COXAnautas - Coritiba Eternamente

20/07, 00h36 | Coração Verde e Branco | João Luiz Albuquerque

Mais um festival de erros

Eu sinceramente odeio escrever após derrotas, mas infelizmente ultimamente está complicado comentar algo de bom.

Se jogando no Couto Pereira o Coritiba fez partidas bisonhas sendo engolido por Sport e perdendo para uma equipe praticamente juvenil do Fluminense, hoje o Coritiba conseguiu ser goleado pelo fraquíssimo time da Ponte Preta.

Quem acompanha minhas colunas sabe que eu realmente não me incomodo com as derrotas, o que me irrita é como as derrotas ocorrem, e no nosso caso elas vem da pior maneira possível, visto que a tempos somos uma equipe sem padrão nenhum, temos um meio de campo que não marca e não cria, a lateral direita sofre um rodízio absurdo e as falhas de marcação não são corrigidas, o ataque vive de bolas lançadas na área (não cruzadas, lançadas, o famoso e inútil chuveirinho) e pra finalizar a defesa é um convite a felicidade, alheia.

Sem Kleber (suspenso até setembro), Alecsandro (suspenso), Anderson, Thiago Real, Werley, Wallison Maia e Alan Santos (machucados), Pachequinho entrou novamente com Henrique Almeida, que não vem em boa fase e que após o pênalti desperdiçado contra o Fluminense, passou a receber todo o ódio da torcida do Coritiba, fato com que não concordo, mas sobre o qual conversaremos outra hora.

Para suprir o meio de campo o treinador Coxa Branca resolveu escalar Edinho, Jonas, e Galdezani, indo a campo ainda com Willian Matheus como uma espécie de ponta/meia.

Um meio de campo com Jonas, Edinho e Galdezani era óbvio que não iria dar certo. Edinho ganha uma fortuna por mês, mas é tão inútil ao Coritiba quanto olhos azuis em mulher feia e pra completar, entregou o primeiro gol para a Ponte Preta, o qual a meu ver, iniciou a catástrofe de hoje. Fora o comentado, o time precisa de um mínimo de ação no meio, o treinador não pode simplesmente abrir mão do meio de campo e acreditar que vai viver de bolas jogadas a esmo na área ou de chutões pra frente e que isso vai dar certo, se Tomas Bastos não serve (e não serve mesmo) e não temos como contratar um meia de qualidade, então que se busque na base, Yan Sasse está no banco e não é pior que Tomas Bastos, fora isso tem o time sub-20 exatamente para isso.

Pachequinho criou um sistema muito interessante de jogo com o trivote e com Kleber e Henrique Almeida. Infelizmente o trivote não se encontra e Kleber está suspenso, porém, Pacheco não percebeu que não se pode substituir Kleber por Alecsandro e esperar o mesmo resultado, visto que as características dos jogadores são completamente distintas. Acredito até que Alecsandro teria melhor êxito entrando no lugar de Henrique Almeida em uma equipe com dois pontas abertos e com dois laterais.

Infelizmente começamos bem o ano e hoje estamos em uma fase terrível, tudo de bom que Pachequinho construiu, ele mesmo conseguiu destruir, uma pena. Sejamos justos com as lesões e a suspensão de Kleber, mas a falta de padrão, os desarranjos táticos, a falta de capacidade em se reverter um cenário negativo e principalmente as invencionices minaram Pachequinho, o qual deverá ficar marcado em nossa história como o excelente jogador que foi.

Saudações Sempre Alviverdes.

Discordou:
+3 Concordou:

Debate

  • "Olhos azuis numa mulher feia, Edinho no time e feriado no domingo. kkkkkk.

    Terrível.

    Pachequinho tinha um time, um enredo, um discurso, um esquema tático. Tudo mudou quando todos perceberam que jogamos apenas com três no meio. Não há recomposição.

    Colocar um técnico com mais variações táticas e que seja o menos pardal possível.

    Entre Mancini e Marcelo Oliveira prefiro o Tcheco."

    Gerson Lima | 20/07, 12h37

  • Ver todos os comentários (1)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de João Luiz Albuquerque

O Blog

O Autor

Classificação Brasileiro 2018

Fortaleza 19
CSA 15
Avaí 14
Coritiba 14
Vila Nova 13
Figueirense 12
Paysandu 12
Atlético-GO 11
São Bento 11
10º Guarani 10
11º Oeste 9
12º Brasil de Pelotas 8
13º Londrina 8
14º Sampaio Corrêa 7
15º Ponte Preta 7
16º Juventude 7
17º CRB 6
18º Boa Esporte 4
19º Goiás 2
20º Criciúma 1

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Lucas G. 61 pts.
Ademir Carlos p. 55 pts.
Jair Kluska 55 pts.
Arno Ombrellino 54 pts.
Cristian C. 54 pts.
Antonio Alvaredo Filho 54 pts.
Rosemeire V. 53 pts.
JORGE H. 53 pts.
Fernando Taschetto 53 pts.
10º Luiz Alberto Bulgarelli Girão 53 pts.
11º Marcelo G. 52 pts.
12º Luci M. 52 pts.
13º Ricardo L. 51 pts.
14º Raphael Kussumoto 51 pts.
15º Marcelo N. 50 pts.
Rupson F. 50 pts.
17º Aramis Vieira 50 pts.
Alysson Delalibera 50 pts.
19º Valmir Faria 49 pts.
20º Jackson M. Jeranoski 49 pts.
21º Tiago L. 49 pts.
22º CARLOS AUGUSTO B. 48 pts.
José Lima 48 pts.
Walter Carvalho 48 pts.
25º Clairton Cleto 48 pts.
26º Johney S. 48 pts.
27º Fabio C. 47 pts.
28º Edison S. C. 47 pts.
v. j. cruchelski 47 pts.
Marcos José Kuff 47 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

TV COXAnautas

Ainda não tá bom!

Com um "convidado" bem conhecido e especial, falamos da vitória de 1 x 0 contra o Brasil de Pelotas e o que precisa ainda acontecer no Coritiba.

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2018 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet