COXAnautas - Coritiba Eternamente

30 DIAS GRÁTIS DO CAMPEONATO PARANAENSE Em parceria com a DAZN, o site COXAnautas está oferecendo 30 dias gratuitos pra você assistir ao campeonato Paranaense de 2020. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

28/05, 22h32 | Elizeu | Elizeu

1985 - quase 35 anos

O CORITIBA E UMA CONQUISTA INÉDITA...

O campeonato Brasileiro de 1985 começa com 4 grupos e nos grupos A e B ficam as 20 maiores agremiações do futebol Brasileiro, enquanto que nos grupos C e D são as agremiações de menor expressão, convidados pela CBF ou que foram campeões de seus estados!

E o "Coritiba" cai no Grupo A junto com America Carioca, Atletico Mineiro, Botafogo(RJ), Corinthians, Grêmio, Santa Cruz, Guarani, Palmeiras, e Fluminense.

No grupo B: Flamengo, Vasco, Santos, São Paulo, Cruzeiro, Bahia, Internacional, Nautico, Goias e Portuguesa de Desportos.

No grupo dos clubes convidados, os mesmos foram divididos da seguinte forma:

Grupo C: Nacional(AM), Paysandu, Remo, Sampaio Correia, Flamengo(PI), Ceara, ABC, Botafogo(PB), Sport, CSA, Sergipe e Mixto.

Grupo D: Vila Nova(GO), Brasilia, Leoncio, Vila Nova(MG), Uberlândia, Desportiva,Bangu,Ponte Preta,Corumbaense,Pinheiros,Joinville e Brasil de Pelotas.

Na primeira fase os clubes do grupo A jogaram contra os do grupo B em turno e returno e classificaram-se os 4 primeiros!

Os do grupo C e D jogam em seus grupos na primeira fase e no returno jogam um contra o outro! E classificaram-se os 4 melhores de cada turno em seus grupos(e ai começa a ruir a CBF, com suas tramas e seus dramaturgos de plantão e já naquela época a CBF não tinha a tabela feita uma semana antes de começar o campeonato)!

E notem em que grupo o Bangu se encontra.


CORITIBA:FÉ NO CONJUNTO

Com um elenco até então considerado bom, o Coritiba entra no Brasileiro sonhando, pois afinal no Brasileiro de 1984 já tinha ficado em uma boa colocação e neste ano, 1985, todos até poderiam sonhar com com titulo e aventava-se que o Coxa poderia sim brigar por título.

Muita pretensão? Para o tecnico Dino Sani não! Seu Dino falava que a garotada que viu no Elenco Atual, mesclada a mais alguns atletas experientes, ia dar um bom caldo.

E principalmente Helio Alves, na época supervisor, advertia Dino Sani que o Campeonato Brasileiro era uma competição dificílima e alguns atletas escutaram o papo. Aí Dino Sani chamou a todos e falou bem alto: quero que vocês se doem e se cada um fizer o melhor poderemos sim chegar ao titulo Nacional!

E depois destas palavras o presidente Evangelino Costa Neves se viu obrigado a trazer mais alguns jogadores conseguindo emprestar 800 milhões e com a grana adquiriu o passe de Rafael Goleiro e mais uns 3 ou 4 atletas.

E no elenco, já se encontravam, entre outros, Lela, Edson, Índio, e os pratas da casa Toby, Gerson, André, Elizeu, Vavá, Helcio, Gil, e estes atletas sonhavam em fazer um grande Brasileiro, melhor que o realizado em 1984 que já havia sido bom, para poderem quem sabe serem lembrados e até ir para a copa de 1986(Mexico), com Dida e Marildo vindo do Colorado.

E o elenco do Coritiba depois da saída de alguns e chegada de outros ficou assim: Rafael,Jairo e Gerson (Goleiros) com Renato da base, também goleiro, subindo durante a competição, Divino,Vava,Amaral, Adilço, Gardel, Heraldo, Caxias e Gomes(zagueiros),Dida, Serginho, Andre e Zé Carlos(laterais) Marildo, Tobi, Marco Aurélio, Elizeu, Helcio, Aragonez, Paulinho e Almir(meio-campo), Vicente,Indio,Edson, Lela, Gil e Luisinho(ataque) - Prep. Físico: Odivonsir Frega - Técnicos: Dino Sani, Dirceu Kruger e Ênio Andrade. Médicos João Carlos Vialle e Wellington.

E entre todos estes o Coritiba contava com um feiticeiro ou milagreiro Osvaldo Sarti massagista e o auxiliar dele, Tio Mário e alguns dos diretores eram Hélio Alves, Estevão Damiani Neto, Ely Thomaz de Aquino e Presidente Evangelino da Costa Neves.

A SAGA DE UM CAMPEÃO!

O Coritiba começa a sua saga ao titulo Brasileiro com uma bela vitoria sobre o São Paulo,e aquele era um domingo de Indio que faz 2 gols e estava muito inspirado não deixando Abelha voar e Tobi que fez o 1º gol do Coritiba naquele Brasileiro inesquecível.

Animado com a estreia sobre o São Paulo pega o Cruzeiro,na quinta-feira a noite e Indio faz mais 2 gols e torna-se artilheiro do campeonato com 4 gols,com Tostão descontando para o Cruzeiro com o placar final apontando 2 x 1 Coxa.

O Coritiba continua animado, mas no confronto contra o Bahia em Salvador, vem a primeira derrota: 2 X 1 e Indio marca de novo.

Saindo de Salvador passa no Rio de Janeiro pega o Vasco e toma um toco 3 x 0 para o Vasco, com gols de Roberto Dinamite, 2, e Vitor jogo em que o "baixinho" Romário faz sua estréia no profissionalismo. O 1º tempo termina em 0 X 0 e um dos zagueiros do Coritiba sai contundido e Heraldo entra no intervalo. Logo no início o Vasco abre o placar e Dino Sani, aos 23 minutos, tenta mudar o panorama trocando Paulinho na meia cancha por Elizeu. O jogo estava equilibrado e em um lance, Elizeu bate de fora da área com a bola raspando o travessão, e o Coxa não conseguiu chegar ao empate. Quando a partida já se encaminhava para o seu final, aos 40, o Coxa leva o 2º gol e aos 44, o 3º. Houve, nessa partida, uma certa desavença no vestiário entre alguns atletas por causa do pênalti cometido por Dida, e que na continuação constatou-se que aquela discussão, digamos assim, acabou sendo produtiva e uniu ainda mais o elenco.

Depois deste jogo Dino Sani recebe uma proposta das Arábias e deixa o Coritiba, e Dirceu Kruger assume e o Coritiba empata em casa com o Goias em 0 X 0!

Ênio Andrade chega e já estreia e numa quarta-feira a noite o Coxa pega o Flamengo no Alto da Gloria e perde de 1 x 0 com gol de Gilmar Popoca. Muita reclamação por um impedimento de Indio que não existiu!

Depois mais 2 derrotas seguidas, uma para o Internacional no Beira Rio onde o Coxa sofre uma goleada: 4 x 0 com 2 gols do ex-coxa branca Luiz Freire, Jussiê e Silvinho em Porto Alegre, e na sequência nova derrota para a Portuguesa, 1 x 0 gol de Luiz Pereira!

Depois de 3 derrotas estava na hora de voltar as vitorias e no jogo contra o Náutico, o Coritiba volta a vencer com gols de Indio e Edson, mas volta a perder na ultima rodada para o Santos por 1 X 0 com gol de Formiga!

SEGUNDO TURNO:

O segundo turno começa de novo com mais uma vitoria sobre o São Paulo, 1 X 0 em pleno Morumbi. Saindo de São Paulo vai até Belo Horizonte jogar contra o Cruzeiro e ganha de 3 x 2 numa virada sensacional com 2 gols de Indio e um de Paulinho enquanto que para o Cruzeiro fizeram Dedé e Carlinhos Sabiá(aquele mesmo do rival Atletico(PR). Detalhe que o Coxa jogou frente ao Cruzeiro em BH com 4 atletas que não eram considerados titulares e mesmo assim venceu a Raposa lá.

Com duas vitorias fora de casa todos pensavam, agora vai dar um show contra o Bahia, a sensação do campeonato, que até então tinha a melhor campanha, mas a pedra no sapato do Coritiba continuou, pois mais uma vez deu Bahia com uma vitoria de 2 x 1, gols de Celso zagueiro e Leandro meio campista, com Lela descontando para o Coritiba! E a sina continuava em não ganhar no Alto da Gloria e agora foi a vez do Vasco, empate em 0 x 0 no Couto Pereira.

Mais 2 jogos fora de casa, um em Goiania onde vence o Goias por 2x0 com gols de LeLa e Vicente que substituiu Edson e Vicente desequilibrou o jogo, fazendo um gol e dando o passe para o gol de Lela.


E o Coxa vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo, o time que no primeiro turno o Coritiba havia perdido. E mais um jogo pegado com muitas jogadas rispidas e perigo de gols para ambos os lados, ate que Marildo fez 1 x 0 e tome sufoco do Flamengo.

E o Coritiba volta a jogar no Alto da Gloria, e contra o Internacional o time que no primeiro turno o goleou, e o placar final aponta 0 x 0.

E no dia 07/04/1985 mais uma derrota em casa agora para a Portuguesa, 2 x 0 com gols de Jones e Toninho.

No dia 10/04/1985 vai até Recife jogar contra o Nautico, sem Lela e Edson e jogam Elizeu e Vicente, e nova derrota, 2 x 0 com gols de Baiano e Neto!

A classificação passa a ser um sonho, afinal teria que vencer o Santos. Caso não vencesse o Santos o Fluminense não poderia ganhar do Bahia. Naquele 14/04/1985, um domingo ensolarado quando aparecem mais de 31.000 torcedores ao Alto da Gloria, com um unico objetivo,em torcer para um vitoria do Coritiba contra o Santos!

E todos com os olhos no jogo contra o Santos e ouvido no radinho no jogo do Maracanã onde também o Fluminense jogava contra o Bahia.

E o jogo começa em Curitiba e no Rio de Janeiro ao mesmo tempo!

No Rio logo aos 18 minutos Marinho faz 1 x 0 sobre o Fluminense e Vavá faz 1 x 0 para o Coritiba aos 26 minutos, e até ai estava classificando o Coritiba, mas o zagueiro Marcio empata para o Santos aos 29 ainda do primeiro tempo e termina o primeiro tempo com o Coritiba ficando com 11 pontos e o Fluminense com seus 9 pontos.

Começa o segundo tempo e o Fluminense faz 2 gols com Washington aos 30 e 34 minutos e vai a 11 pontos e melhor saldo de gols que o Coritiba, e a vaga passa a ser do Fluminense que tem o melhor saldo de gols.

Começa o drama do Coritiba e da sua torcida que não abandona o Couto Pereira, a torcida ouvia pelo radio a vitoria do Fluminense e a desclassificação do Coritiba!

Mas a torcida não vai embora e continua a empurrar a equipe e aos 45 minutos do segundo tempo o veterano Marco Aurelio pega a bola na pequena area do Santos e livra-se do zagueiro e parecia indeciso para chutar! Ao seu lado chega Lela com tudo e de bico manda para as redes decretando 2 x 1 e fazendo a torcida explodir, classificando o Coritiba!

-Em sua unica vitoria em casa no segundo turno,e agora somando 12 pontos o Coxa é campeão do seu grupo.


E o Coritiba cai no grupo F junto com Corinthians(uma verdadeira seleção e candidato ao titulo), Sport e Joinville e o campeonato tem uma paralisação por causa das eliminatorias da copa do mundo, e enquanto isto o tecnico Enio Andrade solicita amistosos à diretoria.

Na volta do campeonato o primeiro compromisso é contra o Sport em Recife, e o Coxa vem com um bom resultado, um empate em 1 x 1 com gols de Marildo para o Coritiba e de Milton Cruz que saiu do Coritiba 2 semanas antes do Brasileiro se iniciar e foi para o Sport.

O seu próximo compromisso foi contra o Corinthians que tambem vinha de um empate com o Joinville em 0 x 0, mas vinha com tudo até Curitiba para vencer. E logo que começou o jogo Lela fez 1 x 0 aos 11 minutos do primeiro tempo, e ai foi muito sufoco, mas o Coritiba se segurou até o fim.

No jogo contra o Joinville, outra vitoria 2 x 1 com gols de Lela e Dida, com Reginaldo descontando para o JEC.

Nos jogos de volta o Coxa começa com uma derrota para o Corinthians 1 x 0, gol de Vladimir e o Corinthians começa a sonhar com a classificação.

E começa a semana de definição: com um empate em Santa Catarina diante do Joinville e uma vitoria sobre o Sport em casa o Coxa iria se classificar. Ao Joinville resta uma vitoria sobre o Coritiba em casa e um empate contra o Corinthians. Já o Sport Recife teria que vencer os seus 2 jogos que faltavam e torcer para o Coritiba perder pelo menos um, enquanto o Corinthians continuava com um fio de esperança se vencesse seus 2 ultimos jogos e o Coritiba viesse a perder as duas partidas a fazer.

Mas se o Coritiba pensava em empatar em Joinville, ficou ainda melhor ao derrotar o Joinville por 1 x 0 com gol de Lela. Agora era só empatar com o Sport em casa e se classificar para a semi-final!

E foi isto que aconteceu um empate em 0 x 0 e muito sufoco do Sport que precisava da vitoria!

Somando 8 pontos o Coritiba estava classificado e estava na semi-final!

SEMI-FINAL

O Coritiba vai jogar contra o Atletico Mineiro,uma equipe que o Coritiba nunca havia vencido em Brasileiros.

E não iria contar com seu goleiro titular Rafael, mas conta com Jairo que diz: Sou jogador de decisão!

O Couto Pereira estava lotado com mais de 36.000 torcedores dando um show nas arquibancadas.

Logo que começa o jogo Reinaldo lança Sergio Araujo e ele bate forte e rasteiro, mas Jairo pega seguro e mostra a ele e a todos que quem mandava ali era ele, Jairo!

Em seguida uma falta para o Atletico Mineiro na lateral e o ponteiro Edson leva uma garrafada de um torcedor que queria acertar Sergio Araujo. Aos 30 minutos da um apagão no Couto Pereira coisa de Osvaldo Sarti, mas volta 20 minutos depois. E ai o Coritiba entrou no jogo. Começou o segundo tempo e o Coritiba foi logo mostrando quem mandava no Alto da Gloria, e Edson escapou pela esquerda e mandou uma bola na trave de João Leite,e o Coritiba continua em cima até que aos 12 minutos consegue um escanteio.

E Gil vai para a cobrança do corner, a bola sai de seus pés e encontra a cabeça de Edson que raspa nela, que vai cair nos pés do zagueiro Heraldo e ele não pensou duas vezes para enfiar o pé nela e fazer Coritiba 1 x 0, e ai foi só manter o resultado!

SEGUNDO JOGO DA SEMI-FINAL!

Dia 28/07/1985 se qualquer reporter perguntasse qual equipe era favorita, todos os jogadores do Coritiba diriam: é o Atletico Mineiro que tem o melhor elenco e joga em casa!

Mas 3.000 torcedores que viajaram 1000 km que separam Curitiba de Belo Horizonte, não pensavam assim e pra eles o Coritiba era o melhor.E calaram 65.000 atleticanos,em pleno Mineirão!

Começa o jogo muito pegado onde o Atletico Mineiro não da trégua ao Coritiba e o Coxa tenta sair mas só consegue um único chute com Lela.


Rafael fez um verdadeiro milagre no segundo tempo onde pegou uma bola que já estava entrando, que até hoje, 30 anos depois, é lembrada e reprisada.

Um empate com sabor de VITORIA e o Coritiba estava na final.......

***

Quer saber mais sobre a grande conquista do Coritiba em 1985. No próximo domingo, 31 de maio de 2020, vai ter reprise da Final na TV.

Ou quem não puder ver na TV assista o filme "Heróis do Maracanã", que inclusive pode ser visto via Youtube.

CORITIBA FOOT BALL CLUB CAMPEÃO BRASILEIRO DE FUTEBOL (1985)

Há quase 35 anos atrás, há quase 3 décadas e meia o Coritiba foi o 1º clube paranaense a trazer para o estado do Paraná o Caneco Nacional através da conquista do Campeonato Brasileiro de Futebol.

Debate

  • "Muito bom Elizeu, parabéns!!!
    Adorei recordar uma grande parte desses jogos que voce descreveu!
    E foi emocionante rever aquela fantástica decisão!"

    Edson T. P. | 01/06, 18h08

  • "Grande lembrança Elizeu. dentre os dirigentes não estaria também Armando Neme? Um abraço."

    Arno Ombrellino | 01/06, 08h55

  • "Parabéns Elizeu . Obrigado por nos proporcionar , junto de seus companheiros , momentos de glória , tão difíceis nos dias atuais . E espero que um dia possamos voltar a ser grandes , como merecemos . Forte abraço."

    Daniel Wilians | 01/06, 08h41

  • "Que bom matar a saudade hoje e reviver a grande conquista de 1985. Parabéns aos campeões."

    Tadeu A. | 31/05, 20h48

  • "O caminho do Bangu para a final foi MUITO mais fácil. Bangu e Brasil de Pelotas chegaram por grupos que mais se assemelhavam a uma segunda divisão. O campeão, por merecimento, TINHA que sair do confronto entre Coritiba e Galo. Graças a Deus foi assim. Graças a Deus foi o nosso Coritiba!!"

    Pedro R. | 31/05, 18h29 | Móvel

  • Ver todos os comentários (15)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Elizeu

O Blog

Esse espaço destina-se oferece à nação Coxa-Branca. Um raio x do alvi-verde paranaense, proporcionando a oportunidade de se ter uma análise criteriosa do rendimento do Verdão do Alto da Glória.

O Autor

Elizeu iniciou nas categorias de base do COXA no ano de 1977, conquistando os títulos de CAMPEÃO, BI-CAMPEÃO e TRI-CAMPEÃO da Copa Tribuna, fazendo parte da Seleção Paranaense de Júnior. Na sequência foi profissionalizado, tendo a honra e a alegria de ter feito parte do elenco campeão brasileiro de futebol em 1985.

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet