COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

12/05, 17h08 | Guria do Couto | Natália de Oliveira

UM DOZE DE MAIO INESQUECÍVEL


UM DOZE DE MAIO INESQUECÍVEL


Há sete anos nós estávamos no Couto Pereira, para mais uma final de Campeonato Paranaense.

Me lembro da mobilização em torno daquela final, era um ano, aliás, recheado de expectativas. Com a chegada do Alex, instaurou-se um movimento de criar uma atmosfera favorável dentro do Clube, mudança de mentalidade. Criar a mentalidade vencedora que parecia ter faltado naquelas oportunidades recentes que tínhamos tido de crescer um pouco mais a nível nacional.

Pois bem.

A Império dialogou com o povão. Armou-se uma festa de papel picado, bexigas, faixa ‘fodaçe PORCO’ em letras garrafais, um enorme bandeirão com o rosto do Alex estava abaixo de mim no alambrado da arquibancada, meu costumeiro lugar dentro do Couto Pereira: sempre na frente da bateria, o coração do estádio.
Esse dia foi memorável para mim. Sabe a definição de ‘ter um dia de rei’? Esse foi um dia de rainha por aqui.

Era dia das mães. Minha querida Nona sempre adorou cozinhar para todos nós aos domingos, mas naquele em especial, a levamos para comer da polenta e do frango no bairro mais italiano da Cidade. Ela não tinha o costume de ir a restaurantes. Nem mesmo nessas datas especiais. Era caseira ao extremo, e os passeios favoritos dela eram quando íamos passar o dia no sítio. Por isso, já era especial pra nós em termos proporcionado esse ‘passeio diferente’.

Fim do almoço. Sabem como funciona o esquema de Santa Felicidade num domingo de dia das mães, né? Já podem imaginar, portanto, o tamanho da ansiedade em ir logo para o Alto da Glória.

Uma das coisas que sempre me encantaram na cultura de estádio é justamente esse clima que gira em torno das canchas. Daquela atmosfera típica de uma final, de um clássico. E eu estava lá, vivenciando a quarta final seguida do meu time, ainda com tão pouca idade.

Fomos agraciados com um gol de Alex para levar o jogo ao empate que, digo a vocês... jamais me esqueci da visão daquele gol de onde eu estava no estádio.
Talvez esse tenha sido o último Paranaense que tenha contado com tanta emoção, até porque, o time dos caras era o amontoado do sub 23. A graça de ganhar aquele título é pela graça de sempre: ganhar do time do Água Verde é sempre bom.

E aqui eu queria muito falar sobre essa "falta de encantamento" que hoje existe no nosso ‘ruralzão’. É fato notório que o campeonato não possui bons atrativos. Mas me recordo da alegria e da festa grande que foram esses títulos. O de 2008, 2010, 2011, 2012 e 2013. Todos eles foram decididos em atletiba e, não sei se é o passar do tempo, se é o desdém do rival com o campeonato, se é o sucateamento do campeonato..., mas aquela magia foi sentida pela última vez nesse 12 de maio de 2013. Depois, veio a final de 2017. Foi gostoso vencer? Claro, título é sempre bom. Mas a única emoção ficou no primeiro jogo daquela final, lá dentro do “Salão de Festas da Verba Pública” (essa denominação histórica, encontrada em certo aplicativo de check-in merece a menção honrosa aqui).

Agora, nos encontramos completamente órfãos de futebol.

Não sei na vida de vocês, mas na minha, ele ocupa bastante. A minha preocupação diária com o Coritiba – que me acompanha há tantos anos – já têm me feito falta também! É angustiante viver tudo isso.
Mas é reconfortante olhar para um passado recente e lembrar desses dias de alegria com AINDA MAIS motivos para sorrir. Fiquei a ver vídeos, fotos e tantos materiais não apenas desse ano de 2013, mas de tantos outros. E compartilhar isso com os meus amigos de longa data, que nesse momento não podem viver a minha mesma saudade – com certeza estreita nossos laços.
E toda essa soma de fatores, a saudade, a nostalgia, o orgulho, o amor que sinto por todas essas pessoas - seja a doce memória da minha Nona que torcia (ainda mais) para o Cori em dias de atletiba, sejam os meus amigos que eu criei ao longo desses anos frequentando o Alto da Glória, inundam meu coração de agradecimento por ter vivido de forma tão ávida esse clube que eu escolhi como extensão de quem eu sou.

Quero logo comemorar mais ’12 de maios’ com as pessoas que eu amo, viver a atmosfera singular do Couto Pereira. O lugar que eu prefiro estar, ainda nos momentos de incertezas.

Nos vemos por aí, Cori. Volte logo para nós!

Debate

  • "Saudades do estádio Couto Pereira !!!!"

    Nilton Domingues | 19/05, 18h57

  • "Dormiriamos na liderança com 7 pontos depois de 3 rodadas...juntos com grêmio e Palmeiras"

    Alex Ribeiro Suprano | 18/05, 00h43 | Móvel

  • "Vida longa ao verdão !!!
    Hoje era dia de Couto com 40.000 pessoas...como no jogo contra o bragantino ano passado...faríamos 3x2 de virada aos 46 do segundo tempo com um gol de #TL14
    ..."

    Alex Ribeiro Suprano | 18/05, 00h42 | Móvel

    • "Na real, ano passado saímos bem contra o Braga: 1X1 lá e 1X0 aqui no Couto. Bom mesmo foi em 2010: 3X2 na casa deles, disparamos na liderança, fomos campeões e voltamos à série A!"

      Luiz Roberto | 18/05, 21h32

    • "Em tempo: no Couto, graças aos céus, o camisa 10 foi Giovanni (não um super-craque, mas o melhorzinho da posição, antes de se contundir). Por sinal, foi o autor do gol da vitória."

      Luiz Roberto | 18/05, 21h43

  • Ver todos os comentários (14)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Natália de Oliveira

O Blog

Esse é um espaço feminino, dedicado à todas as 'Gurias do Couto' que se atrevem a estar no espaço do futebol.

O Autor

Natália, assídua frequentadora do charmoso Major. Contra escanteio curto e a favor do futebol que há magia. Estudante de Direito.

Classificação Brasileiro

Internacional 35
Flamengo 35
Atlético-MG 32
Fluminense 29
São Paulo 27
Santos 27
Palmeiras 25
Fortaleza 24
Grêmio 24
10º Ceará 22
11º Atlético-GO 22
12º Sport 21
13º Corinthians 21
14º Bahia 19
15º Bragantino 19
16º Botafogo 19
17º Vasco 18
18º A.Paranaense 16
19º Coritiba 16
20º Goiás 11

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Jayme G. 154 pts.
Bruno O. 140 pts.
CARLOS CARLOS 136 pts.
Luiza Emanuela Oliveira 136 pts.
Eden Leão 132 pts.
Rupson F. 132 pts.
Rafael Minoli 129 pts.
Anderson85 Anderson85 127 pts.
Selma R. 127 pts.
10º cleverson k. 124 pts.
11º Marcos Kuff 124 pts.
12º Ricardo Honorio 124 pts.
13º Persio F. 121 pts.
14º Walber Gonçalves de Queiroz 120 pts.
Valdir T. 120 pts.
16º Giovanne Smaniotto 119 pts.
j. miranda 119 pts.
18º Álvaro M. 119 pts.
19º Sanjiro J. 118 pts.
20º Adriano Leal 116 pts.
21º Marco Ferreira 116 pts.
22º Ezequiel B. 115 pts.
23º Tiago Z. 115 pts.
24º Evaldo Maciel 114 pts.
25º Waldir J. 113 pts.
Adilson P. 113 pts.
27º MARCELO ARAUJO 113 pts.
28º Johnny F. 112 pts.
Ailton Batista Vieira Filho 112 pts.
30º Dorvalino J. 112 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

Anuncie sua empresa aqui a partir de R$9,90 mensais!

Comparação com mais de 30 bookmakers!

Encontre o melhor bookie para apostadores brasileiros em casa-de-apostas.com.

 



Colunistas e Opinião

COXAnautas - com o Coritiba desde 1996

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet