COXAnautas - Coritiba Eternamente

Brasileirão | 03/12, 19h56

Foi!

Ao final da partida contra o São Paulo, na rodada anterior, já se prenunciava um domingo, 3 de dezembro, como poucos. Daqueles para nunca mais ser esquecido. Com níveis de dificuldade máxima. Sofrimento até o último minuto. E assim foi. Pra selar a incompetência, mais uma vez, com final melancólico, não fosse o desleixo de um grupo de atletas, no último minuto da partida.

Demos muito mole, permitimos alguns fatos, e assim foi durante o ano todo. Deixamos principalmente a incompetência nos rondar e quem tinha que fazer algo, nada fez, porque foi a incompetência na forma de administração.

Por falta de humildade de admitir que não sabia fazer , não sabendo pedir socorro, Bacellar só prolongou nossa amargura. Rogério Bacellar e seu grupo, teimaram no caminho contrário, abriram e escancararam as portas da má gestão que somada a muitas pitadas de vários problemas, fizeram um estrago em nossa casa. Que só não se instalou antes porque parecia querer nos judiar até o fim.

Até a sorte deu sinais de ajuda, mas não souberam entender. Preferiram o discurso político, dizendo que a casa estava em ordem. Sem piedade, a incompetência mais uma vez decidiu se alojar e se encostou ficando entre nós corroendo o pouco que ainda restava de um clube de futebol. Fica a primeira lição: azar é uma coisa, incompetência, má gestão são outra bem diferentes. E no futebol, as duas juntas, dão nisso.

Acreditamos e desacreditamos o ano todo. Nos confundimos algumas vezes entre uma coisa e outra. Quase sempre acreditando, muitas vezes por teimosia, mesmo quando tudo dizia o contrário. Nos deixamos levar pela fé que não se explica. Preferimos acreditar no que por algum tempo chamamos de milagre. Mesmo que o bom senso tenha nos dito durante o ano todo que seria prudente se preparar para o pior. Mas o coração do torcedor teimoso, dizia que a mística da camisa era o que nos restava e nos salvaria, mais uma vez, não salvou, não deu.

Chapecoense e Coritiba foi mais uma daquelas partidas para ficar entre aquelas inesquecíveis. O ano de 2017 foi um ano para jamais ser esquecido. Para ter aprendido e não mais errar assim, tão grosseiramente. Um ano que precisa ficar bem vivo em nossas lembranças e sabemos nós muito bem porque. Alguns nomes precisam ficar gravados em nossa lembrança, para também esquecer do mal que nos fizeram. Sabemos exatamente quem são.

O ano de 2017 precisa ficar marcado em nossas vidas como o último de uma série de outros anos que nunca foram bem-vindos. Um ano que precisa ficar como lição e aprendizado a quem se mete a comandar o Coritiba. É preciso ter saco roxo para fazer isso. Não pode ser com qualquer um.

Que fique a lição e daqui a uma semana, quando nos encontrarmos com as urnas, tudo isso seja levado em conta. Não para que a lição dos problemas recorrentes dos últimos seis anos, sejam evitados, mas que pensem grande, além, adiante... que finalmente recuperem a marca Coritiba Foot Ball Club. Que o nosso Coritiba seja finalmente pensado para o futuro por quem de fato o quer como grande, como sempre foi e ainda pode ser.

Falar aqui sobre Coritiba e Chapecoense, como foi a partida, nos parece desnecessário. Todos vimos e sabemos muito bem como foi.

Hoje, o espaço do pós- jogo, precisa ficar como reflexão, como uma parada obrigatória para repensar o Coritiba.

Debate

  • "UOL - O melhor conteúdo
    ESPN Brasil

    Veja quanto cada clube do Brasileiro gasta com salários, e compare com a posição de cada um no Brasileiro
    ESPN.com.br
    Publicado em 15/09/2017


    Nicola compara folhas salariais de cada time com suas respectivas posições no Brasileiro

    Penúltimo colocado do Brasileirão, o São Paulo tem folha salarial mensal de R$ 9,5 milhões, a terceira maior do Brasil. Atrás apenas de Atlético-MG, 11º lugar do certame com R$ 10,2 milhões, e Palmeiras, em quarto com R$ 11 milhões. Líder disparado da Série A com sete pontos de vantagem, o Corinthians é apenas o sexto que mais gasta com salários, com R$ 8,1 milhões, enquanto o vice-líder Grêmio vem logo atrás, na casa dos R$ 7,2 milhões.


    Saiba Mais
    Vanderlei Treino Santos 29/07/2017


    Lanterna do campeonato, o Atlético-GO é também quem menos gasta na primeira divisão (R$ 1,5 milhão).

    As informações foram apuradas por Jorge Nicola, comentarista da ESPN. Não entram no valor o pagamento de luvas, que poderia deixar ainda mais cara .

    Compare a folha salarial e a posição dos times da Série A
    Nome da equipe Folha (em milhões de R$) Colocação no Brasileiro
    Palmeiras 11 4º
    Atlético-MG 10,2 11º
    São Paulo 9,5 19º
    Flamengo 9 5º
    Corinthians 8,1 1º
    Cruzeiro 8 6º
    Grêmio 7,2 2º
    Fluminense 4,9 10º
    Santos 4,5 3º
    Vitória 4,1 17º
    Vasco 3,9 8º
    Botafogo 3,8 7º
    Sport 3,7 12º
    Atlético-PR 3,5 9º
    Coritiba 3,2 16º
    Bahia 3 15º
    Ponte Preta 2 13º
    Chapecoense 1,5 18º
    Avaí 1,5 14º
    Atlético-GO 1,4 20º"

    luiz p. | 05/12, 16h26 | Móvel

    • "A folha da Chapecoense é menos da metade da nossa;"

      Tadeu A. | 05/12, 18h48

  • "Alguem sabe ai sobre a irregularidade da escalação do Luiz Antonio, esta no facebook que ele jogou irregularmente e os interessados são o botafogo e o coritiba.""

    GUIOMAR S. | 04/12, 18h47

    • "Pq o Coritiba??? A Chape perderia os 3 pontos. O Coxa não ganharia nada. Nada ah ver isso aí...."

      Fabio S. | 04/12, 19h08 | Móvel

    • "Caso houvesse alguma irregularidade, o Clube perde 3 pontos, mas os 3 pontos não vão para o adversário...."

      Fabio S. | 04/12, 19h10 | Móvel

    • "Caro Fábio S., o citado jogador não atuou contra nós, duvido muito que este atleta esteja irregular, mas ele jogou muitos jogos, e aí a equipe perderia muitos pontos pelos jogos que fez irregular, aí poderia rebaixar o time. Repito, não acredito nessa história. SAV."

      Fausto Y. | 05/12, 10h56

  • Ver todos os comentários (238)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Classificação Brasileiro 2018

Fortaleza 19
CSA 15
Avaí 14
Coritiba 14
Vila Nova 13
Figueirense 12
Paysandu 12
Atlético-GO 11
São Bento 11
10º Guarani 10
11º Oeste 9
12º Brasil de Pelotas 8
13º Londrina 8
14º Sampaio Corrêa 7
15º Ponte Preta 7
16º Juventude 7
17º CRB 6
18º Boa Esporte 4
19º Goiás 2
20º Criciúma 1

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Lucas G. 61 pts.
Ademir Carlos p. 55 pts.
Jair Kluska 55 pts.
Arno Ombrellino 54 pts.
Cristian C. 54 pts.
Antonio Alvaredo Filho 54 pts.
Rosemeire V. 53 pts.
JORGE H. 53 pts.
Fernando Taschetto 53 pts.
10º Luiz Alberto Bulgarelli Girão 53 pts.
11º Marcelo G. 52 pts.
12º Luci M. 52 pts.
13º Ricardo L. 51 pts.
14º Raphael Kussumoto 51 pts.
15º Marcelo N. 50 pts.
Rupson F. 50 pts.
17º Aramis Vieira 50 pts.
Alysson Delalibera 50 pts.
19º Valmir Faria 49 pts.
20º Jackson M. Jeranoski 49 pts.
21º Tiago L. 49 pts.
22º CARLOS AUGUSTO B. 48 pts.
José Lima 48 pts.
Walter Carvalho 48 pts.
25º Clairton Cleto 48 pts.
26º Johney S. 48 pts.
27º Fabio C. 47 pts.
28º Edison S. C. 47 pts.
v. j. cruchelski 47 pts.
Marcos José Kuff 47 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias

TV COXAnautas

Ainda não tá bom!

Com um "convidado" bem conhecido e especial, falamos da vitória de 1 x 0 contra o Brasil de Pelotas e o que precisa ainda acontecer no Coritiba.

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2018 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet