COXAnautas - Coritiba Eternamente

30 DIAS GRÁTIS DO CAMPEONATO PARANAENSE Em parceria com a DAZN, o site COXAnautas está oferecendo 30 dias gratuitos pra você assistir ao campeonato Paranaense de 2020. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente.

01/03/16, 21h33 | Na Marca do Pênalti | Cleber Arado

Os estaduais e seus obstáculos

Quando se inicia o calendário do futebol brasileiro após sucessos e insucessos dos grandes times espalhados pelo Brasil na temporada anterior, cria-se uma nova expectativa na primeira competição profissional. Nos estaduais, onde todos os envolvidos assumem posturas aparentemente diferenciadas, os times grandes já entram obrigatoriamente com o objetivo de ser o campeão. Alguns querem classificar entre os grandes, outros revelar jogadores, outros apenas não cair, outros abdicam com medo das cobranças, e assim os estaduais vão cada vez mais sendo os vilões para muitos treinadores e diretores que especificamente estão ligados aos considerados grandes em seus Estados.

Os times pequenos dão a vida neste curto espaço de competição, usam de tudo para se igualar aos grandes, como gramados precários, vestiários mau cheirosos e a torcida em cima. Assim, a festa do futebol nos interiores do Brasil vira atração. Em contrapartida, os grandes clubes do Brasil vivem um dilema nesta competição: o torcedor exige o título pois seu vizinho torce para o outro time e jamais ele quer ver o algoz tirando sarro dele (e assim acontece no trabalho, escola e etc). Mas é aí que mora o perigo para as grandes equipes do futebol brasileiro.

O título e uma boa campanha no estadual dão tranquilidade e credibilidade a todos os envolvidos para a sequência das maiores competições que vêm a seguir, e, às vezes, mascaram o que necessariamente o time vai precisar na sequência para se equiparar, quando for enfrentar gigantes a sua altura numa competição de alto nível, como o Brasileiro. Então, não é uma tragédia perder para um desconhecido ou tímido time lá do interior, pois será desse tropeço que se tiram muitas lições e conclusões e é aonde o sapato aperta dentro da instituição clube de futebol.

Por esses dias, temos observado vários deslizes das chamadas equipes de ponta por todos os Estaduais, e, dentro desses, coloco o nosso amado Coritiba, que recentemente vem sofrendo com alguns resultados adversos que colocam em cheque jogadores, diretoria e principalmente comando técnico.

Isso não é nossa exclusividade, mas, com certeza, estar à frente do Coritiba nos dias atuais não é tarefa fácil. O clube não tem dinheiro, o elenco é enxuto, jogadores da base são as opções momentâneas, contusões, e a paciência do torcedor anda esgotada. Mas, de uma forma ou outra ,o seu treinador atual, o gentleman Gilson Kleina terá que superar de qualquer forma os problemas atuais e, já no próximo jogo (que vejo como um grande teste), terá que obrigatoriamente conseguir uma vitória e acalmar os ânimos da nação Coxa.

Ao torcedor, eu peço para não deixar de incentivar, acompanhar e acreditar que nesse domingo diante do Paraná faremos um grande jogo e consequentemente uma bela vitória para que o Coxa novamente resgate um pouco da confiança perdida nesta competição!

Discordou:
+2 Concordou:

Debate

  • "Excelente quando o colunista interage com os leitores .... :("

    Fábio F. | 03/03/16, 15h47

  • "Boa Cleber. Também quero um time competitivo, mas ficar só criticando não dá. Força verdão estou junto com você."

    Gerson Lima | 03/03/16, 09h34

  • "Cléber deveria jogar domingo, nunca esqueço daquelas finais de 99 contra o paranito, quando eles tinham time. Matou a pau. SAV"

    Rafael C. | 02/03/16, 18h58 | Móvel

  • "Caro Cleber, sou coxa e incentivo sempre. Porém, o problema não é este. O causador da insatisfação é a diretoria que não faz o básico, ou seja, administrar. Agora, são rápidos em arrumar dinheiro sei lá de onde para pagar o ontem. E pagar o ontem com urgência, em razão de não terem cumprido as suas obrigações como diretores. Não trabalham como o administrador é obrigado. Quem olha no futuro, e pega o dinheiro do amanhã, para pagar o ontem, tem sérios problemas. Afinal, quando o amanhã for presente, este presente será árido, seco e indegerível, por falta de saneamento financeiro. O problema é aqui. O cuidado e carinho com os jogadores, tenho e terei sempre. Porém, esta diretoria, como posssivelmente todas as anteriores, são agressão, uma ofensa, contínua e já habitual, a minha sofrida inteligência. Ser torcedor coxa, na atualidade, é suportar o peso da cruz de gerentes que fazem, simplesmente, nada, e ainda, desaparecem com o dinheiro que entra sob o falso pretexto de pagar o ontem."

    João B. | 02/03/16, 13h51

  • "E para completar, naquele time tinhamos na frente, Carlos Alberto, Tostão, Osvaldo e Chicao.

    E hoje, o que temos?"

    G. Zacarias | 02/03/16, 07h43

    • "Me perdoe, onde li 1998, me recordei do time que ele comandou em 1988...

      E foi no ano 1998 que ele nos deixou na mao..."

      G. Zacarias | 02/03/16, 07h50

  • Ver todos os comentários (10)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

O Blog

O blog “Na Marca do Pênalti” é escrito pelo ex-jogador do Coritiba Cléber Arado. Aqui, você terá a oportunidade de compartilhar grandes histórias vivenciadas por um dos ídolos recentes da história do clube e saberá um pouco mais sobre os bastidores do futebol. Tudo isso, é claro, com pitadas de polêmicas, típicas da personalidade deste grande personagem Coxa-Branca.

O Autor

Cléber Eduardo Arado tem a sua história intimamente ligada ao Coritiba. Apesar de não ter sido formado nas categorias de base do Alviverde, foi aqui que ele encontrou a sua “casa”, principalmente após ter sido peça fundamental no título paranaense de 1999. Sempre polêmico, carrega em seu currículo o episódio de ter literalmente fugido da concentração do rival para acertar seu retorno ao Coritiba. E agora, através do teclado, tentará expressar todos os seus sentimentos pelo clube.

Classificação Paranaense

FC Cascavel 16
Coritiba 14
A.Paranaense 13
Operário 13
Londrina 13
Rio Branco 12
Cianorte 9
Paraná 9
Cascavel 7
10º União 5
11º Toledo 4
12º PSTC 1

Bolão Paranaense

Melhores Colocados

Alysson Delalibera 42 pts.
Jackson M. Jeranoski 40 pts.
Ido Martini N. 40 pts.
CARLOS CARLOS 39 pts.
Leandro Carlos 39 pts.
Valdir T. 38 pts.
Hedy G. 38 pts.
Luiza Oliveira 37 pts.
Mauro S. 37 pts.
10º Jayme G. 37 pts.
11º Jorge H. 36 pts.
12º Ricardo Honorio 36 pts.
13º Rafael F. 35 pts.
14º Ézio Ricardo 35 pts.
15º Emerson T. 34 pts.
16º j. miranda 34 pts.
17º Ademir Carlos p. 34 pts.
18º Rubens Junior 33 pts.
ERLEI R. 33 pts.
Jose R. 33 pts.
Luiz Bueno Franco 33 pts.
22º Rony A. Stacoviaki S. 33 pts.
23º José A. Lima 32 pts.
Thiago M. 32 pts.
Jorge Luiz Lopes 32 pts.
26º Vera M. 31 pts.
27º Mariana T. 31 pts.
28º T. Filus 31 pts.
29º v. j. cruchelski 31 pts.
30º Luis Henrique 30 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2020 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet