COXAnautas - Coritiba Eternamente

30 DIAS GRÁTIS DO CAMPEONATO PARANAENSE Em parceria com a DAZN, o site COXAnautas está oferecendo 30 dias gratuitos pra você assistir ao campeonato Paranaense de 2020. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

02/02, 11h09 | Arquibancada | Sergio Brandão

Ícones centenários

Assim como o jornal Gazeta do Povo, que completa 100 anos de existência, que nasceu em 1919, o Coritiba também já teve a oportunidade de contar a sua história centenária. O Coritiba que nasceu antes da notícia, no estado.

Um desafio, eu diria. Falar sobre 100 anos, tendo que escolher seus destaques numa longa história, é tarefa para especialista. Não sei se a gazeta os tem. O Coritiba não teve. Estes especialistas estão por aí, no mercado curitibano ou coritibano, como quiser. Nem coritiba e nem Gazeta conseguiram contar direito o seu centenário. A edição de hoje do jornal, em quase nada lembra a sua história. Quem sabe amanhã, consigam algo digno dos seus 100 anos.

Vilson Ribeiro, então presidente, na época do centenário do Coritiba, anunciou na data, como grande presente à nação alviverde, a obra que era sonho de consumo, que era fechar finalmente a curva da Mauá.

Não só não fechou a Mauá, como não fez o que todos esperavam. Tudo bem, era o que dava para fazer com o dinheiro que tinha. A velha e boa Mauá, ficou com cara de baile de debutantes, numa festa junina - como digo no livro que lancei em outubro, em uma das tantas crônicas ali editadas.

Colocar 100 anos de história numa obra daquelas, foi apequenar o Coritiba. Um clube de futebol, com 100 anos de conquistas, de muita história bonita. Comemorar uma obra daquelas, num contrato que até hoje é motivo de discussão, tá longe de representar o que foi o Coritiba nestes seus 100 anos de vida.

Teria sido melhor, mais próximo e digno dos 100 anos, montar uma seleção do centenário, numa grande promoção, campanhas de marketing, contratações que visassem o projeto de um Coritiba campeão, em busca de um bi-brasileiro, por exemplo. Coisa que certamente trariam mais alegria. Chamar o torcedor mais para perto do Coritiba em numa grande campanha de sócio-torcedor, reerguer o clube, por exemplo.

Mais uma vez decidiram sair pelo caminho político, com mais um enjambre de tapa-buraco, para mal e porcamente levar no bico os mal informados torcedores que estão aí para aplaudir, sem se importar a quem. Sempre comprometidos com gestões que entram e saem e nunca respeitam a prioridade que deveria ser o futuro do clube.
Grupos formados há anos, nos bastidores do Cortitiba, que deu origem a outro grupo, igualmente desprezível: formado pelos que ficaram de fora ou estão de fora da festa, ou que foram convidados a se retirar e que agora preferem mais atrapalhar do que ajudar.

A cada ano de Bacellar, Vilson, Cirino, Gionedis e Samir, o Coritiba parece fazer a contagem regressiva. Dos seus 110 anos de agora, para trás. Na gestão de 3 anos de cada um, décadas de retrocesso. E assim, logo zeramos nossa contagem chegando ao marco zero, chegando de novo em 1909. Outubro daquele ano, quando ilustres cidadãos coritibanos se juntaram para começar esta história.

Assim como a Gazeta do Povo que de um jornal impresso de respeito, durante anos, sobreviveu. Agora conta seus dias como site de notícias, pouco ou quase nada atrativo. Como o Coritiba, que foi sendo remendado, sem se modernizar, sem se importar com o futuro, achando que só a história bastaria para leva-lo à eternidade. Que agora vive tempos de Samir, que se apresenta como único preocupado justamente com isso, mas que sabemos, faz caminhos errados e longe do que a maioria quer.

Os dois ícones centenários do Paraná, precisam se reinventar. Trocar de mãos para com outras mentes, ainda pensar no futuro. Coritiba e Gazeta do Povo caminham perigosamente.

No Coritiba, o faz de conta, que só privilegia a politica clubística, pensando em interesses pessoais, que não cabe mais.

Na Gazeta, como jornalista, apenas lamento que parte da história do jornalismo e da memória do Paraná, se perca assim.

Como dizem por aí, no futebol de hoje não cabem mais estas administrações amadoras. No mundo corporativo também não.

Discordou:
André T.
+10 Concordou:
Luiz B.
Eduardo G.
Anderson N.
David B.
Amilton Cesar
Gerson Lima
F.
A. Iensen
Jorge Ihon J.
Carlos N.
Cadu B.

Debate

  • "Rolando o jogo contra o LEC?
    Coxa 2x0."

    J. Mario | 02/02, 20h41

  • "e o tal show da claudia leite ???

    em detrimento do ACIDC"

    Alex Ribeiro Suprano | 02/02, 17h26

  • "Estou viajando, alguém sabe se será transmitido pela RPC?"

    CLAUDIO B. | 02/02, 17h22 | Móvel

    • "Jogo de hoje?"

      CLAUDIO B. | 02/02, 17h23 | Móvel

  • "A gazeta do povo, depois da morte de Francisco cunha pereira filho, o chico beleza, degringolou. Foi assumida pela sua filha, ana amelia, a qual sua ex professora de inglês me garantiu se tratar de pessoa de parcos recursos intelectuais, e afundou completamente. Hoje é um pasquim de extrema direita, análogo ao site o antagonista, com jornalistas e colunistas extremamente medíocres, como Constantino ou nogy, um jornalismo chapa branca de fazer corar o mais cara de pau dos leitores.... Um vexame histórico, tal qual nosso querido coritiba. Belíssima analogia, sergio, desses 2 outrora gigantes que hoje são moribundos, caricaturas do que foram num passado não muito distante, tomando o caminho que a Hermes Macedo tomou."

    Guilherme b. | 02/02, 16h20

  • Ver todos os comentários (14)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

O Blog

Sou jornalista há mais de 30 anos. A profissão e a condição de torcedor, me fizeram aprender a policiar posições quando escrevo para tv ou rádio. Isso me desenvolveu muito o lado crítico. Costumo dizer que futebol é uma coisa e esporte é outra, bem diferente. Basicamente porque o futebol se transformou num produto da mídia e envolve muito dinheiro. O esporte amador, não. Sem dinheiro ele apenas sobrevive. É o caminho que o vôlei começou a tomar, por exemplo, mas ainda passa longe de ser o sucesso que é o futebol. Gosto de escrever sobre os dois: esporte e futebol. Jornalismo é minha profissão, o Coritiba minha paixão. Será um prazer estar aqui com vocês falando sobre tudo isso.

O Autor

O Coritiba está na minha alma, muito mais até que no coração. Aprendi a gostar de futebol assim, de alma e também de coração. Sou do tempo do Belfort Duarte, hoje Couto Pereira. Isso foi no início dos anos 60. De lá nunca mais saí. Na década de 70, o Coritiba me conquista definitivamente, quando montou times inesquecíveis, várias vezes campeão. Período que passei a frequentar programas de rádio para tentar ficar o mais próximo que podia do futebol. Foi a época de Dirceu Graeser, no famoso"Viva o Futebol", na Rádio Clube, depois Rádio Cruzeiro. Foi o meu começo nos meios de comunicação. Vivo do jornalismo há mais de 30 anos, dedicados ao Rádio e principalmente televisão. Hoje sou muito mais da arquibancada. Sou mais torcedor e menos jornalista, principalmente quando o assunto é Coritiba.

Classificação Paranaense 2020

A.Paranaense 3
Coritiba 3
Londrina 3
Cianorte 3
Operário 3
Paraná 1
Rio Branco 1
FC Cascavel 0
PSTC 0
10º Cascavel 0
10º Toledo 0
12º União 0

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Rupson F. 327 pts.
andre a. 313 pts.
CARLOS AUGUSTO B. 309 pts.
Rui Valente 304 pts.
Leandro R. 295 pts.
Marcelo luczyszyn 294 pts.
Waldir Laska 291 pts.
Leonel Schunig 290 pts.
Ricardo Honorio 287 pts.
10º Marcelo G. 280 pts.
11º Luiz C. 277 pts.
12º Jose R. 274 pts.
13º alessandro k. 271 pts.
14º Hedy G. 270 pts.
15º Rodrigo P. 268 pts.
16º Juarez Mocelin 267 pts.
17º Marcio Cardozo 267 pts.
18º Mauro S. 264 pts.
19º Ido M. F. 263 pts.
20º Julio C. R. 259 pts.
21º Tiago L. 259 pts.
22º Carlos N. 258 pts.
23º Vitor Guedes 258 pts.
24º Valdir T. 257 pts.
25º Alysson Delalibera 256 pts.
26º Job Grassi 256 pts.
27º João L. 255 pts.
28º Walber Gonçalves de Queiroz 254 pts.
29º Gelson Roberto M. 254 pts.
30º Robson R. 253 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

TV COXAnautas

O que esperar para 2020

Nesta terceira parte do programa falamos sobre o que esperar para este ano com as contratações feitas até agora.

Clique para assistir

Barroca e Carências

Falamos sobre o novo treinador do Coritiba e as carências do elenco de 2020 até agora.

Clique para assistir

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet