COXAnautas - Coritiba Eternamente

28/09, 19h45 | Bola de Couro | Felipe Rauen

Ufa!

Depois de uma longa e sofrida série de derrotas, enfim vencemos.

Sem convencer, mas pelo menos não amargando mais uma derrota que nos colocaria em posição muito difícil na tabela. Sim, os pontos é que ao fim e ao cabo foram importantes, mas ao final do jogo eu – e suponho que muitos também – não tive um grito de comemoração, mas um suspiro de alívio.

Foi um jogo de poucos destaques, talvez para Diogo Mateus, Sabino e Robson, mas no mais com as deficiências de sempre. Juan Alano alterna bons e maus momentos no mesmo jogo, às vezes com segundos de diferença, Giovani continua a parecer não comprometido e no lado esquerdo definitivamente não temos ninguém, pois se estava ruim com o Willian Mateus, com o Patrick Brey ficou pior. Foram frequentes os ataques do América pelo lado direito em que não se via o Patrick Brey na jogada, obrigando outros a intervir.

Kelvin nada mostrou, ainda temos que dar um período (pequeno) de carência para sentir se foi boa contratação. Rodrigão parece que desaprendeu a se colocar bem e até mesmo a passar a bola fazendo o “pivô”, jogada que não mais acertou.

E não podemos negar que desta vez os acasos nos favoreceram. De um lado em face do erro do goleiro do América que permitiu o gol do Robson e de outro na marcação do pênalti que originou o nosso segundo gol, penalidade inexistente tanto por não se tratar de falta como por ser lance fora da área. Aconteceram duas penalidades não marcadas, mas uma para cada time, de modo que esses erros não influíram no resultado.

Mas futebol tem disso, um dia a banca paga no outro recebe. Muitas vezes sofremos derrotas e empates por causa de má arbitragem e muitas vezes fomos derrotados ainda que praticando bom futebol. Só que isso é consolo e não incentivo ou esperança. Time bom quase sempre quando vence convence. Hoje vencemos, mas não convencemos e muito ainda tem que ser feito.

De qualquer modo, vamos ver o que o Jorginho pode oferecer para os próximos jogos. Acho que continuar a jogar com três atacantes é temerário. De nada adianta se não houver quem prepare a jogada, isso é primário no futebol. Hoje fizemos os gols, foi fundamental, mas além deles não tivemos nenhuma jogada daquelas que arrancam um “hu” da torcida por ser quase um gol.

Uma palavrinha final para o cartão amarelo recebido pelo Alex Muralha. Há tempo os goleiros vêm se contorcendo a cada defesa difícil que fazem quando o seu time está ganhando, tentando fazer o tempo passar. Estava na hora de começar a reprimir isso. A encenação do Muralha foi tão mal feita, que me pareceu justo que ele tenha sido o primeiro a receber advertência pela prática, embora isso possa nos custar cargo. Agora teremos que ver como se sairá o Rafael Martins contra o Paraná Clube. No ano passado. quando entrou no time não despertou confiança. Preocupa o fato de não aparecer no elenco do Coritiba outro goleiro profissional, o que indica que algum da base deverá figurar como reserva no próximo jogo.

Debate

  • "Amigos Coxas, eu sei e concordo que o time não é nada daquilo mesmo, mas me perdoem alguns, temos que fazer nossa parte.
    Já pensaram SE não subir? Penso que de nada adianta aqui ficar dizendo que o time é covarde, medíocre, sem alma, Rodrigão isso ou aquilo, Muralha isso ou aquilo, etc... O que importa agora é subir. Caso contrário, 3° ano na segunda seria um desastre completo.
    Portanto, acredito que verdadeiros Coxas Brancas devem apoiar esse time que está aí. Essa é a diretoria eleita e esse o time montado.
    Pensem nisso...

    Abraço amigos Coxas!"

    Joel K. | 01/10, 13h39

    • "BUÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ"

      Carlos M. | 01/10, 14h06

    • "Olha, gosto de as vezes expressar opinião aqui, como torcedor, que acredito que você seja. E o mínimo é respeitar o que os outros pensam. Deve se achar engraçadinho postando esse comentário RIDÍCULO. Falta argumento?

      Não defendi ninguém, muito menos essa diretoria medíocre que aí está.
      Mas... Simples: dane-se meu chapa!!!

      Com certeza o clube não precisa de gente como você."

      Joel K. | 01/10, 17h04

  • "Então Rauen, apenas uma pequena defesa para Rodrigão. Não entendi o porque ainda, mas é claro que os jogadores não estão criando jogadas para o Rodrigão. Ele não está recebendo bola.

    No mais seu comentário está perfeito. O que indica que o trabalho do Jorginho terá de ser espetacular para fazer os caras a voltar jogar o futebol da série de 10, da segunda metade do primeiro turno."

    Gerson Lima | 30/09, 23h18

    • "Rodrigão é o famoso pudim..."

      Marcus C. | 01/10, 21h50

  • Ver todos os comentários (35)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Felipe Rauen

O Blog

O nome “Bola de Couro” serve para revelar a geração do autor, que acompanha o Coritiba desde o tempo em que elas eram efetivamente de couro natural, e não sintéticas como hoje. Além de estar atento ao futebol moderno, especialmente graças à tecnologia que tornou o mundo uma aldeia global, o blog de vez em quando trará algumas reminiscências das tantas glórias de que o Coritiba é coberto e que estão mais na memória de cada um do que em imagens físicas, atendendo também a um nicho da “velha-guarda” de Coxanautas que se manifestou desde a primeira coluna do autor. Mas todos, de qualquer geração, serão bem-vindos a colaborar e criticar em espaço que se pretende democrático.

O Autor

Benedito Felipe Rauen Filho, conhecido como Felipe Rauen, é coxa-branca de terceira geração, pois tanto seu avô como seu pai também o eram. Em parte da infância e da juventude morou na rua Maria Clara, a cem metros do estádio do Coritiba, do qual desde casa sentia o "cheiro". Transferiu residência para o Rio Grande do Sul em 1976, onde iniciou carreira como Juiz de Direito, hoje aposentado. Está aculturado naquele Estado em vários aspectos, mas jamais no futebol, pois não adotou time local e torce somente para o Coritiba. É conhecido em todos os círculos que frequenta em terras gaúchas como coxa-branca, conseguindo que inúmeros amigos gremistas e colorados tenham o Coritiba como segundo time ou pelo menos mostrem por ele simpatia. Desde fevereiro de 2.009 é Cônsul do Coritiba em Porto Alegre. Cardiopata, dá trabalho regular ao cardiologista em razão das emoções vividas com e pelo Coritiba, mas tem certeza de que o coração coxa-branca se manterá forte ainda muito tempo para ver o clube alcançar mais e mais glórias.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 59
Sport 53
Atlético-GO 49
Coritiba 47
América-MG 47
Botafogo-SP 44
Paraná 44
CRB 43
Operário 43
10º Ponte Preta 41
11º Cuiabá 39
12º Brasil de Pelotas 38
13º Guarani 35
14º Londrina 35
15º Oeste 35
16º Vitória 33
17º Figueirense 31
18º Vila Nova 31
19º Criciúma 29
20º São Bento 27

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Rupson F. 263 pts.
andre a. 256 pts.
CARLOS AUGUSTO B. 251 pts.
Leandro R. 246 pts.
Waldir Laska 241 pts.
Rui Valente 237 pts.
Leonel S. 234 pts.
Ricardo Honorio 229 pts.
Marcelo luczyszyn 228 pts.
10º Jose R. 224 pts.
11º Marcelo G. 222 pts.
12º Rodrigo P. 221 pts.
13º Hedy G. 219 pts.
14º Juarez Mocelin 218 pts.
15º Marcio Cardozo 218 pts.
16º Marcelo Carneiro 218 pts.
17º Ido M. F. 217 pts.
18º Julio C. R. 216 pts.
19º João L. 213 pts.
20º Gelson Roberto M. 213 pts.
21º Bruno P. 211 pts.
22º Job Grassi 211 pts.
23º Tiago L. 211 pts.
24º Luiz C. 209 pts.
25º Antonio Alvaredo Filho 207 pts.
26º Johnny Pietrobelli 207 pts.
Ézio Ricardo 207 pts.
28º Valdir T. 207 pts.
29º Robson R. 205 pts.
30º Alysson Delalibera 205 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Rupson F.
2º andre a.
3º CARLOS AUGUSTO B.
4º Leandro R.
5º Waldir Laska

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet