COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

18/11, 10h12 | Futebol: Razão x Emoção | Fernando S. Melo

O Var e a Várzea

E pensar que alguns amantes do futebol raiz não queriam o uso da tecnologia porque teoricamente acabaria "com as discussões de bar", e as polêmicas oriundas de erros de arbitragem.
Além de um certo grau de ingenuidade, os contrários à tecnologia ainda não sabiam como ela seria usada, e esqueceram de colocar na sua equação mental o elemento humano que comanda o aparato.
Se o VAR fosse um avião e os árbitros os pilotos e copilotos, teríamos vários desastres aéreos com centenas de mortos por semana. Todos por falha humana.
O problema não é a International Board, a FIFA, muito menos a suposta constância nas mudanças das regras e suas interpretações. O problema é a ignorância e falta de bom senso dos árbitros.
Tanto os de campo como os de vídeo, aparentam ser pessoas com severa limitação cognitiva, além de uma fragilidade emocional imensa. Deixam-se influenciar por tudo, pelo que veem, ouvem, e, principalmente, pelo que ainda vão dizer deles nos programas esportivos. Tudo isso exacerbado por um desejo incontrolável de ser o protagonista do espetáculo.
Entre as condutas que comprovam o que digo temos o gesto sempre abrupto e violento ao dar cartão, seja amarelo ou vermelho. Os árbitros parecem que vão bater com os cartões na cara dos jogadores. A síndrome de pequeno poder claramente verificável no diálogo com os técnicos e os atletas, pedindo calma estando mais nervosos que seus interlocutores e tentando impor uma autoridade que não existe.
Aliás o árbitro no Brasil é isso: uma autoridade formal sem qualquer lastro na realidade. Uma autoridade que ninguém reconhece, ou porque é corrupta ou incompetente.

Mas não sejamos injustos, os árbitros comentaristas são ainda piores que os seus colegas de profissão em atividade. Conseguem ser inseguros e covardes na televisão, com auxílio de todos os monitores e fontes de informação possíveis. Imaginem como eram em campo. O VAR é de fato um reflexo de nossa sociedade: um avanço tecnológico entre humanos num ambiente ainda incivilizado chamado futebol brasileiro. O VAR é um perigo: uma Ferrari nas mãos de quem não sabem dirigir, trafegando bêbado em uma rua esburacada cheio de gente na calçada.

Debate

  • "Comentário elogiável, preciso em todos os pontos ressaltados.

    Sem nenhum critério o achismo é a estrela do jogo. Certo estava o Renato Gaúcho quando disse que estavam acabando com o futebol. Ou aquele recente comentário do Arnaldo Cesar Coelho que além de ser contrário destaca que o VAR é uma fonte de enriquecimento nunca vista no esporte.

    Fazendo uma conta rápida dos 4 juízes em campo, os 5 na cabine do sacrifício e toda a estrutura de técnicos, software e equipamentos instalados, os números são assustadores. E ainda, multiplicado por milhares de jogos espalhados pelo mundo é estarrecedor.

    No caso do vôlei cada equipe tem 2 pedidos de revisão e uma ou duas câmeras mostra a verdade honestamente e com custo irrisório se comparado com o futebol. No tênis também é simples e implacável!

    Penso que deveria fiscalizar somente se a bola entrou, o impedimento e alguns casos de pênalti. Do jeito que está caminhando o juiz e bandeiras estão próximos da extinção. Pelo menos as mães agradeceriam!"

    Admir Rosa | 20/11, 14h46 | Móvel

    • "Ainda sobre resultados eficientes, o mais antigo de todos é do futebol americano. Um juiz principal e 4 auxiliares. Apareceu dúvida - dos juízes - eles se reúnem no campo e assistem num telão junto com a plateia o fato real. Sem erros ou injustiças o juiz principal aplica a regra.
      Simples!"

      Admir Rosa | 20/11, 14h53 | Móvel

  • "O Coritiba precisa jogar futebol, caso pretenda alguma coisa."

    João B. | 19/11, 20h21

    • "Jogar o q??? Não conseguem...."

      Marcus C. | 19/11, 22h04

  • "Se o Coritiba tivesse um plantel decente e uma Comissão Técnica competente não haveria necessidade de discutir a aplicação do VAR, exceto nos casos de "roubo descarado" do jogo. O time estava ganhando, levou uma virada vergonhosa e agora a torcida diz que o Coritiba só perdeu porque o segundo gol foi anulado. É muito patético."

    Emerson Faria | 19/11, 09h14

  • Ver todos os comentários (16)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

O Blog

O presente Blog é feito de textos, opiniões e debates frutos da luta constante entre a razão e a emoção. Razão que tenta explicar e compreender o futebol com argumentos ponderados, estatísticos, lógicos; enquanto a emoção simplesmente quer gritar, rir e pular nas vitórias, chorar nas derrotas, sem qualquer preocupação com o motivo, o contexto, ou a justiça do resultado. Que vê qualquer jogo que passa na T.V., que assiste todos os programas esportivos, que ama o futebol e ainda mais o Verdão, que suporta um turbilhão de emoções por conta do que alguns consideram apenas um simples jogo e ainda consegue justificar racionalmente este sofrimento: este Blog é pra Você!

O Autor

Ao chegar em Curitiba em 1973, o migrante Otacílio Pereira Melo, oriundo de Guanambi-BA, poderia ter escolhido qualquer time para torcer. Mas o Campeão Paranaense e do torneio do Povo daquele ano, que tinha em seu elenco Aladim, Jairo, Zé Roberto, além de capitão Hidalgo, o escolheu primeiro. Nascia uma história de amor. E por conta desse amor, graças aos deuses do futebol o autor também não teve escolha. Sua primeira foto, logo na saída da maternidade, é com um “TIP TOP” do Verdão. O Título de campeão brasileiro veio quando ainda se quer podia andar, mas ao por pela primeira vez os pezinhos no Couto, entendeu o porquê de toda aquela paixão e respeito de seu pai pelo Coritiba. E assim Fernando Schumak Melo cresceu, comendo pipoca e descascando amendoim – velhos tempos - no Couto Pereira, aprendendo a entender e amar o Coritiba e o mais apaixonante esporte de todos: o futebol. Hoje, o advogado formado pela Direito de Curitiba, especialista em processo civil pela PUCPR, mestrando em Ci?ncia Pol?tica pela UFPR, sócio fundador do escritório Schumak & Luz, músico, guitarrista amante do rock’n’roll, marido da Camila, filho da Rosely, continua e continuará ao lado do Glorioso, seguindo sempre os ensinamentos do velho migrante: “Torça em primeiro lugar, depois reclame!”

Classificação Brasileiro

Atlético-MG 42
São Paulo 41
Flamengo 39
Internacional 37
Palmeiras 37
Santos 37
Fluminense 35
Grêmio 34
Fortaleza 29
10º Corinthians 29
11º A.Paranaense 28
12º Bahia 28
13º Atlético-GO 28
14º Bragantino 26
15º Ceará 26
16º Sport 25
17º Vasco 24
18º Coritiba 20
19º Botafogo 20
20º Goiás 16

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Jayme G. 198 pts.
Rupson F. 185 pts.
Bruno O. 179 pts.
Luiza Emanuela Oliveira 174 pts.
Anderson85 Anderson85 172 pts.
CARLOS CARLOS 166 pts.
Eden Leão 163 pts.
Walber Gonçalves de Queiroz 162 pts.
Selma R. 159 pts.
10º Adriano Leal 157 pts.
Marcos Kuff 157 pts.
12º Ricardo Honorio 157 pts.
13º Tiago Z. 156 pts.
14º cleverson k. 152 pts.
15º Rafael Minoli 152 pts.
16º Ezequiel B. 151 pts.
17º Andre T. 151 pts.
18º Marco Ferreira 151 pts.
19º Persio F. 150 pts.
20º Luiz R. 150 pts.
21º Valdir T. 150 pts.
22º j. miranda 148 pts.
23º Álvaro M. 147 pts.
24º Valdir 147 pts.
25º Evaldo Maciel 145 pts.
26º Jorge Lopes 145 pts.
27º Dorvalino J. 144 pts.
28º Ido M. F. 144 pts.
29º Sanjiro J. 142 pts.
30º marcos j. 142 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Colunistas e Opinião

COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet