COXAnautas - Coritiba Eternamente

07/10, 14h24 | Bola de Couro | Felipe Rauen

Hombridade.

Ao ver a noticia de que alguns jogadores do Coritiba foram a uma festa no mesmo dia da derrota humilhante contra o Paraná Clube, lembrei de um texto que escrevi em 18 de julho de 2017, logo após eleita a atual direção, o qual reproduzo a seguir.

Eis o que escrevi:

Contrate homens, presidente!


Na década de 1970, assim como o Coritiba reinava no futebol paranaense, no Rio Grande do Sul o grande vencedor era o Internacional. Foi campeão brasileiro em 1975 e 1976 e até 1976 tinha oito títulos estaduais consecutivos. O Grêmio, por sua vez, vivia um período depressivo, com baixa autoestima da torcida e todas as tentativas que fizera até então para mudar a situação redundaram em fracasso.

Tentando mudar esse quadro, o presidente do Grêmio contratou, no final de 1976, o técnico Telê Santana. Era consenso que o elenco deveria ser totalmente reformulado e então o dirigente indagou do Telê que perfil de jogadores ele pretendia.

Telê, sabendo que tanto quanto técnica os jogadores precisavam ter personalidade forte para reverter a situação, respondeu:

- Contrate homens!

Assim foi feito e o Grêmio virou a tendência. Aliás, dentre os “homens” que o Grêmio contratou estava o nosso Oberdan, que tantas glórias teve no Coritiba e que no RS se impôs como zagueiro e líder e até hoje é lembrado e considerado ídolo da geração que viveu aqueles tempos.

É o que parece necessita o Coritiba.

Sei que o mercado do futebol de hoje é bem diferente daquele de 40 anos atrás. O foco quase que exclusivo dos atletas é alcançar um bom contrato e tentar aparecer para o mercado internacional, nem que para isso tenha que jogar bem. Outros, em final de carreira, procuram clubes que lhes sirvam de "encosto". Hoje talvez constituam minoria, mas ainda há muitos jogadores com caráter que procuram se doar ao clube que defendem. No Coritiba, porém, nos últimos anos compusemos nossos elencos com um grande número de mercenários, ciganos e desinteressados, sem comprometimento com o clube que lhes pagava polpudos salários. No ano que termina essa constatação foi gritante. Exemplos maiores neste ano, dentre tantos que poderíamos citar, Alecsandro, Anderson (para os quais o Coritiba serviu como INSS) e Galdezani. Sem contar a deslealdade e falta de ética do Thiago Carleto que, ainda jogando pelo Coritiba, já tinha contrato contra o nosso rival maior. Essa falta de comprometimento nós vimos claramente nos últimos jogos do ano, em especial no último, onde poucos pareceram sentir o mau resultado. Enquanto a maioria se mostrava desinteressada e perdida em campo, a Chapecoense, que saiu das cinzas e cuja folha salarial é bem inferior à do Coritiba, lutou até os últimos segundos para reverter o resultado.

Então, se o novo presidente puder me ouvir, sugiro que aja conforme o conselho do Telê Santana. Contrate jogadores bons tecnicamente, mas homens com caráter e que venham a gostar de jogar no Coritiba ou aprender a tal. Para os quais não seja o Coritiba, como tem sido, um clube para servir como passagem para outros ou para encerrar a carreira.


Infelizmente e provavelmente em razão da soberba com que se conduziram desde o início, certos de que sabiam tudo sobre futebol com o raso argumento de que estiveram sempre presentes nas arquibancadas, os eleitos preferiram agir delegando as contratações a profissionais que não guardam o menor vínculo afetivo com o clube, tanto quanto a maioria dos jogadores por eles contratados, sem a qualidade da hombridade (s.f. retidão de caráter; dignidade; honradez), que distingue homens de meros mercenários.

Debate

  • "Contratar Homens sim, mais tem algum "homem" na Direção para contratar estes HOMENS ? Simples assim !!!!"

    Norberto P. | 10/10, 08h51

  • "https://www.tribunapr.com.br/blogs/augusto-mafuz/a-jogada-de-namur/

    Alguém sabe que jogada foi essa de usar o nome do CORITIBA S/A em que SAMIR está no meio ?"

    carlos r. | 09/10, 11h41

  • "Aproveitando o gancho em que o colunista fala da falta de lealdade e ética de Thiago Carleto, é bom lembrar que o mesmo foi pouco aproveitado no time da baixada e está amargando na reserva do Ceará!"

    José Avelar Carvalho | 09/10, 00h05 | Móvel

    • "E que Deus o ajude a ficar muitos anos por lá!"

      Washington B. | 13/10, 17h11

  • "Tem que dar a dica do que ele não pode fazer, ai talvez ele acerte."

    Irineu R. | 08/10, 19h04

  • Ver todos os comentários (41)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Felipe Rauen

O Blog

O nome “Bola de Couro” serve para revelar a geração do autor, que acompanha o Coritiba desde o tempo em que elas eram efetivamente de couro natural, e não sintéticas como hoje. Além de estar atento ao futebol moderno, especialmente graças à tecnologia que tornou o mundo uma aldeia global, o blog de vez em quando trará algumas reminiscências das tantas glórias de que o Coritiba é coberto e que estão mais na memória de cada um do que em imagens físicas, atendendo também a um nicho da “velha-guarda” de Coxanautas que se manifestou desde a primeira coluna do autor. Mas todos, de qualquer geração, serão bem-vindos a colaborar e criticar em espaço que se pretende democrático.

O Autor

Benedito Felipe Rauen Filho, conhecido como Felipe Rauen, é coxa-branca de terceira geração, pois tanto seu avô como seu pai também o eram. Em parte da infância e da juventude morou na rua Maria Clara, a cem metros do estádio do Coritiba, do qual desde casa sentia o "cheiro". Transferiu residência para o Rio Grande do Sul em 1976, onde iniciou carreira como Juiz de Direito, hoje aposentado. Está aculturado naquele Estado em vários aspectos, mas jamais no futebol, pois não adotou time local e torce somente para o Coritiba. É conhecido em todos os círculos que frequenta em terras gaúchas como coxa-branca, conseguindo que inúmeros amigos gremistas e colorados tenham o Coritiba como segundo time ou pelo menos mostrem por ele simpatia. Desde fevereiro de 2.009 é Cônsul do Coritiba em Porto Alegre. Cardiopata, dá trabalho regular ao cardiologista em razão das emoções vividas com e pelo Coritiba, mas tem certeza de que o coração coxa-branca se manterá forte ainda muito tempo para ver o clube alcançar mais e mais glórias.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 59
Sport 53
Atlético-GO 49
Coritiba 47
América-MG 47
Botafogo-SP 44
Paraná 44
CRB 43
Operário 43
10º Ponte Preta 41
11º Cuiabá 39
12º Brasil de Pelotas 38
13º Guarani 35
14º Londrina 35
15º Oeste 35
16º Vitória 33
17º Figueirense 31
18º Vila Nova 31
19º Criciúma 29
20º São Bento 27

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Rupson F. 263 pts.
andre a. 256 pts.
CARLOS AUGUSTO B. 251 pts.
Leandro R. 246 pts.
Waldir Laska 241 pts.
Rui Valente 237 pts.
Leonel S. 234 pts.
Ricardo Honorio 229 pts.
Marcelo luczyszyn 228 pts.
10º Jose R. 224 pts.
11º Marcelo G. 222 pts.
12º Rodrigo P. 221 pts.
13º Hedy G. 219 pts.
14º Juarez Mocelin 218 pts.
15º Marcio Cardozo 218 pts.
16º Marcelo Carneiro 218 pts.
17º Ido M. F. 217 pts.
18º Julio C. R. 216 pts.
19º João L. 213 pts.
20º Gelson Roberto M. 213 pts.
21º Bruno P. 211 pts.
22º Job Grassi 211 pts.
23º Tiago L. 211 pts.
24º Luiz C. 209 pts.
25º Antonio Alvaredo Filho 207 pts.
26º Johnny Pietrobelli 207 pts.
Ézio Ricardo 207 pts.
28º Valdir T. 207 pts.
29º Robson R. 205 pts.
30º Alysson Delalibera 205 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Rupson F.
2º andre a.
3º CARLOS AUGUSTO B.
4º Leandro R.
5º Waldir Laska

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet