo melhor que Louzer para vender a ideia.

Já é um começo o tema “ doação “ ser debatido nos bastidores, porque ainda há tempo de fazer melhor do que estão fazendo, mas é preciso empolgar atletas para depois contagiar a torcida.

Debate

  • "Mais ainda vejo ele andando em campo. Sei lá, Wilson, Rodrigão e Rafinha....o restante é sofrível."

    Maurício M. | 31/05, 22h47 | Móvel

  • "O gente! o dia está hoje hoRIVER"

    CLAUDIO B. | 31/05, 17h11 | Móvel

  • "Se escalar um time com 11, não com 8 como vem acontecendo, penso que os resultados virão ao natural. Com Brey lateral, Sabino na zaga e Salles junto com João Vitor teríamos um time mais coerente ao estilo série B. Dificilmente irão contratar, então o que resta é acertar nas escolhas nas escalações e nas substituições."

    Admir Rosa | 31/05, 04h36 | Móvel

  • "A doação a que ele se refere, entendo como ter raça, para jogadores que não tem técnica, é o mínimo que se deve apresentar"

    Rafael | 30/05, 17h54 | Móvel

  • "Essa semana nao teremos tv coxanautas?"

    Joao Paulo B. | 30/05, 15h42

    • "Depois da rodada de segunda, João."

      Sérgio Brandão | 30/05, 21h44 | Móvel

    • "Obrigado"

      Joao Paulo B. | 31/05, 02h11 | Móvel

  • Ver todos os comentários (21)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Sergio Brandão

O Blog

Sou jornalista há mais de 30 anos. A profissão e a condição de torcedor, me fizeram aprender a policiar posições quando escrevo para tv ou rádio. Isso me desenvolveu muito o lado crítico. Costumo dizer que futebol é uma coisa e esporte é outra, bem diferente. Basicamente porque o futebol se transformou num produto da mídia e envolve muito dinheiro. O esporte amador, não. Sem dinheiro ele apenas sobrevive. É o caminho que o vôlei começou a tomar, por exemplo, mas ainda passa longe de ser o sucesso que é o futebol. Gosto de escrever sobre os dois: esporte e futebol. Jornalismo é minha profissão, o Coritiba minha paixão. Será um prazer estar aqui com vocês falando sobre tudo isso.

O Autor

O Coritiba está na minha alma, muito mais até que no coração. Aprendi a gostar de futebol assim, de alma e também de coração. Sou do tempo do Belfort Duarte, hoje Couto Pereira. Isso foi no início dos anos 60. De lá nunca mais saí. Na década de 70, o Coritiba me conquista definitivamente, quando montou times inesquecíveis, várias vezes campeão. Período que passei a frequentar programas de rádio para tentar ficar o mais próximo que podia do futebol. Foi a época de Dirceu Graeser, no famoso"Viva o Futebol", na Rádio Clube, depois Rádio Cruzeiro. Foi o meu começo nos meios de comunicação. Vivo do jornalismo há mais de 30 anos, dedicados ao Rádio e principalmente televisão. Hoje sou muito mais da arquibancada. Sou mais torcedor e menos jornalista, principalmente quando o assunto é Coritiba.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 19
Botafogo-SP 16
Londrina 16
Ponte Preta 15
Sport 15
Atlético-GO 14
Paraná 13
Figueirense 13
Coritiba 12
10º Oeste 11
11º CRB 10
12º Vila Nova 10
13º Brasil de Pelotas 9
14º Criciúma 9
15º Cuiabá 8
16º São Bento 7
17º Operário 7
18º América-MG 5
19º Guarani 5
20º Vitória 4

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Hedy G. 80 pts.
Ido M. F. 78 pts.
Antonio Alvaredo Filho 76 pts.
Marcelo Carneiro 74 pts.
Leandro R. 73 pts.
Leonel S. 72 pts.
Dorvalino J. 72 pts.
Alysson Delalibera 70 pts.
Sanderson 70 pts.
Jose R. 70 pts.
Luis Henrique R. 70 pts.
12º Valdir T. 69 pts.
13º João L. 68 pts.
14º Vinicios A. 67 pts.
Aramis Vieira 67 pts.
Wellingtton Wellingtton 67 pts.
L. Comeli 67 pts.
18º Walber Gonçalves de Queiroz 66 pts.
19º Jobson Emanoel 65 pts.
20º Andre T. 65 pts.
Johney S. 65 pts.
22º Valdir 64 pts.
23º Juarez Mocelin 64 pts.
24º Johnny F. 63 pts.
25º Jose Carlos R. 63 pts.
26º Daniel G. 63 pts.
27º Ricardo Honorio 63 pts.
28º C. Nunes 62 pts.
29º andre a. 62 pts.
30º Ézio Ricardo 61 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Hedy G.
2º Ido M. F.
3º Antonio Alvaredo Filho
4º Marcelo Carneiro
5º Leandro R.

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet