COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

14/10, 23h47 | Bola de Couro | Felipe Rauen

Medo não ganha jogo.

Finalmente uma boa partida do Coritiba, mais do que boa, excelente. Arrisco-me a dizer que pode ter sido a melhor apresentação desde que o grupo que está no comando do clube assumiu.

A vitória foi consequência natural de alguns aspectos.

Primeiro, a escalação que privilegiou uma meia cancha não defensiva, na qual se destacou, com sobras, o Giovani Augusto.

Depois, a noite iluminada do Robson, secundado por uma boa apresentação do Yan Sasse (quem diria), do Galdezani e da zaga segura, com o jovem Henrique parecendo um veterano tamanha a frieza e consciência com que jogou.

O jovem Rodrigo Muniz soube se movimentar, abrindo espaços para as entradas dos companheiros que atacavam, assim como foi muito positiva a atuação do Neílton, decisivo na jogada do terceiro gol.

E outro fator importante, no meu sentir, foram as ausências do Rodolfo Filemon e do Mateus Sales. O primeiro porque substituído com sobras pelo Henrique Vermudt, que não nos deu os sustos que o Filemon costuma dar. E quanto ao segundo, há alguns jogos venho observando que ele torna lento o ritmo da equipe. Recebe a bola no meio do campo, para, olha, dá uma volta em si mesmo, às vezes pisa nela e acaba passando no mais das vezes para o lado. Enquanto isso a defesa adversária se fecha e é natural que não haja ninguém para receber a bola em jogada propositiva para o ataque.

Claro que Jorginho, para ser o Jorginho, não se conteve e colocou em campo o seu afilhado Gabriel, que destoou completamente dos demais. Aliás, também não gostei do paraguaio Martinez, mas como jogou por pouco tempo ainda deverá ter oportunidade de mostrar se está à altura do time que queremos.

É de se esperar que o Jorginho tenha se conscientizado de que quem joga com medo muito raramente vence e mantenha a formação da equipe que jogou ontem, ou, pelo menos o modo de jogar.

Houve quem dissesse que a nossa vitória foi facilitada pela má jornada do Palmeiras. Sem dúvida o adversário não estava nos seus melhores dias, mas considerando o que o Coritiba vinha jogando e o que apresentou, não dá para querer justificar o resultado na alegação de má atuação do oponente. Se o Coritiba não jogasse bem talvez tivéssemos um jogo de baixo nível técnico onde um lance do acaso poderia decidir, e não a indiscutível imposição tática e técnica do nosso time.

Ainda é cedo para ter confiança segura de que vamos melhorar na tabela, mas hoje o caminho foi aberto e se souber ser trilhado acho que temos chance de terminar o campeonato em uma classificação honrosa.

Debate

  • "Colocar matérias estranhas à concisão do texto do Dr. Rauen seria um verdadeiro desacato à autoridade. Preciso como sempre, seus textos têm a precisão de um parecer jurídico.
    Assim sendo, ao dizermos que nada temos a acrescentar, não se trata de preguiça em redigir, e muito menos desprestígio à excelência do conteúdo.
    Crônica exata, tudo no lugar, resta-nos aplaudir. E sem bajulação gratuita: fica estabelecido que aquilo gostaríamos de haver escrito, já o foi. E de forma infinitamente superior ao que conseguiríamos transmitir. Gratos ao colunista de Leather Ball – grafia da pelota de futebol nos tempos em que o Coxa se chamava Coritiba Foot Ball Club... Ah, esqueci! Assim se chama até os dias de hoje. Isso tem outro nome: tradição (e não marketing de certos "inovadores" que alteram estatutos para nos imitar, chegando ao cúmulo de plagiar Spielberg em "De Volta Para o Futuro"). Abraço, grande mestre!"

    Luiz Roberto | 16/10, 23h48

    • "Não exagere na bondade, meu amigo. E sem devolver elogio, os teus comentários contém um belo estilo. Abraço."

      B. Felipe Rauen | 17/10, 11h23

  • "Enfim... Ótima análise... Robson está sempre fazendo e perdendo gols. Melhor que outros que não se colocam em campo com disposição. Sasse poderia ser útil se fosse mais disciplinado e constante; vive de lampejos e "até quando esperar" pra resolver, diria nossa "Plebe" rude" torcida ... Giovane Augusto já é tarimbado e tem que jogar, já que não temos um 10 efetivamente... a zaga é o Sabino e mais um (esperamos que não seja o "Filé" pra entregar o ouro)... Pelo menos, temos uns 5 que são titulares, finalmente. Mas, quem não fez o dever de casa no momento certo, como essa DIRETORIA, ainda vai testar jogadores no meio da competição... oremos..."

    Mauricio D. | 15/10, 22h11 | Móvel

  • "Lúcido como sempre , Rauen . Acho que faz 3 partidas que o time está evoluindo e Jorginho mitigando seus desacertos . Você tem razão : o medo de perder , normalmente , tira as chances de vitória . Um abraço ."

    Sedu Protagio Branco Júnior | 15/10, 22h05 | Móvel

  • "Boa vitória. Vamos adiante. Avante Coxa!"

    João B. | 15/10, 18h59

  • Ver todos os comentários (21)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Felipe Rauen

O Blog

O nome “Bola de Couro” serve para revelar a geração do autor, que acompanha o Coritiba desde o tempo em que elas eram efetivamente de couro natural, e não sintéticas como hoje. Além de estar atento ao futebol moderno, especialmente graças à tecnologia que tornou o mundo uma aldeia global, o blog de vez em quando trará algumas reminiscências das tantas glórias de que o Coritiba é coberto e que estão mais na memória de cada um do que em imagens físicas, atendendo também a um nicho da “velha-guarda” de Coxanautas que se manifestou desde a primeira coluna do autor. Mas todos, de qualquer geração, serão bem-vindos a colaborar e criticar em espaço que se pretende democrático.

O Autor

Benedito Felipe Rauen Filho, conhecido como Felipe Rauen, é coxa-branca de terceira geração, pois tanto seu avô como seu pai também o eram. Em parte da infância e da juventude morou na rua Maria Clara, a cem metros do estádio do Coritiba, do qual desde casa sentia o "cheiro". Transferiu residência para o Rio Grande do Sul em 1976, onde iniciou carreira como Juiz de Direito, hoje aposentado. Está aculturado naquele Estado em vários aspectos, mas jamais no futebol, pois não adotou time local e torce somente para o Coritiba. É conhecido em todos os círculos que frequenta em terras gaúchas como coxa-branca, conseguindo que inúmeros amigos gremistas e colorados tenham o Coritiba como segundo time ou pelo menos mostrem por ele simpatia. Desde fevereiro de 2.009 é Cônsul do Coritiba em Porto Alegre. Cardiopata, dá trabalho regular ao cardiologista em razão das emoções vividas com e pelo Coritiba, mas tem certeza de que o coração coxa-branca se manterá forte ainda muito tempo para ver o clube alcançar mais e mais glórias.

Classificação Brasileiro

Internacional 34
Flamengo 34
Atlético-MG 31
São Paulo 27
Santos 27
Fluminense 26
Fortaleza 24
Palmeiras 22
Atlético-GO 22
10º Corinthians 21
11º Grêmio 21
12º Sport 20
13º Bahia 19
14º Ceará 19
15º Botafogo 19
16º Vasco 18
17º A.Paranaense 16
18º Coritiba 16
19º Bragantino 16
20º Goiás 11

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Jayme G. 152 pts.
Bruno O. 131 pts.
Rupson F. 129 pts.
CARLOS CARLOS 127 pts.
Luiza Emanuela Oliveira 127 pts.
Eden Leão 126 pts.
Selma R. 123 pts.
Anderson85 Anderson85 122 pts.
Rafael Minoli 122 pts.
10º cleverson k. 120 pts.
11º Marcos Kuff 119 pts.
12º Valdir T. 118 pts.
13º Ricardo Honorio 118 pts.
14º Walber Gonçalves de Queiroz 116 pts.
15º Sanjiro J. 115 pts.
16º Álvaro M. 114 pts.
17º Persio F. 113 pts.
18º Giovanne Smaniotto 113 pts.
j. miranda 113 pts.
Tiago Z. 113 pts.
21º Evaldo Maciel 112 pts.
22º Johnny F. 112 pts.
23º Adriano Leal 111 pts.
24º MARCELO ARAUJO 111 pts.
25º Ailton Batista Vieira Filho 110 pts.
26º Jobson Emanoel 110 pts.
27º Adilson P. 109 pts.
28º Vitor Guedes 108 pts.
Jorge Luiz Lopes 108 pts.
30º Ezequiel B. 107 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 



Colunistas e Opinião

COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet