COXAnautas - Coritiba Eternamente

29/11, 14h12 | Elizeu | Elizeu

Preparação Inicial no CT

O futebol para o Coritiba em 2018 já se encerrou há algum tempo, pois rodadas antes do término da Série B o Coxa já não nutria nem chances matemáticas de acesso.

Veio a tentativa de destituição do Presidente Samir Namur e que não deu em nada.

E o Coritiba continua...

Gostei da opção de iniciar a preparação de 2019 no próprio Centro de Treinamentos do Coritiba.

Mesmo com parcerias fazer a preparação inicial em Foz do Iguaçú por exemplo, como vinha ocorrendo nos últimos anos, significa sempre algum custo.

O que vale é o modo como os treinamentos serão intensificados.

Claro que a Preparação Física no retorno dos atletas das férias é importante, aliás muito importante, já que mais de 85% do futebol praticado nas quatro linhas hoje, depende do Preparo Físico. O futebol perdeu muito em sua beleza com a prioridade dada à parte física, mas me parece que não tem mais volta.

É interessante atentar para certos detalhes, e , não se pode deixar de lado os treinos com cruzamentos, exercitar as tabelinhas, os chutes a gol, o posicionamento para escanteios contra e a favor e assim vai...(exercitar incansavelmente os passes de curta, média e longa distância é imprescindível, bem como treinamentos de cobranças de faltas e de penalidades máximas).

No mais, vamos torcer para que o 2019 do Coritiba seja melhor, aliás precisa ser muito melhor, que o ano de 2018.

S A V

Debate

  • "Vi e ouvi hoje pela imprensa local, que o Coritiba quer primeiro se "livrar" de alguns "pangarés", antes de pensar em contratações para a montagem do time para 2019. Se for esperar que alguem se interesse pelos Simião, Rafael Silva, Belusso, etc., então a montagem do elenco para o ano que vem vai demorar e muito. Aliás, arrisca até se apostar que essa "pangarezada" vai continuar no elenco no ano que vem, por pura falta de interesse de outros times em contratá-los....."

    Alvyr J. | 03/12, 23h46

  • "Põe os cara pra jogar contra os times amadores de Curitiba. Talvez nossos jogadores aprendem o que é jogar furebol e talvez descobrimos algum craque ainda não profissionalizado."

    O. Yossafat | 30/11, 11h54 | Móvel

  • "Com certeza perdeu o patrocínio, pois com esta ANTA de presidente, nenhum empresário quer ao menos se aproximar do COXA."

    Carlos M. | 30/11, 08h27

  • "Com este plantel maravilhoso montado por gênios do futebol pode treinar 10.000 anos que não resolve. Não está no DNA deles, não são jogadores de futebol, são instrumentos para enriquecer empresários."

    Antonio Henrique Dias | 30/11, 07h43

  • "Muito boa a lembrança da preparação inicial Elizeu. Bem oportuna para o momento. Independente se é no CT ou onde quer que seja, acredito que é um dos melhores momentos para organizar o grupo para o ano cheio de desafios.

    Momento ideal para definir estratégias, táticas, aprimoramento físico e trabalhos técnicos. Nessa hora, o grupo deve treinar com exaustão os esquemas de jogo, levando em conta as características do elenco, adversidades durante uma partida, jogadas ensaiadas, transição entre setores, fundamentos como pontaria, bola parada e cobrança de faltas, além de preparação física. E o campeonato Paranaense deveria ser visto apenas como um complemento dessa preparação para ganhar ritmo de competição e conjunto, colocando em prática os conceitos treinados, e corrigindo os defeitos e conflitos tão logo apareçam.

    Quando começa o torneio principal (série B e Copa do Brasil), aí é para valer. Desde o primeiro até o último, todos os jogos são decisões, onde cada detalhe é importante e os tropeços poderão custar caro.
    E nesse momento, a comissão técnica servirá mais para motivar os atletas, ficar sempre perto dos jogadores e cobrar um rendimento cada vez maior do time, dentro de tudo que foi treinado, com metas a serem atingidas e avaliações individuais. E tudo sem perder o controle do grupo, mantendo o foco e a confiança dos jogadores, e sabendo ajustar as estratégias de acordo com desfalques, fadiga e características dos adversários. Trocar de comissão técnica durante o torneio é atestado de incompetência e fracasso, e mostra que dificilmente o trabalho será bem sucedido no final.

    Claro que nada disso é fácil de se obter e parece tudo muito utópico. E claro que facilita muito o trabalho quando se tem um elenco equilibrado e com atletas de qualidade que se "encaixam" no esquema desenhado.
    Mas com uma boa preparação, temos grandes chances de obter sucesso, principalmente contra adversários e clubes deficitários.
    E para isso, devemos ter profissionais que entendam bem de campo e de vestiário, com identificação do projeto do clube e com formação que consiga colocar em prática o planejado, sem deixar de considerar o fator humano. Para isso, é importante trazer jogadores de nível bom (pelo menos melhor do que o dos demais concorrentes) e com histórico de profissionalismo e saúde, e que estejam dispostos a encarar esses desafios.

    Será que seriam Samir, Argel e Pastana pessoas certas para cumprir todo esse desafio? E com redução de rendimentos? Posso estar enganado, mas acho que dificilmente ocorrerá. Em 2018 nada disso ocorreu, onde o fracasso e o amadorismo foram a marca do Coxa. Tomara que a lição tenha sido aprendida, embora os sinais demonstram que não...

    O coritiba não tem mais espaço para amadores."

    Carlos Maia J. | 30/11, 01h15

  • Ver todos os comentários (9)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Elizeu

O Blog

Esse espaço destina-se oferece à nação Coxa-Branca. Um raio x do alvi-verde paranaense, proporcionando a oportunidade de se ter uma análise criteriosa do rendimento do Verdão do Alto da Glória.

O Autor

Elizeu iniciou nas categorias de base do COXA no ano de 1977, conquistando os títulos de CAMPEÃO, BI-CAMPEÃO e TRI-CAMPEÃO da Copa Tribuna, fazendo parte da Seleção Paranaense de Júnior. Na sequência foi profissionalizado, tendo a honra e a alegria de ter feito parte do elenco campeão brasileiro de futebol em 1985.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 35
Coritiba 33
Atlético-GO 30
Sport 30
Cuiabá 29
CRB 27
Botafogo-SP 27
Ponte Preta 27
Londrina 25
10º Operário 25
11º Paraná 25
12º Brasil de Pelotas 22
13º América-MG 21
14º Figueirense 21
15º São Bento 19
16º Vitória 19
17º Vila Nova 19
18º Oeste 19
19º Criciúma 18
20º Guarani 13

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Leandro R. 154 pts.
andre a. 149 pts.
Marcelo Carneiro 149 pts.
Leonel S. 148 pts.
Wellingtton Wellingtton 140 pts.
Ido M. F. 139 pts.
Hedy G. 138 pts.
Marcelo G. 135 pts.
Marcelo luczyszyn 135 pts.
10º Ricardo Honorio 135 pts.
11º Rodrigo P. 134 pts.
12º Juarez Mocelin 132 pts.
13º Robson R. 131 pts.
14º Gilmar Francisco das Chagas 131 pts.
15º Rupson F. 131 pts.
16º Alexandre Franco 130 pts.
17º CARLOS AUGUSTO B. 129 pts.
18º Luiz C. 127 pts.
19º Job Grassi 127 pts.
20º Admir Rosa 126 pts.
João L. 126 pts.
Julio C. R. 126 pts.
23º Rafael 126 pts.
L. G. Coltro 126 pts.
Alysson Delalibera 126 pts.
26º Rodolffo F. 125 pts.
27º Alysson Castro 125 pts.
28º Ricardo T. 125 pts.
29º Jose R. 124 pts.
F. 124 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Leandro R.
2º andre a.
3º Marcelo Carneiro
4º Leonel S.
5º Wellingtton Wellingtton

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet