COXAnautas - Coritiba Eternamente

14/07, 19h18 | Arquibancada | Sergio Brandão

Torcedor, este bicho estranho

Não sei se somos a torcida mais impaciente, mas com certeza também a mais tolerante, ou pelo menos uma das mais tolerantes. Sim, porque basta uma rodada um pouco mais convincente, com um resultado favorável, que os elogios aparecem. Na verdade estamos mesmo muito carentes, precisando de um agrado, de algo que nos dê motivos para festejar e acreditar que é possível ser feliz com este time.

O título, ser chamado de torcedor, nos dá o direito de ser volúvel e navegar conforme os fatos vão nos guiando. Mesmo que alguns se camuflem em argumentos mais sólidos, as opiniões variadas do torcedor são aceitáveis e precisam ser respeitadas, apenas porque ganha o titulo de torcedor. Ser torcedor de futebol é sofrer, é ir do céu ao inferno em menos de três ou quatro dias. Ultimamente fato muito comum na vida Coxa-Branca. Mas podemos ser assim. Afinal, o espetáculo é pra nós, e isso nos dá o direito de aceitar... aplaudir ou reclamar.

Somos volúveis, sim. Ficamos chatos, irritados com o que vimos por exemplo na segunda-feira, contra o Sport, mas felizes quando trazemos pra casa um resultado como este de quinta-feira, contra o Avai. Ter o time do coração como motivo de gozação, ser zoado no trabalho, nas redes sociais, em casa, por parentes e amigos, nos irrita. Acaba com o dia de muitos, tira o sono.

Em menos de três dias Pachequinho foi de santo a demônio. Pra justificar uma fase ruim (Deus queira tenha ficado para trás), a maioria reclamava da teimosia do treinador, mas que finalmente acabou abrindo mão de um esquema tático que não vinha dando certo, para aplicar um estranho 4 -2-3-1 , que aparentemente funcionou.

Outros dizem que Pacheco teve mais sorte que juízo, sendo obrigado a trocar Iago Dias por Neto Berola, logo no começo da partida. Também Carleto na esquerda, que não estava nos planos, foi bem. Como poderia ter ido mal, como Iago já tinha ido bem em outra oportunidade, como Tomas Bastos também fez uns gols milagrosos, mas os dois, em pouco tempo voltaram ao ostracismo. Do céu ao inferno, para deixar o torcedor maluco e irritado, algumas vezes não entendendo o que acontece.


Quando não acerta, o treinador é sempre o primeiro a receber a artilharia vinda da arquibancada. Escalou mal, posicionou mal alguns atletas, não treina jogadas, é burro, teimoso etc e tal.

De fato, viver o dia a dia do futebol profissionalmente é uma coisa. Bem diferente de dar palpites de fora, buscando soluções.

Vai saber por que Pacheco insistia com H. Almeida e Kleber batendo cabeça lá na frente, coisa que muitos sempre reclamaram. Somente Pacheco parecia não ver. Viu, mudou, com sorte ou não, a vitória com 4 gols contra o Avai, pode dar impulso novo ao time. Impulso que o próprio Avai não teve ao vencer o Grêmio e que contra o Coritiba podia ter saído da ZR. Vai explicar... vai entender estes segredos do futebol. Mas torcedor não que saber de segredos. Quer é vitórias. Não tente explicar muita teoria, problemas internos, fase técnica, problemas pessoais, circunstâncias, falta de dinheiro para contratar etc.
Torcedor quer ver seu time brigando lá na frente.

+2

Debate

  • "Não sei qual remédio ele toma mas após outra derrota, em casa, o cara lá na globo.com fala esteiras sem parar. Entre elas finaliza com esta pérola.
    ”Agora é tirar as coisas positivas desse jogo, que foram muitas, e buscar um novo caminho, uma nova oportunidade de vencer fora, assim como foi contra o Avaí, com inteligência, sabedoria, e mostramos o que somos. Não fomos inferiores em nenhum momento contra o Fluminense". Porra véi, não sou retardado, me poupe e seja digno pedindo pra sair."

    Admir | 17/07, 06h28 | Móvel

  • "Carlos F. dentro de teu correto raciocínio, o da vez infelizmente, é o Dodô. Fará sucesso em outra equipe e rendera dividendos a outro clube e empresários. Por isso que estranho muito a atitude do Pachequinho, aliás, alguém que deveria estar totalmente identificado com atletas oriundos de nossa base..."

    Valmir Faria | 16/07, 13h41

  • "Faltam 26"

    Gilliatt T. | 16/07, 10h02 | Móvel

  • "De longe, não somos a mais paciente. Os exemplos estão aí, vou citar dois recentíssimos, o Vaná foi contratado pelo Porto, para quem não sabe o time é um dos principais de Portugal e já foi campeão da Premier League e o Raul Diaz, o "la pulga", foi eleito o melhor jogador do México na temporada 2016/7. Sem citar, Ruy, Zé Rafael, Diogo ... que por aqui foram execrados.
    Mas aí, tem um componente, a falta de competência das nossas última administrações, com negócios pra lá de "estranhos", contratos com o "gordinho" que ia pra China entre outros, que acaba com qualquer paciência."

    Carlos F. | 16/07, 07h09

  • "Caro Sergio (grande comentarista e animador deste sofrível coração Coxa Branca), nem tanto aos céus e nem tanto a terra, o q ocorreu contra o Avaí era e é o q de mais obvio havia no elenco do Coritiba, só não enxergava o cego ou mau intencionado Pachequinho (ainda na minha opinião, sem as minimas condições de ser o comandante de campo do elenco Coritibano.), É mais q óbvio a fritura do Henrique Almeida e do Dodô (tambem ainda pra mim, a melhor opção na laterais/ala direita do Coxa, o q falta é um técnico q enxergue a necessidade de alguem em condições de recompor e com isso iludir os adversários. No atual modelo do Coritiba, e ainda neste momento atual do futebol em se jogar com tres atacantes, é necessário (imprescindível) q este ataque tenha alguem de referencia, que consiga funcionar até como um pivo e autentico centro avante (1 nunca 2!), e q os outros dois atacantes sejam rapidos, dribladores e eficientes, e ainda com uma dedicação e capacidade fisica para cobrir os avanços dos laterais que funcionam como autênticos alas. O resto é bla bla bla e chover no molhado. O problema é que o Pachequinho se iludiu com seu único repertório com dois centro avantes e tbem, não se tocou q a manjada tática foi rapidamente assimilada pelos estudiosos do futebol, portanto o q aconteceu com o Avaí, foi a tendencia q só o estupido não enxergava. Me desculpem minha má educação, é q o custo da teimosia do Pachequinho, inclusive com as frituras citadas e a teimosia em manter o Alecsandro sempre que podia, já nos custou caro , senão pela imensa felicidade em que estávamos passando, por isto não perdoo o Pachequinho, pois não acredito simplesmente em cegueira, acho q estava funcionando como pau mandado... Perdoem este dolorido coração magoado, daqueles que se sente um verdadeiro corno, ao ser tão rapidamente transladado do céu ao inferno... Ainda da tempo de conseguir ou aspirar coisas melhores, mesmo com a imensa falta que nos fará o Gladiador... SAV"

    Valmir Faria | 15/07, 14h09

    • "Comentarista e animador, Valmir? Rsrs"

      Sérgio Brandão | 15/07, 15h38 | Móvel

    • "Tamo junto Valmir, se tivéssemos um técnico verdadeiro, hoje estaríamos lambendo os 30 pontos. O Pachequinho é muito ruim e tem muita sorte. O azar é nosso!"

      Admir | 16/07, 07h35 | Móvel

  • Ver todos os comentários (25)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Sergio Brandão

O Blog

O Autor

Classificação Brasileiro 2017

Corinthians 71
Grêmio 61
Palmeiras 60
Santos 56
Cruzeiro 55
Botafogo 51
Flamengo 50
Vasco 50
Bahia 49
10º Chapecoense 47
11º Atlético-MG 47
12º São Paulo 45
13º A.Paranaense 45
14º Coritiba 43
15º Fluminense 43
16º Vitória 39
17º Ponte Preta 39
18º Sport 36
19º Avaí 36
20º Atlético-GO 33

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Ricardo M. 253 pts.
Andre T. 251 pts.
Alysson Delalibera 244 pts.
Marcelo N. 243 pts.
João L. 243 pts.
Wagner Cancela 241 pts.
VALCIR J. C. 241 pts.
Valdir 237 pts.
Rosemeire V. 236 pts.
10º Maria N. 233 pts.
Diogo N. 233 pts.
12º Mauricio S. 233 pts.
13º José Paulo Macioski 232 pts.
Daniel N. 232 pts.
15º Thiago L. 232 pts.
16º douglas n. 231 pts.
Simone N. 231 pts.
18º Suzana F. 230 pts.
19º Ademir Carlos p. 230 pts.
20º Adriano R. 229 pts.
21º Franciano S. 229 pts.
Amos S. 229 pts.
23º Sanderson 227 pts.
vanessa n. 227 pts.
25º nancy m. 227 pts.
26º Jackson M. Jeranoski 225 pts.
27º P. Stonoga 224 pts.
28º Mauro 223 pts.
29º Ailton D. 222 pts.
30º Alexandre Franco 222 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias




Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2017 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet