COXAnautas - Coritiba Eternamente

30 DIAS GRÁTIS DO CAMPEONATO PARANAENSE Em parceria com a DAZN, o site COXAnautas está oferecendo 30 dias gratuitos pra você assistir ao campeonato Paranaense de 2020. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

28/08, 12h11 | Bola de Couro | Felipe Rauen

Minutos de autossuficiência.

Ontem o Coritiba teve uma apresentação primorosa na primeira etapa, só não fazendo um placar folgado por conta da trave, de imperícia na hora do último chute e do azar por conta de bolas que bateram nos zagueiros. Sobre perícia e imperícia, um parêntese para falar do Wellissol. É muito hábil, rápido e tudo indica que deverá se destacar. Mas tem que compreender que ele é integrante “do” time e não “o” time, e deixar de ser “fominha”. Não fosse, talvez tivéssemos feito um placar que garantisse a vitória.

A meia cancha foi muito bem, com destaque para Juan Alano e Mateus Sales (quanto diferença para o Vítor Carvalho...), os dois que, aliás, estão sendo fatores decisivos para a recuperação do time desde a derrota para o Criciúma, atuando como marcadores e armadores. Giovani não foi espetacular, mas deu conta do recado, mas mais uma vez recebeu cartão amarelo por reclamação, o quarto no campeonato, tendo participado de apenas nove partidas e nenhuma por todo o tempo, o que é uma média altíssima. Precisa de um puxão de orelhas bem dado.

Mas no segundo tempo o time entrou em campo parecendo que tinha tomado um sonífero no vestiário, ou que se sentia dono do jogo, mostrando-se completamente diferente do Coritiba que fez a primeira etapa. Com salto alto, como se diz. A autossuficiência custou caro, pois na primeira metade da segunda etapa o Vitória fez o gol do empate – não culpem o Muralha, a bola claramente foi desviada ao bater nas costas do Mateus Sales.

Aí o time acordou e passou a jogar tal como na primeira etapa, mas mais uma vez o azar e a trave impediram o nosso triunfo. Pagamos pelo modo frouxo e soberbo como entramos em campo na segunda etapa.

Mas considerando a campanha que mantemos, não podemos lamentar muito o resultado, que devemos tratar como um acidente comum em futebol. Não é raro um time jogar melhor, às vezes massacrar o adversário, mas o gol não sair.

Temos que manter o equilíbrio mostrado até agora – fora os momentos de ontem – e tratar de disputar jogo a jogo. A partida seguinte sempre deve ser a mais importante. Temos que nos manter entre os quatro primeiros, de preferência com boa distância para os que se seguirem na tabela. Ser campeões da segundona não importa muito, até porque não é título considerável.

Enfim, parece que encontramos o rumo, mas temos que saber mantê-lo, com confiança, mas com humildade e com os pés no chão.

Debate

  • "Wellissol é Tiriça!!!!"

    R. L. Zanetti | 29/08, 16h05

    • "Respeito a opinião de todos, porém discordo quando ao termo "tiriça" para o Wellissol. Vamos dar tempo e chance para o atleta mostrar o seu potencial. Para mim tiriça é o William Matheus que já teve rezentas chances e até agora não apresentou nada de produtivo."

      Carlos M. | 29/08, 16h30

  • "Concordo com sua análise, Dr. Filipe, mas, pergunto:- o Sr. não acha que as faltas do ROBSON, do Rafael Lima e até do Thiago Lopes, também foram muito sentidas? Me parece que o COXA teria liquidado o jogo ainda na primeira etapa. Mas, é muito agradável ver como nosso time está jogando. Um abraço."

    Arno Ombrellino | 29/08, 14h51

  • "Pensar jogo a jogo E CONCENTRAR-SE. Se tivesse vencido o Vitória, uma derrota em campinas seria tranquilamente suportável graças a pontuação adquirida. Agora contra a PONTE PRETA, uma derrota nos deixará perto do dos concorrentes que virão em seguida. O resultado de empate foi aceitável pois não se pode exigir perfeição e SOMOS DA SÉRIE B. Não vai vencer todas em casa. Mas, foram apenas 2 VITÓRIAS FORA NO TURNO. Então, temos OUTRO TURNO inteiro pra conseguirmos pelo menos 3 vitórias fora (OU MAIS, SE POSSÍVEL). Em casa, miseravelmente, precisamos de pelo menos 6 vitórias. Com mais 4 empates que DEVEM ocorrer, FECHAMOS O ANO NA SÉRIE A. Pra se falar em título, aí, precisa melhorar e torcer pro BRAGANTINO SE ENROSCAR. O CORITIBA TEM A FACA E O QUEIJO NA MÃO...... AGORA, lá vem SETEMBRO..."

    Mauricio D. | 29/08, 13h52

  • "Vejo com simplicidade. Somamos mais um ponto. Já ajuda. Agora, vamos à Campinas. E precisamos pontuar lá. Avante, Coxa!"

    João B. | 29/08, 10h22

  • Ver todos os comentários (13)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Felipe Rauen

O Blog

O nome “Bola de Couro” serve para revelar a geração do autor, que acompanha o Coritiba desde o tempo em que elas eram efetivamente de couro natural, e não sintéticas como hoje. Além de estar atento ao futebol moderno, especialmente graças à tecnologia que tornou o mundo uma aldeia global, o blog de vez em quando trará algumas reminiscências das tantas glórias de que o Coritiba é coberto e que estão mais na memória de cada um do que em imagens físicas, atendendo também a um nicho da “velha-guarda” de Coxanautas que se manifestou desde a primeira coluna do autor. Mas todos, de qualquer geração, serão bem-vindos a colaborar e criticar em espaço que se pretende democrático.

O Autor

Benedito Felipe Rauen Filho, conhecido como Felipe Rauen, é coxa-branca de terceira geração, pois tanto seu avô como seu pai também o eram. Em parte da infância e da juventude morou na rua Maria Clara, a cem metros do estádio do Coritiba, do qual desde casa sentia o "cheiro". Transferiu residência para o Rio Grande do Sul em 1976, onde iniciou carreira como Juiz de Direito, hoje aposentado. Está aculturado naquele Estado em vários aspectos, mas jamais no futebol, pois não adotou time local e torce somente para o Coritiba. É conhecido em todos os círculos que frequenta em terras gaúchas como coxa-branca, conseguindo que inúmeros amigos gremistas e colorados tenham o Coritiba como segundo time ou pelo menos mostrem por ele simpatia. Desde fevereiro de 2.009 é Cônsul do Coritiba em Porto Alegre. Cardiopata, dá trabalho regular ao cardiologista em razão das emoções vividas com e pelo Coritiba, mas tem certeza de que o coração coxa-branca se manterá forte ainda muito tempo para ver o clube alcançar mais e mais glórias.

Classificação Paranaense

FC Cascavel 16
Coritiba 14
A.Paranaense 13
Operário 13
Londrina 13
Rio Branco 12
Cianorte 9
Paraná 9
Cascavel 7
10º União 5
11º Toledo 4
12º PSTC 1

Bolão Paranaense

Melhores Colocados

Alysson Delalibera 42 pts.
Jackson M. Jeranoski 40 pts.
Ido Martini N. 40 pts.
CARLOS CARLOS 39 pts.
Leandro Carlos 39 pts.
Valdir T. 38 pts.
Hedy G. 38 pts.
Luiza Oliveira 37 pts.
Mauro S. 37 pts.
10º Jayme G. 37 pts.
11º Jorge H. 36 pts.
12º Ricardo Honorio 36 pts.
13º Rafael F. 35 pts.
14º Ézio Ricardo 35 pts.
15º Emerson T. 34 pts.
16º j. miranda 34 pts.
17º Ademir Carlos p. 34 pts.
18º Rubens Junior 33 pts.
ERLEI R. 33 pts.
Jose R. 33 pts.
Luiz Bueno Franco 33 pts.
22º Rony A. Stacoviaki S. 33 pts.
23º José A. Lima 32 pts.
Thiago M. 32 pts.
Jorge Luiz Lopes 32 pts.
26º Vera M. 31 pts.
27º Mariana T. 31 pts.
28º T. Filus 31 pts.
29º v. j. cruchelski 31 pts.
30º Luis Henrique 30 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet