COXAnautas - Coritiba Eternamente

14/11, 13h35 | Elizeu | Elizeu

Destituição de Samir Namur

Segundo consta, o G 5 Atual do Coritiba tem feito boas coisas em várias áreas do clube, porém no principal, infelizmente, deixaram a desejar.

O principal no e do Coritiba Foot Ball Club é o futebol. O produto do Coxa é o "futebol"!

Já há anos em sequência, o Coritiba vem colecionando vexames em termos nacionais. O Coxa flertou com a possibilidade de cair para a Segundona inúmeros anos seguidos até que o fato se materializou em 2017.

Já na Segunda Divisão Nacional, ocorreram as eleições no Coritiba. Pedro, Vialle e Namur foram os candidatos a Presidente do Coxa nas chapas que concorreram. A chapa Coritiba do Futuro saiu vencedora no pleito, ou seja, a chapa eleita foi a de Samir Namur.

Samir Namur disse assim que assumiu o clube que a prioridade máxima em 2018 seria o retorno do Coritiba à Série A, o que acabou, infelizmente, não acontecendo. E o não acesso do Coxa deu-se, materializou-se, rodadas antes da conclusão da Série B, tanto que a competição ainda está em andamento com vários clubes brigando por vaga na "A" e surpreendentemente o alviverde paranaense não faz parte deste grupo.

Mesmo sendo o clube com maior poderio financeiro entre os 20 competidores da Série B, o Coritiba não chegou nem perto do objetivo maior esse ano, que era o retorno para o grupo de elite dos clubes do futebol brasileiro.

Ao meu ver e de muitos analistas do futebol, a Série B de 2018 foi e está sendo a Segundona Nacional disputada em pior nível até o momento, entre todas as já disputadas, e mesmo assim o Coxa não subiu.

O pior é que em 2019, as verbas que o Coritiba receberá cairão vertiginosamente, ficando bem abaixo do que o Coxa recebeu em 2018.

Nas quatro linhas foi vergonha em cima de vergonha, vexame e mais vexame, proporcionados pelo Coritiba durante o transcurso da Série B. O Coritiba conseguiu perder para o Sampaio Corrêa lá no Maranhão e empatou em pleno Coutro Pereira com o representante Maranhense. Não perdeu para o São Bento em casa porque a arbitragem daquele jogo anulou um gol deles irregularmente. Mas, depois no 2º giro da Série B, conseguiu tomar 5 gols do São Bento lá. Perdeu para o Oeste em casa e foi colecionando repetidas vezes, resultados adversos tanto fora como dentro de casa, mesmo quando atuou contra clubes(como Sampaio Corrêa, São Bento, Oeste) que eram para ser considerados como "favas contadas", ou seja, seriam teoricamente, vitórias alviverdes tranquilamente.

Se o objetivo principal de Samir Namur e de seus assessores, o denominado G 5, era fazer a qualquer custo, com que o Coritiba retornasse à Série A do futebol brasileiro, não conseguindo isso, a meta, o alvo, não foi atingido.

A torcida do Coritiba, a nação coxa-branca, já vinha há anos seguidos, descontente com o que o alviverde paranaense mostrava no gramado e queria, agora nesse 2018, ter tido a alegria de ver o Coritiba Foot Ball Club retornar à Série A.

Sendo o Coritiba o clube com maior poderio financeiro, o normal seria o Coxa ter se sagrado Campeão Brasileiro de Futebol da Série B. Porém, em vez disso, o Coxa proporcionou vexames sequenciais nos diferentes gramados nesse 2018.

As tentativas de reanimar o Coritiba foram várias, mas infelizmente nenhuma deu certo, nada aconteceu como se imaginava. Foram 2 dezenas de atletas contratados, em no mínimo 4 levas esse ano. Nada mais nada menos do que 4 técnicos dirigiram o Coritiba em 2018 e até hoje o time não tem padrão de jogo. Apenas 2 ou 3 jogadores do elenco todo conseguiram se salvar nesse mar de decepções e mostraram alguma coisa boa em campo. Não dá para colocar 7, 8 ou até 9 jogadores vindos da base em um primeiro momento e foi exatamente o que ocorreu no início do ano. Com a "desculpa" de que o Coritiba seria saneado financeiramente, foram realizadas algumas contratações que seriam, digamos, baratas. Mas é aquela célebre situação já decantada em prosa e verso por todos e bastante conhecida: o barato normalmente acaba saindo muito caro, ou a emenda ficou pior do que o soneto. Dentro desse panorama, vários garotos foram sendo, um a um, queimados, no linguajar popular do futebol e jogadores chegavam no Coritiba em doses homeopáticas, porém fica a pergunta para a análise de todos: qual(is) contratação(ões) deram certo no Coritiba em 2018? Claro, óbvio, que nenhum clube acerta em cheio em todas as contratações que são realizadas, mas agora, todas as contratações realizadas, nenhuma encaixar, aí é demais né, é dose para elefante e para leão. Quem são os observadores do Coritiba atualmente? Quem dá aquela olhada de lince nos atletas que são candidatos a serem contratados, antes que as contratações sejam efetivamente realizadas? Quem é ou quem são ou quem foram os responsáveis pelo "Departamento de Futebol" do Coritiba?

Como vemos, o angu, a polenta, a lazanha, ou o "chucrute" do Coritiba não foi bem temperado e o que sobrou foi apenas e tão somente um gosto amargo, aliás um gosto muito amargo!

Diante desses fatos, quem tiver argumentos que convençam aos verdadeiros coxa-brancas, aqueles que realmente gostam do Glorioso, do Verdão, do alviverde paranaense, que apresente! Me parece que com o movimento que se formou, muito provavelmente Samir Namur será sim destituído do cargo de Presidente do Coritiba Foot Ball Club!

Em paralelo a esse processo de destituição do Presidente alviverde, é preciso se saber que quem pegar o bastão, terá que se assessorar muito bem.

A dica que deixo é de que no Departamento de Futebol do Coritiba serão necessárias pessoas nos mais diferentes cargos, que tenham realmente "identificação", "história" no Coritiba e que tenham principalmente experiência e capacidade no que se refere ao que chamamos de atalhos nas quatro linhas, que conheçam profundamente os bastidores do mundo da bola, o caminho para o vestiário, o ambiente de vestiário, as peculiaridades que são ímpares no tocante ao ambiente da concentração dos jogadores para cada partida, os detalhes de um treinamento, tanto físico, quanto e principalmente dos coletivos, de como se colocar em prática métodos que tornem o antigo bitoque atrativo aos atletas e que nesse momento apareça aquela descontração que pode ajudar para que o grupo de atletas torne-se um elenco realmente unido. E claro, contratar jogadores que tenham qualidade e que possuam diferenciais que dêem a eles condições para vestir a camisa "pesada" do Coritiba. Vestir a camisa de alguns clubes e se sair bem, algumas vezes não é garantia de que o atleta chegará aqui, vestirá a camisa coxa-branca e vai render o que rende neste ou naquele clube. E muitas outras questões que não relatei aqui, mas que só existem no mundo da bola, no mundo do futebol e em um clube de futebol das tradições do Coritiba. Um clube que um dia foi Campeão Brasileiro de Futebol, que é Campeão Brasileiro de Futebol, precisa valorizar sua história, reconhecer o valor daqueles que suaram e muito para que o clube chegasse a ocupar o pódium máximo nacional. Lá no rival isso já vem acontecendo há anos. Vários ex-atletas Campeões Brasileiros de Futebol em 2001, trabalham lá, em diferentes setores, em diferentes cargos e me parece que ano após ano isso vem refletindo e muito positivamente no gramado pra eles. Será que não seria o momento do Coritiba passar a adotar esse posicionamento também? Claro que alguns ex-atletas Campeões Brasileiros pelo Coritiba, possuem capacidade sim, tem traquejo para ocuparem cargos no Departamento de Futebol do alviverde, disso não tenho dúvida nenhuma, como sei também que alguns não tem esse perfil. Me refiro aos ex-atletas Campeões Brasileiros porque o significado disso, a identidade com o clube, o amor pelo clube é algo marcante. Imaginem um garoto que tinha o sonho de ser Atleta Profissional de Futebol, de vestir a camisa do Coritiba e consegue isso...já é um feito memorável, mas imaginem então um menino que tornou-se Atleta Profissional de Futebol, vestiu a camisa alviverde e foi Campeão Brasileiro pelo Coritiba.

Tcheco, Pereira e outros tantos ex-atletas tiveram oportunidades, e por quê ex-atletas do Coritiba que foram Campeões Brasileiros ainda não tiveram a mesma oportunidade?

Claro, óbvio que o Departamento de Futebol do Coritiba não seria composto apenas por ex-atletas, seria integrado também por outros profissionais. É preciso existir uma mescla, sempre a mescla é o melhor caminho.

Não podemos generalizar em nada nessa vida! Às vezes vejo, escuto, leio algumas coisas que dizem que ex-atletas não servem para ocupar cargos em um Departamento de Futebol. Se esse ex-atleta ou esses ex-atletas possuem capacidade, qual é ou qual seria o problema? Cada pessoa é uma pessoa, cada profissional é um profissional, jamais podemos generalizar.

Se queremos o bem do Coritiba, a recuperação do Coxa é preciso saber e termos em mente de que generalizar não é um bom negócio no atual momento atravessado pelo alviverde paranaense.

Estou escrevendo isso já pensando no real "Coritiba do Futuro"! Caso Samir Namur venha mesmo ser destituído é preciso agir a partir desse momento com acertivas. Mais erros após a destituição de Samir Namur seriam catastróficos para a Instituição Coritiba Foot Ball Club. O produto do Coritiba é o "futebol" e sendo assim o alvo principal precisa sim ser o "Departamento de Futebol"! Não adianta construir um CT maravilhoso, moderno e o Coritiba capengar nas quatro linhas e colecionar derrotas consecutivamente e fazer mais vexame nos gramados do que já vem fazendo. Chega, basta disso! Ou se faz algo na prática que renove as forças do Coritiba no campo de jogo ou então babau...

Debate

  • "Eé muita desgraca um time ter dois laterai direito tipo William Matheus e Abner. É desgraca demais pra um mesmo time."

    WILLIAM J. | 16/11, 22h18

    • "Lateral esquerdo"

      WILLIAM J. | 16/11, 23h54

  • "Retificando: "Com esse tal de Samir e os outros quatro do atual conselho administrativo, não convém ..","

    J. Mario | 14/11, 18h24

  • "Sem esse tal de Samir e os outros quatro do atual conselho administrativo, não convém aos torcedores 'sonhar' com títulos e times qualificados. Ladeira abaixo é o que tudo sinaliza, pior ainda que teremos mas 2 anos pela frente.
    Fora Samir e companhia. Estou botando fé nessa próxima já convocada reunião do conselho deliberativo. TOMARA enxote do clube esse atual G-5 do CFC. Tomara.
    SAV"

    J. Mario | 14/11, 18h19

  • "Ainda insisto que o clube precisa somente ter uma mudança radical de FILOSOFIA.

    Deixar pra trás essa mentalidade de "gerenciamento de órgão público", que é a situação onde todo mundo quer ganhar vantagens, sucesso e status, MAS, ninguém quer arregaçar as mangas e trabalhar duro e arduamente noite e dia para conquistar esses objetivos.

    Quando a instituição Coritiba Football Club iniciar uma filosofia empreendedora, de iniciativa privada, o clube vai começar a andar pra frente e os resultados positivos pouco a pouco irão começar a surgir. E uma vez a filosofia sendo a correta, essa não abre espaço para gente amadora e incompetente."

    Cristian N. | 14/11, 16h04

    • "Cristian N. Respeito sua opinião, já que cada um tem uma visão. Acontece que enquanto não tivermos gente que ame o Coritiba e que tenha capacidade de fato, continuaremos nessa pindaíba que nos encontramos já há anos. Nós paranaenses temos o perfil de não valorizarmos o que por aqui temos! O nosso rival já passou por cima disso há anos e como citei no texto, possui vários ex-atletas Campeões Brasileiros em 2001, trabalhando no clube há anos. Já no Coritiba..."

      Elizeu N. | 14/11, 20h46

    • "E eu entendo sim o seu posicionamento Elizeu. O que você pensa também faz sentido sim!"

      Cristian N. | 14/11, 23h48

  • Ver todos os comentários (9)

Comente também!

Apenas torcedores cadastrados e verificados podem comentar. faça seu login aqui.

Equipe COXAnautas

Mais colunas de Elizeu

O Blog

Esse espaço destina-se oferece à nação Coxa-Branca. Um raio x do alvi-verde paranaense, proporcionando a oportunidade de se ter uma análise criteriosa do rendimento do Verdão do Alto da Glória.

O Autor

Elizeu iniciou nas categorias de base do COXA no ano de 1977, conquistando os títulos de CAMPEÃO, BI-CAMPEÃO e TRI-CAMPEÃO da Copa Tribuna, fazendo parte da Seleção Paranaense de Júnior. Na sequência foi profissionalizado, tendo a honra e a alegria de ter feito parte do elenco campeão brasileiro de futebol em 1985.

Classificação Brasileiro 2019

Bragantino 19
Botafogo-SP 16
Londrina 16
Ponte Preta 15
Sport 15
Atlético-GO 14
Paraná 13
Figueirense 13
Coritiba 12
10º Oeste 11
11º CRB 10
12º Vila Nova 10
13º Brasil de Pelotas 9
14º Criciúma 9
15º Cuiabá 8
16º São Bento 7
17º Operário 7
18º América-MG 5
19º Guarani 5
20º Vitória 4

Bolão Brasileiro

Melhores Colocados

Hedy G. 80 pts.
Ido M. F. 78 pts.
Antonio Alvaredo Filho 76 pts.
Marcelo Carneiro 74 pts.
Leandro R. 73 pts.
Leonel S. 72 pts.
Dorvalino J. 72 pts.
Alysson Delalibera 70 pts.
Sanderson 70 pts.
Jose R. 70 pts.
Luis Henrique R. 70 pts.
12º Valdir T. 69 pts.
13º João L. 68 pts.
14º Vinicios A. 67 pts.
Aramis Vieira 67 pts.
Wellingtton Wellingtton 67 pts.
L. Comeli 67 pts.
18º Walber Gonçalves de Queiroz 66 pts.
19º Jobson Emanoel 65 pts.
20º Andre T. 65 pts.
Johney S. 65 pts.
22º Valdir 64 pts.
23º Juarez Mocelin 64 pts.
24º Johnny F. 63 pts.
25º Jose Carlos R. 63 pts.
26º Daniel G. 63 pts.
27º Ricardo Honorio 63 pts.
28º C. Nunes 62 pts.
29º andre a. 62 pts.
30º Ézio Ricardo 61 pts.

Ver classificação completa

Notícias em Destaque

Veja aqui todas as notícias



Líderes do bolão:
1º Hedy G.
2º Ido M. F.
3º Antonio Alvaredo Filho
4º Marcelo Carneiro
5º Leandro R.

(os 5 primeiros ganharão uma camisa oficial do Coritiba)

Colunistas e Opinião

COXAnautas - Coritiba Eternamente

1996-2019 © COXAnautas - Portal da torcida do Coritiba
Desenvolvido por Race Internet