COXAnautas - Coritiba Eternamente

30 DIAS GRÁTIS DO CAMPEONATO PARANAENSE Em parceria com a DAZN, o site COXAnautas está oferecendo 30 dias gratuitos pra você assistir ao campeonato Paranaense de 2020. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

20/05/19, 22h34 | Bola de Couro | Felipe Rauen

Pior do que no ano passado.

Pior do que no ano passado.

No ano passado, ao final da quarta rodada, o Coritiba estava em sétimo lugar, com duas vitórias, um empate e uma derrota. Ruim para quem queria ascender à série A do campeonato brasileiro.

Pois se nada é tão ruim que não possa piorar, no final da quarta rodada do campeonato deste ano o clube se encontra no décimo-primeiro lugar com uma vitória, dois empates e uma derrota. Então amigos, como o que importa no campeonato são os números, já estamos fazendo uma campanha pior do que a de 2018.

É cedo, poderão dizer alguns. Mas isso nos disseram durante o ano passado e foram assim nos levando por muitas rodadas até que vimos o resultado.

Difícil analisar um jogo desse time. A bola bate na canela, passes são errados em profusão, chutes a gol mal feitos e erros defensivos à toda hora. Jogadas minimamente ensaiadas nem pensar.

Romércio é tal e qual o inoperante Thalisson Kelvin do ano passado, Wilian Mateus pouco mais fez do que Fabiano. Giovani muitas vezes parece se esconder do jogo. Juan Alano é um substituto perfeito para o Alysson Farias e por aí vamos.

E o Rodrigão merece um tópico à parte. Errou pênaltis nos dois últimos jogos, ambos batidos com displicência, pois corre para a bola saltitante como uma dançarina de balé. E não se pode esquecer que no que converteu contra a Ponte Preta o goleiro quase pegou em razão do modo infantil como cobrado. Se o Rodrigão pensava que se tornaria ídolo no Coritiba, vai ter que melhorar muito e ser mais responsável, bem mais.

Chamou-me a atenção, no intervalo, a repórter da transmissão da TV informando que perguntou ao treinador Louser o que recomendara para o time na volta para a segunda etapa, obtendo como resposta: errar menos e caprichar nos chutes a gol. Puxa, e eu pensei que para ser treinador precisava ter algo a mais, mas não, basta a obviedade.

E por falar em treinador, perder para o CRB é ruim, mas perder para um time treinado pelo Chamusca é ruim demais.

Dizer mais o quê?

Debate

  • "O time desse ano tem chances de subir. O do ano passado não tinha. Não sei nem como não caímos."

    Thiago C. | 25/05/19, 21h12 | Móvel

  • "Tranquilo, concordo com o que vc fala...apenas não gosto de comparaçoes...pois colocam numa mesma posiçao situacoes que ao meu ver sao distintas...valeu abraços."

    Joao Illenseer | 25/05/19, 13h46 | Móvel

  • "Menos...estamos na quarta rodada...E pelo que lembro no ano passado nesta fase ja se contava com a classificacao a serie A. Não podemos comparar, é injusto com o torcedor.São campeonatos distancia. Agora que nosso treinador é ruim...isso é..."

    Joao Illenseer | 24/05/19, 00h25 | Móvel

    • "Discordo, é por causa dessa cultura de "menos", "não é 8 nem 80", "vamos aguardar as próximas rodadas" que todos os anos estamos no perrengue e esperando que o time mostre futebol até a metade do campeonato, quando já é tarde demais. Não entendo como não conseguem ver a ruindade desse time e a falta de perspectiva de melhora, ano passado foi a mesmíssima coisa. Quanto ao técnico, concordamos, ruim demais."

      Andre F. | 24/05/19, 09h10

  • "Rauen, se serve de consolo, considerando os mesmos adversários do ano passado e os mesmos mandos fizemos 5 pontos esse ano contra 2 no ano passado, só contra o CRB tivemos um resultado pior que ano passado. Empatamos em casa contra Ponte, perdemos em casa para o LEC, empatamos fora contra o CRB e perdemos fora para o A. Goiano."

    JOSE L. | 22/05/19, 11h59

  • Ver todos os comentários (59)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Felipe Rauen

O Blog

O nome “Bola de Couro” serve para revelar a geração do autor, que acompanha o Coritiba desde o tempo em que elas eram efetivamente de couro natural, e não sintéticas como hoje. Além de estar atento ao futebol moderno, especialmente graças à tecnologia que tornou o mundo uma aldeia global, o blog de vez em quando trará algumas reminiscências das tantas glórias de que o Coritiba é coberto e que estão mais na memória de cada um do que em imagens físicas, atendendo também a um nicho da “velha-guarda” de Coxanautas que se manifestou desde a primeira coluna do autor. Mas todos, de qualquer geração, serão bem-vindos a colaborar e criticar em espaço que se pretende democrático.

O Autor

Benedito Felipe Rauen Filho, conhecido como Felipe Rauen, é coxa-branca de terceira geração, pois tanto seu avô como seu pai também o eram. Em parte da infância e da juventude morou na rua Maria Clara, a cem metros do estádio do Coritiba, do qual desde casa sentia o "cheiro". Transferiu residência para o Rio Grande do Sul em 1976, onde iniciou carreira como Juiz de Direito, hoje aposentado. Está aculturado naquele Estado em vários aspectos, mas jamais no futebol, pois não adotou time local e torce somente para o Coritiba. É conhecido em todos os círculos que frequenta em terras gaúchas como coxa-branca, conseguindo que inúmeros amigos gremistas e colorados tenham o Coritiba como segundo time ou pelo menos mostrem por ele simpatia. Desde fevereiro de 2.009 é Cônsul do Coritiba em Porto Alegre. Cardiopata, dá trabalho regular ao cardiologista em razão das emoções vividas com e pelo Coritiba, mas tem certeza de que o coração coxa-branca se manterá forte ainda muito tempo para ver o clube alcançar mais e mais glórias.

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet