COXAnautas - Coritiba Eternamente

11/07, 12h04 | Bola de Couro | Felipe Rauen

Eu me odeio.

Acreditei, ainda que com alguma cautela, que neste ano o Coritiba seria outro.

Acreditei que, mesmo que o técnico escolhido para comandar o time não fosse a melhor opção e que precisava passar por clubes de menor expressão antes de se pensar em efetivá-lo, deveria dar-lhe força já que, bem ou mal, era o escolhido e eu não poderia, em nome da minha convicção, desejar que não se saísse bem. E agora, depois de sete jogos consecutivos sem vitória, lendo e ouvindo que ele está “prestigiado”, não tenho mais como crer em qualquer sucesso.

Acreditei que o Rildo, depois que fez o gol de “letra” era um craque. Vejo agora que, além de ser um jogador no máximo comum, é acomodado e só corre pela paralela da lateral de campo (seria por “recomendação” do técnico?).

Acreditei que o Galdezani seria um novo Falcão, mas logo que contratado em definitivo o encanto acabou. É um jogador comum.

Acreditei que o Edinho figurava no banco de reservas apenas porque são muitas as vagas para sentar, mas vejo que o nosso técnico ainda o tem como opção (ou até como solução?). Entrou em decorrência de lesão, dirão, mas nenhuma diferença fez, ou se fez foi para pior.

Acreditei que tínhamos uma excelente defesa, mas hoje vejo que não é assim, registrando o time saldo negativo na tabela. E certamente seria a pior não fosse o excepcional Wilson.

Acreditei que com três opções para a ala direita uma deveria dar certo. Depois dos dois últimos jogos vi que só temos um “menos ruim”, o Dodô. E vi que enquanto todos os adversários exploravam o lado direito da nossa defesa, somente o nosso técnico não enxergava e providenciava para que pelo menos um dos volantes socorresse os nossos frágeis alas. Ontem o Sport fez a festa por ali.

E acreditei que desta vez teríamos uma inversão no resultado da diretoria. Enquanto as penúltimas começaram bem e terminaram mal, a atual iria terminar bem depois de fracassar nos dois anos iniciais. Ainda há tempo para pelo menos terminar o ano em uma posição honrosa, espero, mas já perdemos muito tempo e oportunidades. E se recompor o elenco em curto prazo é impossível, a troca de técnico é a única iniciativa que pode encaminhar rapidamente um novo trajeto, ainda que seja pelo efeito psicológico. Nosso rival e a Chapecoense não esperaram mais do que quatro jogos sem vitórias para mudar o comando técnico, enquanto nós, ao menos pelo que ouvi ontem, ainda “prestigiamos” o nosso.

E por falar em o que ouvi ontem, reproduzo uma pérola do filho do Lela (pobre do Lela): #CoxanaBandaB "Vou dar a volta por cima. Se não quiserem, estou emprestado pelo Palmeiras, pego minha mochila e vou embora" – Alecsandro”. Isso é que é comprometimento!

Enfim, como dizia um personagem do Jô Soares, eu me odeio, eu acreditei.

+10 Concordou:

Debate

  • "Até que ponto seria bom uma vitória contra o Avaí ? Respondo. Iria postergar a saída do comando técnico, talvez, até a próxima derrota, ou ainda, aguardaria outras derrotas, atrasando ainda mais o início do trabalho do novo técnico, e consequentemente, a esperança de uma reação do time."

    alessandro s. | 12/07, 11h43

    • "Concordo contigo. Agora lembro que o jogo é fora de casa. Pela tradição que mantemos a longo tempo a derrota é certa. Somos o melhor visitante, recuperando equipes mortas. Nossa realidade."

      C. BRUDZINSKI | 12/07, 12h47 | Móvel

  • "Nenhum magnata chines ou russo querendo comprar nosso clube não: quem sabe nos salvamos desse jeito."

    O. Yossafat | 12/07, 11h37

  • "JAMAIS ME ODIARIA, mesmo que esta seja uma força de expressão. Eu talvez ficaria decepcionado se acaso chegarmos em dezembro e estivermos numa região perigosa, ou seja próximo da ZR. E ficaria revoltado se estivéssemos na ZR, enquanto isso não acontece, não posso concordar com o título dado pelo autor,SR. Rauen. Ainda temos muito a caminhar, o campeonato não chegou nem mesmo na metade. Tudo ainda esta em aberto até mesmo em se tratando da ponta da tabela. Então, vou esperar, é claro, como todos os coxas de coração apertado."

    Eli P. | 12/07, 10h50

  • "segunda divisão é FATO"

    D. Fabian A. | 12/07, 10h30

  • Ver todos os comentários (27)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Felipe Rauen

O Blog

O Autor

Classificação Brasileiro 2018

Fortaleza 19
CSA 15
Avaí 14
Coritiba 14
Vila Nova 13
Figueirense 12
Paysandu 12
Atlético-GO 11
São Bento 11
10º Guarani 10
11º Oeste 9
12º Brasil de Pelotas 8
13º Londrina 8
14º Sampaio Corrêa 7
15º Ponte Preta 7
16º Juventude 7
17º CRB 6
18º Boa Esporte 4
19º Goiás 2
20º Criciúma 1

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Lucas G. 61 pts.
Ademir Carlos p. 55 pts.
Jair Kluska 55 pts.
Arno Ombrellino 54 pts.
Cristian C. 54 pts.
Antonio Alvaredo Filho 54 pts.
Rosemeire V. 53 pts.
JORGE H. 53 pts.
Fernando Taschetto 53 pts.
10º Luiz Alberto Bulgarelli Girão 53 pts.
11º Marcelo G. 52 pts.
12º Luci M. 52 pts.
13º Ricardo L. 51 pts.
14º Raphael Kussumoto 51 pts.
15º Marcelo N. 50 pts.
Rupson F. 50 pts.
17º Aramis Vieira 50 pts.
Alysson Delalibera 50 pts.
19º Valmir Faria 49 pts.
20º Jackson M. Jeranoski 49 pts.
21º Tiago L. 49 pts.
22º CARLOS AUGUSTO B. 48 pts.
José Lima 48 pts.
Walter Carvalho 48 pts.
25º Clairton Cleto 48 pts.
26º Johney S. 48 pts.
27º Fabio C. 47 pts.
28º Edison S. C. 47 pts.
v. j. cruchelski 47 pts.
Marcos José Kuff 47 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

TV COXAnautas

Ainda não tá bom!

Com um "convidado" bem conhecido e especial, falamos da vitória de 1 x 0 contra o Brasil de Pelotas e o que precisa ainda acontecer no Coritiba.

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2018 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet