COXAnautas - Coritiba Eternamente

30 DIAS GRÁTIS DO CAMPEONATO PARANAENSE Em parceria com a DAZN, o site COXAnautas está oferecendo 30 dias gratuitos pra você assistir ao campeonato Paranaense de 2020. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

13/01, 15h09 | Falando de Bola | Ricardo Honório Alves

O que esperar de 2020?

Otimista por natureza em cada início de temporada, mas pessimista, também por natureza, a cada passo que é dado pelo Coritiba durante as competições, mais uma vez começo um novo ano de maneira otimista. Porém, em 2020 o otimismo não é apenas por fazer parte da minha personalidade, mas sim pelos rumos que o futebol Alviverde vem tomando.

O primeiro passo foi o empréstimo de jogadores que há muito tempo se provam pouco úteis. Na barca Coxa tripulada por jovens jogadores, Rafael Martins, Thalisson Kelven, Romércio e Julio Rusch foram os primeiros a tomarem outros rumos, desonerando a folha salarial e abrindo espaços no elenco que podem ser melhores aproveitados. Tudo bem que ainda restam outros jovens que poderiam seguir o mesmo caminho, mas o fato da diretoria ter conseguido se livrar de jogadores que pouco acrescentariam, já é uma grande notícia.

No embalo das saídas, mais um ponto para a diretoria ao não renovar o contrato de jogadores que fizeram parte do elenco de 2019, mas que dificilmente mostrar um futebol convincente na primeira divisão. E aí, nomes como Felipe Mattioni, Patrick Brey, Sávio (este tem contrato com o clube, mas foi emprestado ao Operário), Rodrigão (ah se ele se comportasse como um atleta profissional), Diogo Matheus, Fabiano, Serginho, Kelvin e Arancibia irão desfilar os seus “talentos” bem longe do Alto da Glória.

A avaliação positiva para a diretoria Alviverde se destaca principalmente na manutenção dos jogadores que ajudaram muito em 2019 e que podem ser úteis em 2020, mantendo o Coritiba uma boa base para iniciar o ano. Com exceção do meia Juan Alano, que o Coritiba não conseguiu segurar, as permanências de Alex Muralha, Nathan Ribeiro, Sabino, William Matheus, Matheus Sales, Giovanni, Wanderley e Róbson mostram um início de trabalho positivo do departamento de futebol, pois há tempos não víamos o Coritiba começar o ano com uma base, se não ideal, mas razoável para começar o ano.

Partindo para a avaliação dos recém-contratados, temos jogadores interessantes como o goleiro César, que já mostrou qualidades no Londrina, e que terá que suar muito para vencer a concorrência de Alex Muralha e Wilson, o zagueiro Rhodolfo, que trará experiência e qualidade a zaga Alviverde, o volante René Junior, que se estiver em boas condições físicas tomará conta da meia-cancha, o meia Gabriel, que após surgir muito bem no Bahia, e ter jogado por anos no Flamengo, terá a oportunidade de mostrar que é bom jogador.

Ainda sobra espaço para boas apostas como os zagueiros Caetano e Rodolfo (destaque do Paraná em 2019), o volante Nathan Silva e o lateral-direito Lucas Ramon, que são opções melhores do que os atletas que estavam no Coritiba em 2019.

Temos ainda o retorno de jogadores que podem trazer qualidade ao elenco, como o goleiro Wilson, que ainda não tem sua permanência totalmente confirmada, o lateral-esquerdo Kazu, que volta após um empréstimo ao Grêmio e que pode ganhar sua primeira chance no profissional, o volante Matheus Galdezani, que retorna após passar 2019 se recuperando de um problema físico que o fez não atual pelo Internacional, e o atacante Guilherme Parede, que após se destacar em 2018, volta após fazer mais de quarenta partidas pelo Internacional em 2019.

Para fechar, o Coritiba conta com o jovem Yan Couto, lateral campeão mundial pela Seleção Brasileira Sub-17 e que se torna a maior aposta do clube e a principal esperança de uma boa venda futura, que retornará em alguns milhões de reais aos cofres do clube.

A diretoria ainda não fechou o elenco. Algumas posições, como o comando de ataque, meia-cancha e atacante de velocidade, ainda carecem de reforços. Nomes continuam sendo cogitados, e logo devemos ter novidades, aumentando ainda mais o leque de opções do elenco.

E para comandar o elenco, Eduardo Barroca, que talvez resida na maior incógnita neste início de trabalho. Barroca não era o preferido da diretoria, mas foi o escolhido após a falta de acerto com o técnico Jorginho. Com 37 anos e precisando se afirmar no cenário nacional, o treinador tem a grande oportunidade de fazer um bom trabalho no Coritiba.

Com todo o relatado acima, enxergo o Coritiba começando muito melhor a temporada de 2020 do que terminou o ano de 2019, tendo assim, boas possibilidades de fazer uma temporada digna, não brigando apenas para escapar do rebaixamento na Série A. É claro, que o elenco montado até o momento ainda carece de mais opções, mas se a diretoria souber investir o dinheiro que tem na contratação de reforços pontuais, o Coxa tem tudo para fazer um bom ano.

E você, leitor do COXAnautas, o que espera do Coritiba em 2020 com o que está vendo neste início de ano?


Saudações Alviverdes
Ricardo Honório

Debate

  • "E segue o carma...base com qualidade e que pode vingar, correm vender, base meia boca ou ruim,fica......fora o valor ridículo..."

    Sandro S. | 16/01, 17h20

    • "Tinha que ser mandado embora quem renovou contrato de vitor carvalho até 2021... Isso nao existe"

      Luciano S. | 16/01, 19h34

    • "Mediocridade do CORITIBA comprovada em números

      OS MAIS CAROS DA HISTÓRIA DO CORITIBA

      Jogador

      Posição

      Preço em Euros

      Ano

      Destino

      Rafinha

      lateral-direito

      5 milhões

      2005

      Schalke (Alemanha)

      Juninho

      zagueiro

      3 milhões

      2017

      Palmeiras

      Alex

      meia

      2,5 milhões*

      1997

      Palmeiras

      Lucas Mendes

      zagueiro/lateral

      2,3 milhões

      2013

      Olympique (França)

      Henrique

      zagueiro

      2,2 milhões

      2008

      Palmeiras

      Adriano

      lateral-esquerdo

      2,1 milhões

      2005

      Sevilla (Espanha)

      Dodô

      lateral-direito

      2 milhões

      2018

      S.Donetsk (Ucrânia)

      Miranda

      zagueiro

      2 milhões

      2006

      Sochaux (França)

      Davi

      meia

      1,9 milhão

      2012

      Guangzhou R&F (China)

      Junior Urso

      volante

      1,8 milhão

      2014

      Shandong (China)"

      carlos r. | 17/01, 10h22

  • "Observem com atenção a atual situação do Cruzeiro. Tenho 99,9% de certeza que isto acontece também no Coritiba. Essa balela - muito disseminada por conselheiros - de que a TRADIÇÃO vem em primeiro lugar, e deve- se barrar qualquer tentativa de reforma estatutária que, por ventura, profissionalize o clube e consequentemente tire poder e influência destes parasitas do conselho.
    A tal TRADIÇÃO que eles berram para "defender" o clube na verdade é a tradição da falcatrua, do nepotismo, da irresponsabilidade fiscal, do FURTO via negociatas com empresários de jogadores, etc.
    O Cruzeiro esta em evidência devido a grande torcida e aos astronômicos/bizarros números da dívida. Mas isto acontece em 90% dos clubes.
    Ano passado o Flamengo mostrou que "tocar" o clube com visão empresarial, buscando soluções de maneira criativa e eficiente, dá resultado dentro e fora de campo. Em 2020 o Red Bull Bragantino vai expor - a ponto de humilhar alguns adversários "tradicionais " em campo - a verdade, de que o futebol brasileiro não evolui comercialmente devido a prostituição dos clubes por seus "gestores" e empresários de jogadores.
    Quem sofre é o torcedor comum, pois as organizadas não passam de vagabundos sustentados pelo clube e os "donos" do clube e suas famílias e amigos desfrutam do dinheiro que jorra da torneira, até a última gota obviamente."

    C. Lima | 16/01, 14h47 | Móvel

    • "A verdade é que nós nem devíamos perder nosso tempo com o futebol brasileiro. O futebol brasileiro não é sério, totalmente podre, clubes são palco para dirigentes se elegerem políticos e roubarem a grana pra usar na campanha eleitoral. Enquanto não tiverem donos de verdade e serem geridos como empresa, vai continuar desse jeito. E a verdade é que não conseguímos nos desgarrar dessa paixão pelo futebol e pelo Coritiba."

      Luiz S. C. | 16/01, 15h47

    • "Por isso mencionei o Red Bull. Eles serão a sensação do campeonato e a mídia vai falar muito a respeito do futebol deles.
      Daí imagine torcedores comuns, como a nós todos aqui do coxanautas, vendo um clube empresa passando por cima de clubes tradicionais... Iremos apondar os defeitos de um e virtudes do outro por lógica.
      Daí cabe a cada torcida cobrar os "gestores" de seus respectivos clubes."

      C. Lima | 20/01, 16h20 | Móvel

  • Ver todos os comentários (68)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Ricardo Honório Alves

O Blog

O Blog "Falando de Bola" é comandado pelo estudioso do futebol Ricardo Honório e visa abordar tudo que envolve o mundo da bola, focando, claro, no Coritiba. Adversários, tendências do futebol atual, táticas, mercado da bola, futebol internacional e tudo que estiver ligado ao tema você encontrará nesse espaço, que tem o objetivo de ser uma verdadeira "arquibancada virtual", onde o assunto é sempre ela: a bola.

O Autor

Ricardo Alexandre Honório Alves, mais conhecido como Ricardo Honório, 42 anos, funcionário público federal. Coxa-Branca desde 1975, tem como maior ídolo o craque Tostão, maior jogador que viu jogar com a camisa Coxa. Louco por futebol desde criança, tinha como hobby colecionar figurinhas e a Revista Placar, além da leitura diária de jornais esportivos. Com isso desenvolveu o gosto por acompanhar tudo que envolvia futebol e não apenas o Coritiba, o que o tornou Colunista do COXAnautas desde 2005, convidado pelo amigo Luiz Betenheuser, sendo o responsável pelas informações não só do Coritiba, como principalmente dos adversários do Verdão.

Classificação Paranaense 2020

A.Paranaense 6
Londrina 6
Paraná 4
Coritiba 4
FC Cascavel 3
Cianorte 3
Operário 3
Rio Branco 2
Toledo 1
10º União 1
11º PSTC 0
12º Cascavel 0

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Rupson F. 327 pts.
andre a. 313 pts.
CARLOS AUGUSTO B. 309 pts.
Rui Valente 304 pts.
Leandro R. 295 pts.
Marcelo luczyszyn 294 pts.
Waldir Laska 291 pts.
Leonel Schunig 290 pts.
Ricardo Honorio 287 pts.
10º Marcelo G. 280 pts.
11º Luiz C. 277 pts.
12º Jose R. 274 pts.
13º alessandro k. 271 pts.
14º Hedy G. 270 pts.
15º Rodrigo P. 268 pts.
16º Juarez Mocelin 267 pts.
17º Marcio Cardozo 267 pts.
18º Mauro S. 264 pts.
19º Ido M. F. 263 pts.
20º Julio C. R. 259 pts.
21º Tiago L. 259 pts.
22º Carlos N. 258 pts.
23º Vitor Guedes 258 pts.
24º Valdir T. 257 pts.
25º Alysson Delalibera 256 pts.
26º Job Grassi 256 pts.
27º João L. 255 pts.
28º Walber Gonçalves de Queiroz 254 pts.
29º Gelson Roberto M. 254 pts.
30º Robson R. 253 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

TV COXAnautas

O que esperar para 2020

Nesta terceira parte do programa falamos sobre o que esperar para este ano com as contratações feitas até agora.

Clique para assistir

Barroca e Carências

Falamos sobre o novo treinador do Coritiba e as carências do elenco de 2020 até agora.

Clique para assistir

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet