COXAnautas - Coritiba Eternamente

30 DIAS GRÁTIS DO CAMPEONATO PARANAENSE Em parceria com a DAZN, o site COXAnautas está oferecendo 30 dias gratuitos pra você assistir ao campeonato Paranaense de 2020. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

13/01, 15h09 | Falando de Bola | Ricardo Honório Alves

O que esperar de 2020?

Otimista por natureza em cada início de temporada, mas pessimista, também por natureza, a cada passo que é dado pelo Coritiba durante as competições, mais uma vez começo um novo ano de maneira otimista. Porém, em 2020 o otimismo não é apenas por fazer parte da minha personalidade, mas sim pelos rumos que o futebol Alviverde vem tomando.

O primeiro passo foi o empréstimo de jogadores que há muito tempo se provam pouco úteis. Na barca Coxa tripulada por jovens jogadores, Rafael Martins, Thalisson Kelven, Romércio e Julio Rusch foram os primeiros a tomarem outros rumos, desonerando a folha salarial e abrindo espaços no elenco que podem ser melhores aproveitados. Tudo bem que ainda restam outros jovens que poderiam seguir o mesmo caminho, mas o fato da diretoria ter conseguido se livrar de jogadores que pouco acrescentariam, já é uma grande notícia.

No embalo das saídas, mais um ponto para a diretoria ao não renovar o contrato de jogadores que fizeram parte do elenco de 2019, mas que dificilmente mostrar um futebol convincente na primeira divisão. E aí, nomes como Felipe Mattioni, Patrick Brey, Sávio (este tem contrato com o clube, mas foi emprestado ao Operário), Rodrigão (ah se ele se comportasse como um atleta profissional), Diogo Matheus, Fabiano, Serginho, Kelvin e Arancibia irão desfilar os seus “talentos” bem longe do Alto da Glória.

A avaliação positiva para a diretoria Alviverde se destaca principalmente na manutenção dos jogadores que ajudaram muito em 2019 e que podem ser úteis em 2020, mantendo o Coritiba uma boa base para iniciar o ano. Com exceção do meia Juan Alano, que o Coritiba não conseguiu segurar, as permanências de Alex Muralha, Nathan Ribeiro, Sabino, William Matheus, Matheus Sales, Giovanni, Wanderley e Róbson mostram um início de trabalho positivo do departamento de futebol, pois há tempos não víamos o Coritiba começar o ano com uma base, se não ideal, mas razoável para começar o ano.

Partindo para a avaliação dos recém-contratados, temos jogadores interessantes como o goleiro César, que já mostrou qualidades no Londrina, e que terá que suar muito para vencer a concorrência de Alex Muralha e Wilson, o zagueiro Rhodolfo, que trará experiência e qualidade a zaga Alviverde, o volante René Junior, que se estiver em boas condições físicas tomará conta da meia-cancha, o meia Gabriel, que após surgir muito bem no Bahia, e ter jogado por anos no Flamengo, terá a oportunidade de mostrar que é bom jogador.

Ainda sobra espaço para boas apostas como os zagueiros Caetano e Rodolfo (destaque do Paraná em 2019), o volante Nathan Silva e o lateral-direito Lucas Ramon, que são opções melhores do que os atletas que estavam no Coritiba em 2019.

Temos ainda o retorno de jogadores que podem trazer qualidade ao elenco, como o goleiro Wilson, que ainda não tem sua permanência totalmente confirmada, o lateral-esquerdo Kazu, que volta após um empréstimo ao Grêmio e que pode ganhar sua primeira chance no profissional, o volante Matheus Galdezani, que retorna após passar 2019 se recuperando de um problema físico que o fez não atual pelo Internacional, e o atacante Guilherme Parede, que após se destacar em 2018, volta após fazer mais de quarenta partidas pelo Internacional em 2019.

Para fechar, o Coritiba conta com o jovem Yan Couto, lateral campeão mundial pela Seleção Brasileira Sub-17 e que se torna a maior aposta do clube e a principal esperança de uma boa venda futura, que retornará em alguns milhões de reais aos cofres do clube.

A diretoria ainda não fechou o elenco. Algumas posições, como o comando de ataque, meia-cancha e atacante de velocidade, ainda carecem de reforços. Nomes continuam sendo cogitados, e logo devemos ter novidades, aumentando ainda mais o leque de opções do elenco.

E para comandar o elenco, Eduardo Barroca, que talvez resida na maior incógnita neste início de trabalho. Barroca não era o preferido da diretoria, mas foi o escolhido após a falta de acerto com o técnico Jorginho. Com 37 anos e precisando se afirmar no cenário nacional, o treinador tem a grande oportunidade de fazer um bom trabalho no Coritiba.

Com todo o relatado acima, enxergo o Coritiba começando muito melhor a temporada de 2020 do que terminou o ano de 2019, tendo assim, boas possibilidades de fazer uma temporada digna, não brigando apenas para escapar do rebaixamento na Série A. É claro, que o elenco montado até o momento ainda carece de mais opções, mas se a diretoria souber investir o dinheiro que tem na contratação de reforços pontuais, o Coxa tem tudo para fazer um bom ano.

E você, leitor do COXAnautas, o que espera do Coritiba em 2020 com o que está vendo neste início de ano?


Saudações Alviverdes
Ricardo Honório

Debate

  • "E segue o carma...base com qualidade e que pode vingar, correm vender, base meia boca ou ruim,fica......fora o valor ridículo..."

    Sandro S. | 16/01, 17h20

    • "Tinha que ser mandado embora quem renovou contrato de vitor carvalho até 2021... Isso nao existe"

      Luciano S. | 16/01, 19h34

    • "Mediocridade do CORITIBA comprovada em números

      OS MAIS CAROS DA HISTÓRIA DO CORITIBA

      Jogador

      Posição

      Preço em Euros

      Ano

      Destino

      Rafinha

      lateral-direito

      5 milhões

      2005

      Schalke (Alemanha)

      Juninho

      zagueiro

      3 milhões

      2017

      Palmeiras

      Alex

      meia

      2,5 milhões*

      1997

      Palmeiras

      Lucas Mendes

      zagueiro/lateral

      2,3 milhões

      2013

      Olympique (França)

      Henrique

      zagueiro

      2,2 milhões

      2008

      Palmeiras

      Adriano

      lateral-esquerdo

      2,1 milhões

      2005

      Sevilla (Espanha)

      Dodô

      lateral-direito

      2 milhões

      2018

      S.Donetsk (Ucrânia)

      Miranda

      zagueiro

      2 milhões

      2006

      Sochaux (França)

      Davi

      meia

      1,9 milhão

      2012

      Guangzhou R&F (China)

      Junior Urso

      volante

      1,8 milhão

      2014

      Shandong (China)"

      carlos r. | 17/01, 10h22

  • "Observem com atenção a atual situação do Cruzeiro. Tenho 99,9% de certeza que isto acontece também no Coritiba. Essa balela - muito disseminada por conselheiros - de que a TRADIÇÃO vem em primeiro lugar, e deve- se barrar qualquer tentativa de reforma estatutária que, por ventura, profissionalize o clube e consequentemente tire poder e influência destes parasitas do conselho.
    A tal TRADIÇÃO que eles berram para "defender" o clube na verdade é a tradição da falcatrua, do nepotismo, da irresponsabilidade fiscal, do FURTO via negociatas com empresários de jogadores, etc.
    O Cruzeiro esta em evidência devido a grande torcida e aos astronômicos/bizarros números da dívida. Mas isto acontece em 90% dos clubes.
    Ano passado o Flamengo mostrou que "tocar" o clube com visão empresarial, buscando soluções de maneira criativa e eficiente, dá resultado dentro e fora de campo. Em 2020 o Red Bull Bragantino vai expor - a ponto de humilhar alguns adversários "tradicionais " em campo - a verdade, de que o futebol brasileiro não evolui comercialmente devido a prostituição dos clubes por seus "gestores" e empresários de jogadores.
    Quem sofre é o torcedor comum, pois as organizadas não passam de vagabundos sustentados pelo clube e os "donos" do clube e suas famílias e amigos desfrutam do dinheiro que jorra da torneira, até a última gota obviamente."

    C. Lima | 16/01, 14h47 | Móvel

    • "A verdade é que nós nem devíamos perder nosso tempo com o futebol brasileiro. O futebol brasileiro não é sério, totalmente podre, clubes são palco para dirigentes se elegerem políticos e roubarem a grana pra usar na campanha eleitoral. Enquanto não tiverem donos de verdade e serem geridos como empresa, vai continuar desse jeito. E a verdade é que não conseguímos nos desgarrar dessa paixão pelo futebol e pelo Coritiba."

      Luiz S. C. | 16/01, 15h47

    • "Por isso mencionei o Red Bull. Eles serão a sensação do campeonato e a mídia vai falar muito a respeito do futebol deles.
      Daí imagine torcedores comuns, como a nós todos aqui do coxanautas, vendo um clube empresa passando por cima de clubes tradicionais... Iremos apondar os defeitos de um e virtudes do outro por lógica.
      Daí cabe a cada torcida cobrar os "gestores" de seus respectivos clubes."

      C. Lima | 20/01, 16h20 | Móvel

  • Ver todos os comentários (68)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Ricardo Honório Alves

O Blog

O Blog "Falando de Bola" é comandado pelo estudioso do futebol Ricardo Honório e visa abordar tudo que envolve o mundo da bola, focando, claro, no Coritiba. Adversários, tendências do futebol atual, táticas, mercado da bola, futebol internacional e tudo que estiver ligado ao tema você encontrará nesse espaço, que tem o objetivo de ser uma verdadeira "arquibancada virtual", onde o assunto é sempre ela: a bola.

O Autor

Ricardo Alexandre Honório Alves, mais conhecido como Ricardo Honório, 42 anos, funcionário público federal. Coxa-Branca desde 1975, tem como maior ídolo o craque Tostão, maior jogador que viu jogar com a camisa Coxa. Louco por futebol desde criança, tinha como hobby colecionar figurinhas e a Revista Placar, além da leitura diária de jornais esportivos. Com isso desenvolveu o gosto por acompanhar tudo que envolvia futebol e não apenas o Coritiba, o que o tornou Colunista do COXAnautas desde 2005, convidado pelo amigo Luiz Betenheuser, sendo o responsável pelas informações não só do Coritiba, como principalmente dos adversários do Verdão.

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet