COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

21/09, 16h26 | Falando de Bola | Ricardo Honório Alves

De olho no lance!

Desde o jogo contra o Sport/PE, quando vencemos por 1x0, que a CBF aprovou o credenciamento do COXAnautas para o campeonato brasileiro e consequentemente o meu pedido para poder acompanhar as partidas do Coritiba no Couto Pereira como jornalista.

Isso tem me feito observar detalhes que, com o estádio com público, eu jamais conseguiria. E são esses detalhes que eu quero começar a trazer ao leitor do COXAnautas a partir de hoje.

A ideia é após cada partida, trazer detalhes que as vezes não são perceptíveis quando vemos o jogo na televisão.



O aquecimento

No aquecimento de ambos os times, algumas conclusões podem ser tiradas.

Uma delas é a qualidade da batida de bola do artilheiro German Cano. É impressionante a qualidade do gringo para bater na bola. Todas as bolas que chegam para ele bater tem como destino final a meta adversária. Se o goleiro não estiver em um dia inspirado, pelo menos uma vai morrer no fundo das redes.

Vi algo parecido em Sarrafiore. As bolas batidas pelo meia foram todas parar dentro do gol de Wilson ou Muralha. Pega muito bem na bola. Típico jogador que precisa jogar próximo ao gol e não marcando lateral pelas pontas.

Por outro lado, o atacante Robson, já no aquecimento, isolou todas as bolas que chutou, de forma bem parecida com a excelente oportunidade que perdeu aos 14 do primeiro tempo. Ainda bem que na hora do pênalti a pontaria do jogador estava calibrada.



A liderança de Wilson

Assim como eu já tinha percebido nos jogos contra Sport/PE e Atlético/MG, a liderança que Wilson exerce junto ao time é facilmente percebida. Com gritos lá do seu gol, o goleiro tenta orientar o time a todo momento.

As excelentes defesas nos chutes de Cano e de Guilherme Parede reforçam ainda mais a sua liderança, aliando a experiência com a excelente fase embaixo das traves.

Se ofensivamente a equipe não vai bem, lá atrás tem um goleiro que vem ajudando com que a situação da equipe não seja ainda pior.

Se a discussão Wilson ou Muralha ainda gerava algumas dúvidas, com as atuações do atual goleiro Coxa-Branca, a titularidade está definida.



O pênalti

Quando foi marcado o pênalti para o Coritiba, já na primeira cobrança Jorginho pediu para que Robson batesse. Pelo menos foi essa impressão que eu tive lá do lugar onde ficam os jornalistas e fotógrafos, na social superior.

Mas Sabino, o cobrador oficial, foi lá, pegou a bola e bateu.

Assim que o juiz mandou voltar a cobrança, Jorginho não pensou duas vezes e ordenou que Robson batesse, gritando até de forma enérgica para que Sabino saísse da bola.

Robson foi lá, bateu e fez o gol. Todos comemoraram, inclusive Sabino. Afinal o gol tirava o Coritiba da zona de rebaixamento.

Jorginho mostrou que sabia o que estava fazendo.



O assistente de vídeo

A vitória que a partir do gol de Robson era certa, quase deixou de ser quando o VAR chamou o juiz sobre um possível pênalti de Rodolfo Filemon.

Ali das arquibancadas é difícil saber o que aconteceu. A única coisa que passava pela cabeça era torcer para que o juiz interpretasse como um lance normal. Mas como do outro lado estava um gigante do futebol brasileiro tudo era previsível, inclusive a marcação do pênalti.

Fui bem na direção da cabine do VAR para ver a reação dos jogadores. Não deve ser uma decisão fácil para o juiz, pois os jogadores, de ambos os lados, tentam o influenciar na decisão.

Fellipe Bastos, o experiente volante do Vasco, era o mais exaltado: “Calçou, calçou, é pênalti. Tem que dar, deu pro Coxa tem que dar este também. Pênalti claro, professor.”

Enquanto isso Natanel, o mais jovem jogador do Coritiba, parecia um veterano dizendo para um jogador do Vasco que não tinha sido nada.

A história final todos conhecem, mas não deve ser fácil ser juiz de futebol.



A "cena"

Jogador brasileiro é malandro demais. Já cai gritando antes mesmo de receber o contato. Não tenho dúvidas que grande parte da encenação do jogador brasileiro teria um resultado melhor se ele continuasse na jogada.

Quem percebeu o grito de Neto Borges quando foi “calçado” por Rodolfo Filemon entenderia perfeitamente o porquê que existem jogadores brasileiros que não se dão bem no futebol europeu. Tentam ganhar tudo na malandragem.


Saudações Alviverdes
Ricardo Honório

Debate

  • "Excelente coluna Honório. Continue transmitindo a nós, esses detalhes que só teremos acesso por aqui. Muito bom mesmo!!!!"

    R. L. Zanetti | 25/09, 08h34

  • "Sensacional. Que beleza estar no Coxanautas.

    Parabéns por mais essa conquista. Simplesmente uma ótima notícia.

    Seus detalhes foram muito bons também Honorio.

    Show."

    Gerson Lima | 23/09, 14h28

  • "Muito legal essa visão de torcedor Honório. Ano passado também costumava ver o jeito de bater na bola durante os aquecimentos. Me lembro que quem se destacava ali eram Wilson, Rafinha e Giovane. Robson só engrossava mesmo...

    Agora querem liberar público em outubro, mas acho que o MP vai fazer de tudo para barrar. Provavelmente só ano que vem mesmo."

    Carlos Maia J. | 23/09, 09h13 | Móvel

  • "Honório, tenho curiosidade sobre aquela posse de bola inútil e irritante na defesa. O pra lá e pra cá até o chutão vergonhoso. Será que o Jorginho manda fazer aquilo ou aprova?

    Ontem o Sao Paulo do Diniz levou goleada e tomou um gol assim, o atacante foi rápido, antecipou, tomou a bola e caixa. A probabilidade de acontecer aqui é gigante. Pior é que está saída inútil permite o adversário se fechar ou reposicionar. Além de perder várias possibilidades de contra atacar."

    Admir Rosa | 23/09, 08h39 | Móvel

    • "Admir,

      Aquilo também me irrita. Mas no último jogo eu entendi perfeitamente o porque essa troca de bola inútil, principalmente na defesa. Ela se deve ao fato do time não dar opções do meio pra frente, não se movimentar, aí os zagueiros e laterais ficam sem ter para quem tocar e aí resolve voltar a jogada. Isso ficou evidente contra o Vasco.

      Em alguns momentos vi o Filemon e o Sabino reclamando que não tinha movimentação do meio pra frente.

      SAV!"

      Ricardo Honorio | 23/09, 11h06

    • "Tá na hora de dar chances ao menino Biro. Montar um time leve com Sarrafiore na direita, Bueno de 2° volante, Igor Jesus, Biro com a 10 e o Neilton na esquerda."

      Danilo Martin | 23/09, 15h05 | Móvel

    • "Acabei de ver no Tribuna que o Giovanni foi para o Cruzeiro. Vai entender... Já não tinhamos meio campo... Agora então!!"

      Danilo Martin | 23/09, 15h11 | Móvel

  • Ver todos os comentários (42)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Ricardo Honório Alves

O Blog

O Blog "Falando de Bola" é comandado pelo estudioso do futebol Ricardo Honório e visa abordar tudo que envolve o mundo da bola, focando, claro, no Coritiba. Adversários, tendências do futebol atual, táticas, mercado da bola, futebol internacional e tudo que estiver ligado ao tema você encontrará nesse espaço, que tem o objetivo de ser uma verdadeira "arquibancada virtual", onde o assunto é sempre ela: a bola.

O Autor

Ricardo Alexandre Honório Alves, mais conhecido como Ricardo Honório, funcionário público federal. Coxa-Branca desde 1975, tem como maior ídolo o craque Tostão, maior jogador que viu jogar com a camisa Coxa. Louco por futebol desde criança, tinha como hobby colecionar figurinhas e a Revista Placar, além da leitura diária de jornais esportivos. Com isso desenvolveu o gosto por acompanhar tudo que envolvia futebol e não apenas o Coritiba, o que o tornou Colunista do COXAnautas desde 2005, convidado pelo amigo Luiz Betenheuser, sendo o responsável pelas informações não só do Coritiba, como principalmente dos adversários do Verdão.

Classificação Brasileiro

Internacional 34
Flamengo 34
Atlético-MG 31
São Paulo 27
Santos 27
Fluminense 26
Fortaleza 24
Palmeiras 22
Atlético-GO 22
10º Corinthians 21
11º Grêmio 21
12º Sport 20
13º Bahia 19
14º Ceará 19
15º Botafogo 19
16º Vasco 18
17º A.Paranaense 16
18º Coritiba 16
19º Bragantino 16
20º Goiás 11

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Jayme G. 152 pts.
Bruno O. 131 pts.
Rupson F. 129 pts.
CARLOS CARLOS 127 pts.
Luiza Emanuela Oliveira 127 pts.
Eden Leão 126 pts.
Selma R. 123 pts.
Anderson85 Anderson85 122 pts.
Rafael Minoli 122 pts.
10º cleverson k. 120 pts.
11º Marcos Kuff 119 pts.
12º Valdir T. 118 pts.
13º Ricardo Honorio 118 pts.
14º Walber Gonçalves de Queiroz 116 pts.
15º Sanjiro J. 115 pts.
16º Álvaro M. 114 pts.
17º Persio F. 113 pts.
18º Giovanne Smaniotto 113 pts.
j. miranda 113 pts.
Tiago Z. 113 pts.
21º Evaldo Maciel 112 pts.
22º Johnny F. 112 pts.
23º Adriano Leal 111 pts.
24º MARCELO ARAUJO 111 pts.
25º Ailton Batista Vieira Filho 110 pts.
26º Jobson Emanoel 110 pts.
27º Adilson P. 109 pts.
28º Vitor Guedes 108 pts.
Jorge Luiz Lopes 108 pts.
30º Ezequiel B. 107 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 



Colunistas e Opinião

COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet