COXAnautas - Coritiba Eternamente

21/01, 15h53 | Bola de Couro | Felipe Rauen

Iago e Kady - As referências

Tal como 99,999999% da torcida, não pude assistir ao jogo de ontem contra o Foz do Iguaçu, quando, ao que parece, o Coritiba teve um bom desempenho, o que se supõe tão somente pelo folgado placar. Pude ver apenas os gols via internet, pois nem mesmo a TV nacional os mostrou.

Enquanto o Coritiba não voltar a ser o grande clube que um dia foi, infelizmente ficaremos privados de assistir aos jogos pela TV paga e os gols pelos noticiários nacionais. E os torcedores que são alcançados pela TV aberta limitados um ou outro jogo, isso se residentes na grande Curitiba. Restará o testemunho dos que irão ao estádio nos jogos em casa, poucos certamente tanto pelo fato de o time não entusiasmar como pelo pouca atratividade do campeonato estadual. Claro, sempre há como ver os ditos melhores momentos na internet, mas eles nem sempre retratam perfeitamente os jogos. Mas enfim, é o que resta para a absoluta maioria da torcida.

Voltando ao jogo de ontem, mesmo que a apresentação da equipe possa ter sido boa, não há como se entusiasmar ainda. Se Iago e Kady, que sempre tiveram pouco futebol e marcante irregularidade, se destacaram, o fato não é animador, pois não é crível que tenham aprendido a jogar bem na linha da exigência que se requer para um time confiável. Alguns nomes do elenco estão no mesmo patamar, restando ainda a observar os novatos, ditos erroneamente pela mídia como “reforços”, quando na verdade parecem apenas “reposições”.

E não dá para se entusiasmar também em razão da manutenção do fanfarrão treinador Argel, muito bom nos microfones, mas comprovadamente fracassado em quase toda a carreira.

E infelizmente também ainda não tive ainda razões para crer que a direção tenha aprendido com os incontáveis erros do no passado, em campo e fora dele. O susto com o pedido de impeachment não parece – ao menos externamente – ter sido aprendido. A interferência do ex-presidente Vilson não se sabe até que ponto foi admitida pela até agora soberba direção, mas mesmo que seja importante talvez não traga resultados curto ou médio prazo. Até porque o Vilson não tem o dom do milagre, tem qualidades, mas também limites. Da atual direção do Coritiba deve-se exigir tal como para o pecador arrependido, ou seja, atos eficazes para um dia reabilitar a si e ao clube.

Diante desta perspectiva realista – que deslumbrados talvez possam afirmar pessimista – depois de muitos e muitos anos pagando antecipadamente a anuidade de associado desta vez preferi parcelar no cartão de crédito. Sou associado por ter o Coritiba na minha raiz, não tendo proveito direto, uma vez que nas poucas vezes que vou a Curitiba prefiro – em razão da idade – assistir aos jogos das cadeiras sociais, pagando ingresso e não usando o setor correspondente ao meu plano. Não decidi pelo parcelamento com satisfação, vi amigos fiéis torcedores até anunciando a suspensão do pagamento. Acho que não é para tanto, mas respeito as suas decisões, afinal, este Coritiba não é o que sempre conhecemos e admiramos e é mesmo difícil pagar para pouco ou nada receber em troca.

Debate

  • ""2018 EU NÃO ERA UM ATLETA DE FUTEBOL"

    Para que serve a estrutura de base do CORITIBA? (para mim todas a letras do CORITIBA são maiúsculas, não importa o momento atual)

    Serve ao clube para formação do time de futebol que o representa?
    Serve aos empresários que cuidam da carreira dos jogadores e que usam o clube?
    Serve a quem e para que?"

    Wilson de Souza | 25/01, 15h20

  • "É obvio que é inicio de temporada. E como a preparação do time começou apenas neste ano, ou seja, deixou-se de aproveitar o final do ano passado quando o time não tinha mesmo para onde ir, nem A, nem C.
    Fazer previsões quanto a melhora ou piora do time é perda de tempo. Acho muito mais prático avaliar a condição atual do time em confronto com o que se acredita ser necessário para alcançar os objetivos.
    Neste sentido creio que pode-se dizer que, a defesa e o sistema defensivo não foram testados. Os adversários são muito fracos, não sobreviveriam a série D. O meio de campo é inoperante ofensivamente. E o ataque inexiste.
    Diferente do que tínhamos no ano passado? Não, talvez pior (socorro).
    Neste sentido, pensando numa escala em que 0 é chance nenhuma de subir à série A e 10 é a certeza, diria que no momento estamos no nível 2.
    Por enquanto, nada leva a crer que chegaremos perto do nível 10, mas, sabemos que o time que disputará o campeonato brasileiro será formado mesmo na semana de início, se tivermos sorte.""

    Wilson de Souza | 25/01, 15h16

  • "" Quando voltar a ser grande " boa frase so que vai demorar muito ou ate mesmo nunca mais.

    E o FDP do Argel ainda teve coragem de dizer na entrevista coletiva que o time estava fazendo uma apresentação de GALA.

    Esse filho da puta é cego e estava assistindo outro jogo.

    É muito garganta esse cara.""

    G. do Carmo | 25/01, 13h00

  • "Pois é Eduardo, "É esperar para ver". A goleada fora não foi suficiente.
    SAV"

    J. Mario | 24/01, 19h37

  • "Caro Rauen

    Também comecei meio "esperando pra ver". E ainda precisa de mais pra me conquistar. Últimos anos têm sido doloridos demais."

    Vendo a entrevista do Kady no GE, ele disse. "2018 EU NÃO ERA UM ATLETA DE FUTEBOL. ALGO TERIA DE MUDAR. NÃO TIREI FÉRIAS. O RESULTADO VOCÊS VIRAM HOJE"

    Na realidade, acho que grande parte dos jogadores do ano passado precisavam dizer "EM 2018 EU NÃO FUI UM ATLETA". Foi um resumo verdadeiro não só do Kady mas de quase todo o elenco do ano passado.

    Por aqui estou ainda na espreita, mas torcendo que seja um ano vencedor."

    Gerson Lima | 22/01, 00h19

    • "Isso aí, Gerson Lima, estamos juntos, também sou adepto da filosofia 'ver para crer'. Suposições? Ano passado é o maior exemplo disso. Por enquanto cedo ainda para elogios ou críticas só por um 4x0 no regional e contra um time fraco.
      SAV"

      J. Mario | 22/01, 12h21

    • "Espero que eles se espelhem no Parede, parecia ser o atleta mais comprometido de 2018, não só com o clube, mas com a própria carreira.

      Minha referência de começo de temporada 2018 foi aquele empate com o Parnahyba.

      Uma curiosidade, acho que ano passado não vencemos nenhuma equipe por 4 gols, certo?
      Teve um 3 x 0 no Londrina se não engano e mais um 3 x 0 na série B. Isso não quer dizer alguma coisa? Não acho, mas é sempre bom vencer de goleada e já era hora.

      É esperar para ver..."

      Eduardo P. | 22/01, 22h09 | Móvel

  • Ver todos os comentários (34)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Felipe Rauen

O Blog

O nome “Bola de Couro” serve para revelar a geração do autor, que acompanha o Coritiba desde o tempo em que elas eram efetivamente de couro natural, e não sintéticas como hoje. Além de estar atento ao futebol moderno, especialmente graças à tecnologia que tornou o mundo uma aldeia global, o blog de vez em quando trará algumas reminiscências das tantas glórias de que o Coritiba é coberto e que estão mais na memória de cada um do que em imagens físicas, atendendo também a um nicho da “velha-guarda” de Coxanautas que se manifestou desde a primeira coluna do autor. Mas todos, de qualquer geração, serão bem-vindos a colaborar e criticar em espaço que se pretende democrático.

O Autor

Benedito Felipe Rauen Filho, conhecido como Felipe Rauen, é coxa-branca de terceira geração, pois tanto seu avô como seu pai também o eram. Em parte da infância e da juventude morou na rua Maria Clara, a cem metros do estádio do Coritiba, do qual desde casa sentia o "cheiro". Transferiu residência para o Rio Grande do Sul em 1976, onde iniciou carreira como Juiz de Direito, hoje aposentado. Está aculturado naquele Estado em vários aspectos, mas jamais no futebol, pois não adotou time local e torce somente para o Coritiba. É conhecido em todos os círculos que frequenta em terras gaúchas como coxa-branca, conseguindo que inúmeros amigos gremistas e colorados tenham o Coritiba como segundo time ou pelo menos mostrem por ele simpatia. Desde fevereiro de 2.009 é Cônsul do Coritiba em Porto Alegre. Cardiopata, dá trabalho regular ao cardiologista em razão das emoções vividas com e pelo Coritiba, mas tem certeza de que o coração coxa-branca se manterá forte ainda muito tempo para ver o clube alcançar mais e mais glórias.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 20
Ponte Preta 19
Paraná 19
Atlético-GO 18
Londrina 17
Figueirense 17
Sport 17
Botafogo-SP 16
Coritiba 15
10º CRB 13
11º Brasil de Pelotas 12
12º Cuiabá 12
13º Criciúma 12
14º Oeste 12
15º Operário 10
16º Vila Nova 10
17º São Bento 8
18º Vitória 7
19º Guarani 5
20º América-MG 5

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Marcelo Carneiro 92 pts.
Ido M. F. 86 pts.
Hedy G. 85 pts.
Leandro R. 84 pts.
Antonio Alvaredo Filho 83 pts.
Wellingtton Wellingtton 81 pts.
Leonel S. 80 pts.
Dorvalino J. 79 pts.
Luis Henrique R. 78 pts.
10º Sanderson 77 pts.
Alysson Delalibera 77 pts.
12º Valdir T. 77 pts.
13º João L. 76 pts.
14º Vinicios A. 76 pts.
15º Jose R. 75 pts.
16º Aramis Vieira 75 pts.
L. Comeli 75 pts.
18º C. Nunes 74 pts.
19º Juarez Mocelin 74 pts.
Walber Gonçalves de Queiroz 74 pts.
21º Jobson Emanoel 73 pts.
22º Rodrigo P. 73 pts.
23º Robson R. 72 pts.
24º andre a. 72 pts.
25º Valdir 71 pts.
26º Johney S. 71 pts.
27º Andre T. 71 pts.
Julio C. R. 71 pts.
Jose Carlos R. 71 pts.
30º Daniel G. 71 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Marcelo Carneiro
2º Ido M. F.
3º Hedy G.
4º Leandro R.
5º Antonio Alvaredo Filho

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet