COXAnautas - Coritiba Eternamente

25/02, 10h05 | Falando de Bola | Ricardo Honório Alves

A cada manobra, o barco afunda mais!

Há tempos o Coritiba presidido por Samir Namur não motiva ninguém. O público presente nos jogos disputados no Couto Pereira mostra isso. Nas redes sociais o que mais se lê são pessoas dizendo que o Coritiba deixou de ser algo importante em suas vidas.

Eu não julgo essas pessoas. Não tiro a razão delas. Ir ao Couto Pereira ver o Coritiba jogar deixou de ser um ato puro de torcedor que ama o seu clube, passando a ser o mais exemplo de masoquismo.

E este ato de masoquismo se agrava ainda mais a cada ato do presidente ou entrevistas de funcionários do clube. Ontem, a entrevista de Rodrigo Pastana após a partida foi um enorme disparate contra o torcedor Alviverde.

Quem o diretor quer enganar com as palavras ditas? Talvez os surdos, que neste momento, podemos dizer que “tem sorte” por não ouvir as besteiras ditas pelo diretor. A principal delas, dizer que Umberto Louzer foi contratado por saber dividir a liderança com os jogadores.

É inacreditável ouvir tamanha besteira. Este elenco do Coritiba, incapaz de vencer jogos dentro de casa contra adversários medíocres, jamais melhorará seu rendimento por poder “opinar” junto ao treinador.

O grande problema do Coritiba não é a possibilidade de dividir liderança, mas sim da latente falta de qualidade técnica. Como um elenco que não consegue vencer um jogo dentro de casa, terá um bom rendimento em uma competição nacional de nível muito mais elevado.

Ao escutar a entrevista de Pastana, tem-se a exata noção do porquê do Coritiba estar nesta situação. Para o diretor, tudo está dentro do planejamento. Eles, diretor e diretoria, são os senhores da razão. Os torcedores, apenas um detalhe, que não tem o conhecimento e a compreensão necessária do “excelente” trabalho que estão fazendo.

Dos meus 43 anos de idade, 38 indo ao Couto Pereira, eu jamais vi o clube passar por um momento tão ruim, vexatório. E o pior de tudo é que não tenho nenhuma esperança que isso irá mudar de um dia para o outro.

Empatar em casa contra times medíocres, ser eliminado pela URT, perder um titulo dentro de casa para o Toledo, parece ter virado uma coisa normal no Alto da Glória. Ninguém mais se indigna com isso, e para os que lá trabalham, tudo isso faz parte do planejamento.

Os comandantes do clube continuam achando que estão fazendo a coisa certa, apesar do barco estar visivelmente afundando. E com o navio afundando, o capitão continuará a gritar em seu megafone que a manobra para levantar o barco está correta, apesar do casco estar rachado e da proa estar completamente embaixo d´agua.

O Coritiba pode trocar técnico a cada dez jogos que o problema nunca vai acabar, enquanto os diretores que lá estão continuarem a dar pitacos na formação do elenco ou na escalação da equipe. Com seu profundo desconhecimento sobre futebol, a cada atitude tomada pela diretoria, mais um pedaço do navio vai afundando, e ficando praticamente impossível mantê-lo submerso.

Não vejo outra solução para o Coritiba a não ser recomeçar mais uma vez, mesmo que tardiamente, ainda há tempo de mudar o panorama para a disputa da Série B. E a mudança pode começar pela demissão de Rodrigo Pastana. A justificativa dada para a contratação de Umberto Louzer já seria motivo suficiente para mandar o diretor para bem longe do Alto da Glória.

Com Rodrigo Pastana na direção de futebol, não vislumbro a menor possibilidade do Coritiba conseguir o acesso para a primeira divisão do futebol brasileiro em 2019.


Saudações Alviverdes
Ricardo Honório

Debate

  • "Sem grana pra nada, um parente que presta serviços pro Coritiba me disse que esta a 8 meses sem receber. Nem um prata da casa serve pra vender e fazer grana. E pior, todos os investidores possíveis, já disseram que só ajudam quando o Samir sair de la.
    Quem conhece o Samir, diz que o Cara é BRUTO e GROSSO e não sabe lidar com pessoas.
    Teremos que rezar pra passar seus 3 anos e sumir do Coxa."

    Mario E. J. | 18/03, 18h01

  • "E agora vem o Muralha fim de carreira ..."

    Luiz Renato | 06/03, 12h44

  • "Ricardo não concordo que a solução começaria com a demissão do Pastana, a solução começaria com a renúncia do Samir, pode ter certeza que só este fato já traria um ambiente diferente ao clube, a começar com os sócios que desistiram do clube por conta deste cidadão, não tenho dúvidas que a renúncia do Samir já faria uns 5 mil sócios voltarem a pagar a mensalidade novamente e eu me incluo. Então renuncie Samir se vc ama o Coritiba."

    Sergio H. | 27/02, 21h40 | Móvel

  • "Matéria Globoesporte.
    Contra o tempo: Wanderley tem no máximo 10 jogos para estrear e buscar renovação no Coritiba
    Wanderley está no Coritiba desde o início da pré-temporada, mas ainda trabalha para estrear oficialmente; Coxa fará de seis a 10 jogos até o final do contrato do atacante."

    Álvaro M. | 27/02, 20h15

  • "A participação do Samir Maduro Namur na entrevista tem com certeza uma segunda intenção.
    Ao falar de aumento da dívida, remeteu a três novas ações judiciais e questões tributárias.
    Ou seja, remete a responsabilidade a gestão passada, com sempre procura fazer.
    Mas a segunda intenção é mascarar o balanço que esta prestes a ser divulgado.
    Com a menção ao aumento de dívidas -culpa de outros -, quer na verdade mascarar a redução brutal de receitas - culpa sua -."

    Mauro S. | 27/02, 12h52

  • Ver todos os comentários (95)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Ricardo Honório Alves

O Blog

O Blog "Falando de Bola" é comandado pelo estudioso do futebol Ricardo Honório e visa abordar tudo que envolve o mundo da bola, focando, claro, no Coritiba. Adversários, tendências do futebol atual, táticas, mercado da bola, futebol internacional e tudo que estiver ligado ao tema você encontrará nesse espaço, que tem o objetivo de ser uma verdadeira "arquibancada virtual", onde o assunto é sempre ela: a bola.

O Autor

Ricardo Alexandre Honório Alves, mais conhecido como Ricardo Honório, 42 anos, funcionário público federal. Coxa-Branca desde 1975, tem como maior ídolo o craque Tostão, maior jogador que viu jogar com a camisa Coxa. Louco por futebol desde criança, tinha como hobby colecionar figurinhas e a Revista Placar, além da leitura diária de jornais esportivos. Com isso desenvolveu o gosto por acompanhar tudo que envolvia futebol e não apenas o Coritiba, o que o tornou Colunista do COXAnautas desde 2005, convidado pelo amigo Luiz Betenheuser, sendo o responsável pelas informações não só do Coritiba, como principalmente dos adversários do Verdão.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 20
Ponte Preta 19
Paraná 19
Atlético-GO 18
Londrina 17
Figueirense 17
Sport 17
Botafogo-SP 16
Coritiba 15
10º CRB 13
11º Brasil de Pelotas 12
12º Cuiabá 12
13º Criciúma 12
14º Oeste 12
15º Operário 10
16º Vila Nova 10
17º São Bento 8
18º Vitória 7
19º Guarani 5
20º América-MG 5

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Marcelo Carneiro 92 pts.
Ido M. F. 86 pts.
Hedy G. 85 pts.
Leandro R. 84 pts.
Antonio Alvaredo Filho 83 pts.
Wellingtton Wellingtton 81 pts.
Leonel S. 80 pts.
Dorvalino J. 79 pts.
Luis Henrique R. 78 pts.
10º Sanderson 77 pts.
Alysson Delalibera 77 pts.
12º Valdir T. 77 pts.
13º João L. 76 pts.
14º Vinicios A. 76 pts.
15º Jose R. 75 pts.
16º Aramis Vieira 75 pts.
L. Comeli 75 pts.
18º C. Nunes 74 pts.
19º Juarez Mocelin 74 pts.
Walber Gonçalves de Queiroz 74 pts.
21º Jobson Emanoel 73 pts.
22º Rodrigo P. 73 pts.
23º Robson R. 72 pts.
24º andre a. 72 pts.
25º Valdir 71 pts.
26º Johney S. 71 pts.
27º Andre T. 71 pts.
Julio C. R. 71 pts.
Jose Carlos R. 71 pts.
30º Daniel G. 71 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Marcelo Carneiro
2º Ido M. F.
3º Hedy G.
4º Leandro R.
5º Antonio Alvaredo Filho

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet