COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

15/10, 08h24 | Falando de Bola | Ricardo Honório Alves

O simples deu liga

A vitória do Coritiba sobre o Palmeiras não mostrou um nó tático de Jorginho, não mostrou nenhuma novidade tática, mostrou apenas que o futebol quando é encarado de maneira simples, ele pode ser extremamente eficiente.

E foi isso o que vimos na Allianz Arena. Um Coritiba que não apresentou nada de novo, apenas foi escalado de forma correta, sem improvisações, com os jogadores sendo bem distribuídos em campo e sabedores de suas funções.

Isso, somado às atuações exuberantes de Giovanni Augusto e Robson, deu o tempero necessário para que o “feijão com arroz” de Jorginho se tornasse extremamente saboroso para os Coxas e indigesto para os Palmeirenses.

Finalmente o Coritiba resolveu jogar futebol, não só no campeonato brasileiro, como na temporada inteira. Foi a melhor atuação da equipe Coxa em 2020. Um time forte na marcação, intenso, trocando passes com qualidade, fazendo a transição com velocidade e ainda com a pontaria afiada na frente.

Nem parecia o time que estávamos acostumados a ver neste Brasileirão.

As entradas de Yan Sasse na meia e de Rodrigo Muniz na frente fizeram grande diferença ao time. Com dois homens de criação no meio, Giovanni Augusto não ficou sobrecarregado e atuando de forma mais centralizada, conseguiu municiar ambos os lados do ataque alviverde, dando alternativas e confundindo a defesa do Palmeiras. Com Rodrigo Muniz de centroavante, o Coritiba conseguiu pressionar a saída de bola do Palmeiras e, principalmente, dificultar a marcação da defesa, já que a movimentação de Muniz abriu os espaços que Robson precisava para marcar dois gols. O artilheiro alviverde rende muito mais quando joga como segundo atacante, fazendo o facão, como visto no primeiro gol, aparecendo como homem surpresa no lado contrário do cruzamento.

Todos os gols foram frutos de jogadas muito bem executadas, com destaque para a troca de passes do primeiro gol, que começou lá no sistema defensivo. O segundo saiu também de uma troca de passes, mais curta é verdade, mas finalizada de forma espetacular por Robson. E o terceiro foi gerado após uma grande transição de Hugo Moura, que carregou a bola desde o sistema defensivo, passando para Robson, que encontrou Giovanni Augusto no meio da defesa do Palmeiras, em uma bonita infiltração como se espera de um ponta de lança.

A vitória mostrou um Coritiba diferente, que nos dá a esperança de conquistar algo melhor do que apenas tentar fugir do rebaixamento. Mas para isso é preciso que esse time alcance a tão esperada regularidade. O campeonato brasileiro é duro e no sábado o Coxa já tem uma partida muito difícil contra o Santos. A vantagem é que, a vitória contra o Palmeiras, dará uma tranquilidade maior para Jorginho trabalhar para esta partida.

O time não pode relaxar. A grande atuação de ontem deve ser comemorada e vista de forma promissora, mostrando que o “Coritiba que nos deram para torcer” tem potencial para continuar na primeira divisão e quem sabe buscar uma vaga na Sulamericana.
Bastava Jorginho abrir a cabeça e fazer o simples. Ontem ele fez, que continue fazendo daqui para frente.

Saudações Alviverdes
Ricardo Honório

Debate

  • "Futebol é simples.
    O que complica é querer inventar.
    Principalmente quando na invenção tática a “fórmula mágica” é jogar demasiadamente retrancado e covarde.
    O objetivo do futebol é gol.
    Portanto, ficar jogando por uma bola, com essa “bambinice” de toquinhos para o lado e para defesa, em nada leva de bom.
    Pelo contrário.
    Joga a torcida contra o próprio time e dá uma probabilidade maior do adversário vencer.
    Os fatos e resultados estão aí para provar.
    🇳🇬SAV🇳🇬"

    Roberto L. F. Pereira | 17/10, 17h40 | Móvel

  • "Feijão com arroz ficou perfeito! Como salienta e Honório, sem nenhuma novidade tática mas com a receita do futebol.

    Vamos aguardar o sábado, estou curioso mas uma situação já ficou definitiva. O Jorginho sempre dará preferência para os jogadores do Flamengo ou ex. Hugo Moura, Gabriel, Matheus Oliveira e o Rodrigo. Já temos 4 titulares, faltam sete pra fechar a escalação. Quem não entrar jogando entrará no decorrer da partida.
    Haja coração!"

    Admir Rosa | 16/10, 09h51 | Móvel

  • "Ótima análise Ricardo, Parabéns!

    Apenas precisamos considerar que dentro de uma análise estatística, esse jogo fica fora da curva. Tanto do scout do Jorginho como do time durante o ano. Ou seja, estatisticamente uma exceção.

    Os detalhes importantes para justificar esse "ponto fora da curva" e que podem indicar uma tendência são o esquema tático e a proposta de jogo.

    No esquema tático: 1 primeiro volante (Moura) e um segundo volante (Galdezani) e dois armadores que revezam entre as linhas adversárias (Yan e Giovani) dois atacantes que revezaram na frente, Robson como extremo na esquerda e Rodrigo centralizado ou Rodrigo pela direita e Robson centralizando. Essa formação deixou o time leve, solto e cada jogador rendeu muito dentro de suas características. O SIMPLES.

    Proposta de jogo. Ocupar os espaços não apenas para marcar mas para forçar o erro na saída de bola adversária e já criar situações de ataque. A recomposição não foi apenas para defender (ou saber sofrer), mas tinha a função defender, recuperar a bola, e atacar.

    Hugo Moura voltou a crescer. Mas terá que ser ele ou Sales ou Martinez. Como segundo volante ou Galdezane ou Bueno. Dois meias Giovane, Yan, Sarrafiori, Matheus Oliveira e Gabriel disputam duas vagas. Robson, Neilton, Cerruti e Natan disputam uma vaga na frente, Rodrigo, Ricardo Oliveira e Pablo Thomaz disputam a outra vaga na frente.

    Saem na frente os jogadores que iniciaram ontem.

    Lembrando que no próximo jogo não jogam Jonathan e Filemon (Covid) Rhodolfo e Patrick Vieira (lesão) Nathan Ribeiro (transição) Sabino (cláusula contratual) e o Vermudt será reavaliado.

    A postura no próximo jogo e o esquema que o Jorginho adotar influenciarão o resultado, e indicarão se uma nova tendência está foi inaugurada ou se o jogo do Palmeiras foi uma exceção."

    Gerson Lima | 16/10, 00h20

    • "Parabéns! A sério: cursou educação física, pós em futebol ou algo dênero? A linguagem indica algo mais além do comentário de torcedor. SAV!"

      Luiz Roberto | 16/10, 09h06 | Móvel

    • "*Corretor, grr: ler "algo do gênero? Valeu!"

      Luiz Roberto | 16/10, 09h08 | Móvel

    • "kkkkkk.

      Você sabe que existe o Mecânico (o cara que sabe) e o MeXÂnico. Na comparação eu sou o segundo, kkkkk."

      Gerson Lima | 17/10, 19h12

  • Ver todos os comentários (29)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Ricardo Honório Alves

O Blog

O Blog "Falando de Bola" é comandado pelo estudioso do futebol Ricardo Honório e visa abordar tudo que envolve o mundo da bola, focando, claro, no Coritiba. Adversários, tendências do futebol atual, táticas, mercado da bola, futebol internacional e tudo que estiver ligado ao tema você encontrará nesse espaço, que tem o objetivo de ser uma verdadeira "arquibancada virtual", onde o assunto é sempre ela: a bola.

O Autor

Ricardo Alexandre Honório Alves, mais conhecido como Ricardo Honório, funcionário público federal. Coxa-Branca desde 1975, tem como maior ídolo o craque Tostão, maior jogador que viu jogar com a camisa Coxa. Louco por futebol desde criança, tinha como hobby colecionar figurinhas e a Revista Placar, além da leitura diária de jornais esportivos. Com isso desenvolveu o gosto por acompanhar tudo que envolvia futebol e não apenas o Coritiba, o que o tornou Colunista do COXAnautas desde 2005, convidado pelo amigo Luiz Betenheuser, sendo o responsável pelas informações não só do Coritiba, como principalmente dos adversários do Verdão.

Classificação Brasileiro

Internacional 34
Flamengo 34
Atlético-MG 31
São Paulo 27
Santos 27
Fluminense 26
Fortaleza 24
Palmeiras 22
Atlético-GO 22
10º Corinthians 21
11º Grêmio 21
12º Sport 20
13º Bahia 19
14º Ceará 19
15º Botafogo 19
16º Vasco 18
17º A.Paranaense 16
18º Coritiba 16
19º Bragantino 16
20º Goiás 11

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Jayme G. 152 pts.
Bruno O. 131 pts.
Rupson F. 129 pts.
CARLOS CARLOS 127 pts.
Luiza Emanuela Oliveira 127 pts.
Eden Leão 126 pts.
Selma R. 123 pts.
Anderson85 Anderson85 122 pts.
Rafael Minoli 122 pts.
10º cleverson k. 120 pts.
11º Marcos Kuff 119 pts.
12º Valdir T. 118 pts.
13º Ricardo Honorio 118 pts.
14º Walber Gonçalves de Queiroz 116 pts.
15º Sanjiro J. 115 pts.
16º Álvaro M. 114 pts.
17º Persio F. 113 pts.
18º Giovanne Smaniotto 113 pts.
j. miranda 113 pts.
Tiago Z. 113 pts.
21º Evaldo Maciel 112 pts.
22º Johnny F. 112 pts.
23º Adriano Leal 111 pts.
24º MARCELO ARAUJO 111 pts.
25º Ailton Batista Vieira Filho 110 pts.
26º Jobson Emanoel 110 pts.
27º Adilson P. 109 pts.
28º Vitor Guedes 108 pts.
Jorge Luiz Lopes 108 pts.
30º Ezequiel B. 107 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 



Colunistas e Opinião

COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet